27 de setembro de 2021

Caixas para mudança: saiba como escolher

caixas-para-mudança

Vai se mudar, mas está na dúvida sobre como preparar suas coisas? Aprenda a se organizar e veja onde conseguir as caixas para mudança.

Quem já fez mudança para um novo imóvel sabe que esse costuma ser um processo bastante trabalhoso. Sempre vem aquele receio de quebrar ou de perder alguma coisa importante. E uma das dúvidas que mais aparecem é referente à escolha das caixas para mudança.

Pensando nisso, reunimos aqui todas as informações que você precisa para tornar esse trabalho mais fácil. Neste artigo, você vai descobrir onde conseguir boas embalagens, como fazer a organização da mudança do jeito certo e o que fazer com o material que sobra no final. Confira!

Faça um planejamento

O primeiro passo do processo de mudança deve ser o planejamento, que deve ser feito com alguma antecedência. Liste todos os itens que precisam ser embalados. Dessa forma você terá uma visão geral da quantidade de embalagens necessária e o tipo de material certo para garantir a segurança dos itens. Anote essas informações em um caderno, bloco de notas ou no seu celular.

É possível que você note muitas coisas que já não têm mais utilidade, como roupas que não usa e livros que não pretende ler de novo. Então, a hora da mudança é o momento ideal para decidir o que vale a pena manter e o que não vai para a nova casa. 

Todos aqueles itens que você não precisa podem ser doados, reciclados ou até vendidos. Quanto menos objetos fizerem parte da mudança, mais fácil será para gerenciar. Faça essa seleção sem pressa.

Também é interessante imaginar desde cedo como os móveis e utensílios domésticos serão posicionados na nova casa. Afinal, você com certeza vai querer todos os cômodos da sua nova casa bem decorados e confortáveis

Tipos de embalagem para mudança

caixas-para-mudança

As caixas de papelão trazem um bom custo-benefício, pois são baratas, resistentes e leves. Com base no planejamento feito, determine os tamanhos mais adequados aos objetos que precisa embalar. Para ver se uma caixa é resistente, observe as ondas que formam o papelão. Quanto mais ondas, maior a resistência. 

Evite economizar na proteção, pois o que parece barato pode sair bem caro se algo de valor acabar quebrando durante o transporte. É importante lembrar que vários objetos precisam de reforço na embalagem para ficarem seguros. Para isso, você vai precisar de outros materiais:

Plástico bolha

Indispensável para proteger itens de vidro, objetos de decoração e móveis. Para copos e xícaras, o ideal é forrar o fundo da caixa com o plástico bolha e embrulhar cada objeto com papelão ou com folhas de jornal para evitar que eles batam uns nos outros. Depois, coloque mais uma camada de plástico bolha por cima e feche a caixa.

Na hora de embalar espelhos e vidros, é bom dar duas ou três voltas com plástico bolha e tomar um cuidado especial com as quinas. Uma pequena batida nas extremidades pode trincar um espelho inteiro. Depois, passe fita adesiva por cima do plástico para fixar a proteção.

Papelão grosso

Além das camadas de plástico bolha, alguns itens ficam mais seguros quando cobertos com um papelão ou uma cartolina específica para transportes. Utilize esse material para proteger as partes frágeis de geladeiras, fogões e máquinas de lavar, como as laterais e as portas. Lembre-se de proteger também as quinas dos móveis para que não quebrem ao bater nas paredes. 

Onde conseguir embalagens

Você vai precisar de muito material, mas há diferentes formas de conseguir caixas para mudança. Empresas especializadas oferecem opções variadas para necessidades específicas dos clientes. Geralmente, elas permitem que você escolha os tamanhos para cada objeto e até vendem kits de mudança que já trazem o plástico bolha e a fita adesiva.

Outra opção é procurar em lojas e supermercados. Esses estabelecimentos costumam descartar muitas caixas e podem fornecê-las sem custo. Se sua opção for essa, apenas tome o cuidado de verificar que tipo de produto essas caixas continham, pois elas podem ficar úmidas ou com um cheiro forte.

Como organizar caixas para mudança

caixas-para-mudança

Na hora da mudança, cada detalhe faz diferença. Veja algumas dicas para se organizar, guardar seus objetos com segurança e garantir que eles chegarão intactos na nova moradia. 

Agrupar itens semelhantes

Procure colocar coisas com tamanho e peso parecidos na mesma caixa. Além disso, evite misturar itens de cômodos diferentes. Isso vai facilitar muito o trabalho de retirá-los das caixas após a mudança. Trate de embrulhar até mesmo aqueles objetos minúsculos para evitar que se percam pelo caminho.

Indicar os itens frágeis

Qualquer item fácil de quebrar deve ser protegido com um cuidado especial. Use uma caneta e coloque várias indicações de conteúdo frágil para que os carregadores vejam de qualquer ângulo, seja por cima ou nas laterais. Você pode até comprar etiquetas específicas para isso.

Usar divisórias nas caixas

Divisórias de papelão dentro das caixas evitam o contato entre objetos frágeis e ainda ajudam a identificar rapidamente a diferença entre cada um. Sempre coloque os objetos mais pesados por baixo e os mais leves por cima, com uma divisão entre eles.

Evitar peso excessivo

O peso suportado por cada caixa varia, mas é bom não exagerar, especialmente se optar pela utilização de caixas usadas. Quando estiver colocando os itens, observe se a caixa vai ficar estufada nas laterais ou se o fundo pode abrir durante o deslocamento. Se ela desmontar, pode danificar o conteúdo e ainda causar acidentes. 

Fechar e etiquetar

Quando a caixa já estiver cheia, passe fita adesiva ao redor dela, principalmente para reforçar as partes que podem se abrir. Além de tornar o transporte mais seguro, isso evita a entrada de poeira e insetos. 

Depois, coloque etiquetas indicando o cômodo de onde os objetos foram retirados, a descrição deles e a quem eles pertencem. Isso vai facilitar bastante na hora de reorganizar tudo. Cada caixa vai diretamente para o lugar em que deve ser descarregada.

Armazenar com cuidado

Quando chegar o momento de carregar o caminhão, é importante que os itens mais pesados fiquem por baixo para não esmagar outros. Além disso, os pesados devem ficar no fundo do baú para facilitar a retirada dos objetos mais leves. 

As caixas precisam ser empilhadas como se fossem tijolos, sem amontoar e sem deixar espaços abertos entre elas. Assim, a torre ficará mais firme e reduzirá o risco de queda quando o caminhão estiver em movimento.

Depois que já estiver no novo local, pode ser que a reorganização leve tempo e você resolva colocar todas as caixas em algum cômodo. Nesse caso, é uma boa ideia deixar algum espaço entre elas, como se fossem corredores. Desse jeito, vai ficar mais fácil encontrar o que você precisa sem ter que ficar mudando as caixas de um lado para o outro.

Como descartar caixas após a mudança

caixas-para-mudança

Quando você terminar de organizar sua nova casa, haverá muitos resíduos sobrando. Os restos de plástico bolha, fita adesiva, papelão, caixas de mudança e papel precisam ser descartados do jeito certo para preservar o meio ambiente. 

Algumas empresas especializadas em carreto e mudança já oferecem o serviço de retirada desse lixo sem custo adicional. Basta marcar uma data e eles buscam o material na sua casa. Porém, se você optar por lidar com isso por conta própria, há algumas maneiras de resolver a questão.

Cooperativas de reciclagem

Os restos de fita adesiva podem ser jogados no lixo convencional. Porém, os plásticos e o papelão precisam de um tratamento específico. As prefeituras costumam disponibilizar locais para descarte de lixo e entulho, mas você também pode procurar por cooperativas de reciclagem.

Esses locais recebem o material sem cobrar nada, separam os resíduos em categorias e encaminham para processos de reciclagem adequados. Dessa forma você ajuda a preservar o meio ambiente e colabora com a renda de muitas pessoas que trabalham com isso. 

Soluções criativas

No caso do papelão e do plástico bolha, você também pode reaproveitar o material para criar novos objetos úteis para sua casa. O YouTube tem muitos canais do tipo “faça você mesmo” com ótimas dicas para fazer objetos decorativos a partir de material reciclável. Um deles é o da influenciadora Ider Alves.

É uma excelente maneira de reaproveitar o que sobrou da mudança para dar um toque de criatividade e sofisticação em cada ambiente.

E aí, gostou do conteúdo?

Agora você já sabe como escolher as melhores caixas para mudança e aprendeu várias dicas para tornar o processo bem mais fácil. Veja outros conteúdos como esse no Blog da Arbo. Aqui você aprende tudo sobre o melhor jeito de preparar sua mudança e ainda confere muitas dicas para decorar sua casa.

Visite também a Central de Ajuda da Arbo. Lá você resolve aquelas dúvidas que surgem no dia a dia, como os melhores provedores de internet da cidade ou o procedimento para tirar uma 2ª via da sua conta de luz.

E se você está procurando um novo imóvel, é só visitar o Portal da Arbo. Com nossa ferramenta de buscas, fica fácil encontrar o lugar ideal em centenas de cidades.

Postagens relacionadas

financiamento-ou-consórcio

Financiamento ou consórcio: qual é a melhor opção?

Esta é uma dúvida muito comum entre as pessoas que estão em busca de crédito para comprar um imóvel. Saiba como escolher entre financiamento ou consórcio. Comprar um imóvel é uma decisão que exige tomar algumas atitudes para a grande maioria dos brasileiro. E, uma das principais, é decidir qual será a maneira de viabilização […]

Apartamento Alugado

Vai entregar apartamento alugado? Saiba se preparar

A entrega do apartamento alugado inclui diversos cuidados para garantir a segurança de inquilinos e proprietários. Veja o que fazer para tornar o processo mais fácil. A entrega de um apartamento alugado envolve uma série de procedimentos para garantir que inquilinos e proprietários encerrem o vínculo de forma respeitosa e segura. Os contratos de locação […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *