20 de janeiro de 2022

Saiba tudo sobre casas inteligentes

casas-inteligentes

As casas inteligentes já são uma realidade e prometem revolucionar a gestão de imóveis. Veja nesse texto todas as informações sobre o assunto

É provável que você já tenha assistido a filmes de ficção científica que mostravam o futuro como algo totalmente tomado pela tecnologia. Atualmente, esse cenário já se concretiza, especialmente no que se refere às casas inteligentes. 

Para que seja considerado inteligente, o imóvel precisa contar com alguns equipamentos tecnológicos, que irão conferir mais conforto e mais segurança aos moradores. De fato, a tecnologia, nesse caso, auxilia os indivíduos a terem mais facilidade de controlar e de gerir suas casas e seus apartamentos.

Se você quer saber mais sobre as casas inteligentes, veio ao lugar certo. Nesse artigo, o Blog da Arbo vai te mostrar todas as informações sobre o tema. Acompanhe:

  • O que são casas inteligentes?
  • Linha do tempo dos imóveis inteligentes
  • O que é IoT (Internet das Coisas)?
  • Vantagens das casas inteligentes
  • Equipamentos para automatizar seu imóvel
  • Dicas para começar a automatização do imóvel

Continue a leitura para ficar por dentro do assunto e esteja preparado para automatizar sua casa ou seu apartamento.

O que são casas inteligentes?

As casas inteligentes podem ser definidas como imóveis que reúnem um ou mais dispositivos conectados à internet e que tem o objetivo de facilitar a gestão da residência. É válido ressaltar que é possível, também, automatizar apartamentos.

Nesses imóveis, os aparelhos estão conectados entre si e a integração de todos os dispositivos contribui não somente para o conforto dos moradores, mas também para a segurança da casa ou do apartamento.

De acordo com a Coldwell Banker, uma empresa do ramo imobiliário que atua nos Estados Unidos, um imóvel precisa ter, no mínimo, dois dos itens discriminados abaixo para ser considerado automatizado – e inteligente:

  • Smart TV;
  • Sistema inteligente de climatização;
  • Sistema inteligente de irrigação;
  • Sistema inteligente de alarme;
  • Sistema inteligente de iluminação;
  • Geladeiras e/ou refrigeradores inteligentes.

A automatização já é uma realidade no Brasil e no mundo e, para transformar sua casa ou seu apartamento em um imóvel inteligente, é preciso conhecer os equipamentos necessários para a implementação do projeto.

Uma breve história dos imóveis inteligentes

Os imóveis inteligentes ganharam notoriedade a partir da década de 2010. Entretanto, o conceito de automatização não é recente. O termo foi utilizado pela primeira vez na década de 1970, ou seja, há mais de 50 anos. 

Na época, foram criados os primeiros sistemas de controle automatizados. Entretanto, os equipamentos estavam voltados para grandes empresas, não para imóveis residenciais.

Mesmo restrito ao ambiente corporativo e industrial em um primeiro momento, a automação de sistemas não parou de evoluir e chegou às casas e aos apartamentos. Assim, em 1975, a primeira plataforma de automação residencial foi lançada. A tecnologia, que foi chamada de X10, funcionava por meio de radiofrequência.

Quinze anos depois, em 1990, a Internet das Coisas começava a surgir: uma torradeira pôde ser controlada por meio da internet. Mesmo que a automação residencial tenha surgido em 1975, a tecnologia só chegou ao Brasil em 1998, quando os primeiros projetos foram criados.

Entretanto, os equipamentos não eram acessíveis à maioria da população e ficaram restritos a indivíduos de maior poder aquisitivo. Desse modo, a automação residencial ainda não era uma realidade para boa parte da população.

A grande novidade ocorre, então, em 2004, quando os primeiros sistemas de transmissão sem fio chegaram ao Brasil. Com isso, os custos dos projetos são reduzidos, já que não havia a necessidade de instalação de cabos.

Contudo, as casas inteligentes começam a ficar conhecidas no país somente em 2015, quando os primeiros assistentes virtuais acionados por comando de voz são criados. É nesse contexto que, por exemplo, a Microsoft criou a Cortana, presente nos equipamentos até a atualidade.

Desde 2015, então, o conceito se faz presente no dia a dia dos brasileiros. No último ano, o país registrou um aumento considerável no número de empresas que oferecem tecnologias para casas e para apartamentos

O que é IoT (Internet das Coisas)?

No tópico acima, você pôde perceber que, em 1990, a Internet das Coisas começou a dar seus primeiros passos. Muitos já ouviram falar sobre o termo, mas é provável que seu significado ainda seja desconhecido ou, pelo menos, vago.

A IoT – que, em inglês, significa Internet of Things – determina uma espécie de revolução tecnológica, que tem como objetivo conectar itens e objetos de uso cotidiano à rede mundial de computadores. 

Dessa forma, é possível afirmar que a Internet das Coisas está relacionada ao surgimento de eletrodomésticos, como cafeteiras, objetos de uso pessoal, como tênis, e sistemas que estão conectados a smartphones e a computadores por meio da internet.

O principal propósito da IoT é unificar o mundo físico e o mundo digital, de forma que ambos estejam conectados pela internet. Assim, é possível estabelecer uma estreita relação entre a Internet das Coisas e a automação de residências, sejam elas casas ou apartamentos.

Vantagens das casas inteligentes

É claro que a tecnologia tem o objetivo de trazer benefícios para as pessoas. Desse modo, as casas inteligentes estão repletas de vantagens, que podem, além de facilitar o dia a dia dos moradores, trazer conforto e segurança.

Na lista abaixo você confere os principais benefícios experimentados por indivíduos que investem em projetos de automação residencial:

Segurança

A segurança de um imóvel é um dos principais objetivos dos moradores. E um bom meio de conseguir proteger sua casa ou seu apartamento é por meio do uso da tecnologia. Isso é possível porque, com o uso dos equipamentos, você pode acompanhar tudo que acontece em sua residência mesmo que esteja longe.

As câmeras de segurança, por exemplo, são grandes aliadas da segurança e podem ser não somente vistas, mas também controladas a distância pelos moradores. Isso significa que você tem acesso a tudo que está acontecendo no interior e nos arredores do seu imóvel a qualquer hora e de qualquer lugar.

Uma vez que estão conectadas ao seu smartphone ou ao seu computador, as câmeras exibem as imagens em tempo real e você tem acesso ao que está acontecendo. Isso garante que você tenha não somente segurança, mas também controle das pessoas que entram e que saem quando você não está no imóvel.

Outra possibilidade bastante explorada pelos moradores de imóveis inteligentes é a abertura e o fechamento automatizado de portas e de portões. Esses comandos permitem que você controle quem entra e quem sai da casa ou do apartamento mesmo a distância.

Essa funcionalidade é útil, especialmente, para moradores que precisam deixar profissionais sozinhos em seu imóvel. Esse é o caso, por exemplo, de diaristas e de jardineiros. Com a automação de portas e de portões, você garante que apenas os profissionais terão acesso à casa ou ao apartamento enquanto você não está presente.

Dessa forma, é possível perceber que a tecnologia é uma grande aliada quando o assunto é a segurança de imóveis. Com a automatização da casa ou do apartamento, você garante que terá o controle completo independentemente de onde esteja.

Comodidade

A comodidade é um fator que não pode ficar de fora da lista de vantagens das casas inteligentes. Isso porque a tecnologia facilita – e muito – a gestão do imóvel, que se torna mais agradável e muito mais simples, mesmo que o morador não esteja em casa ou no apartamento.

Uma das principais funcionalidades utilizadas para quem deseja obter comodidade no imóvel é a automação do ar condicionado. Isso porque, com um equipamento inteligente, é possível acionar o ligamento ou o desligamento do aparelho a distância. Esse ponto agrada, principalmente, moradores que desejam chegar em casa e encontrar um ambiente fresco.

Outro ponto importante é a possibilidade de acender e de desligar luzes a distância. Esse comando é utilizado, principalmente, por indivíduos que possuem animais de estimação. Nessa situação, é comum que, por exemplo, uma reunião de trabalho se prolongue e, para o pet não ficar no escuro, o morador aciona a iluminação enquanto ainda está no escritório.

Existe, ainda, a possibilidade de regar e de irrigar as plantas. Dessa forma, caso tenha se esquecido de dar uma atenção especial às espécies de manhã, pode acionar o comando enquanto está no trabalho e, quando chegar, as plantas estarão regadas e saudáveis.

Essas são algumas das praticidades que te permitem ganhar não somente comodidade e bem-estar, mas também tempo. Diante de uma rotina complexa e recheada de tarefas, cada minuto faz diferença e, com a economia de tempo, você pode se dedicar a outras atividades.

Economia do consumo de água e de energia elétrica

As vantagens das casas inteligentes vão além da segurança e da comodidade. Isso porque a tecnologia pode ser, também, uma grande aliada da economia. Nesse sentido, é preciso considerar os benefícios obtidos com a redução de custos com energia elétrica e com água.

Com o uso de equipamentos inteligentes e de seu smartphone, é possível, por exemplo, fazer o download de aplicativos especializados na economia de energia elétrica e de água. Dessa forma, você pode controlar o uso dos recursos, bem como otimizar o uso durante o dia.

Além disso, os aplicativos inteligentes identificam quais são os equipamentos e os aparelhos que mais consomem água e/ou energia elétrica e, assim, você sabe diretamente onde e como agir para reduzir os custos com as contas essenciais.

De qualquer modo, é possível contar com o auxílio da tecnologia, uma vez que, com os equipamentos citados acima – como a iluminação inteligente e o ar condicionado inteligente -, você não precisa deixá-los ligados durante todo o dia, já que pode controlar seu funcionamento a distância e a qualquer hora.

casas-inteligentes

Sustentabilidade

Por fim, mas não menos importante, é necessário destacar a sustentabilidade como um dos principais benefícios das casas inteligentes. Isso se deve, principalmente, ao fato de que, com o auxílio de equipamentos inteligentes e de sistemas automatizados, você consegue reduzir o consumo de água e de energia elétrica.

Esse fator, além de contribuir com a economia de recursos financeiros, garante, também, vantagens para a natureza. O favorecimento do meio ambiente, é claro, deve ser um dos principais objetivos de todas as pessoas.

A sustentabilidade e a preocupação com a preservação da natureza é uma constante na atualidade e o tema tende a ser ainda mais importante com o passar do tempo. Dessa forma, ao investir em um imóvel inteligente, você garante que sua casa ou que seu apartamento estará adaptado para os novos anos.

Dessa forma, é necessário visualizar que o investimento em um projeto de automação residencial pode parecer caro em um primeiro momento, mas as vantagens e os benefícios para a economia e para o meio ambiente valem a pena.

Equipamentos para automatizar seu imóvel

Se você deseja automatizar seu imóvel, precisa conhecer os equipamentos que podem te auxiliar nesse projeto. Dessa forma, veja a lista abaixo e conheça as possibilidades de transformar sua casa ou seu apartamento em um imóvel inteligente.

Automação da iluminação

A automação da iluminação é uma das possibilidades das casas inteligentes. Uma das principais contribuições desse ponto está relacionada à decoração e, portanto, à estética do ambiente.

Você já deve saber que uma boa iluminação é essencial para que a aparência de um cômodo seja satisfatória, não é mesmo?! Nesse sentido, é importante que você saiba que as luzes inteligentes podem ser suas grandes aliadas nessa tarefa.

Apesar de estar relacionada à boa estética dos cômodos, a automação residencial de iluminação é capaz, também, de trazer mais conforto, comodidade, economia e segurança aos moradores.

As possibilidades para controlar a iluminação dos cômodos por meio da tecnologia são inúmeras, já que os sistemas automatizados podem ser instalados em inúmeros ambientes. É comum que os equipamentos contem com teclados e com displays touch screen, o que facilita o controle.

Além disso, os sistemas, por estarem conectados à internet, podem ser controlados pelos moradores em qualquer lugar do mundo com o uso de um smartphone ou de um computador.

Automação do controle de temperatura

A automação do controle de temperatura está relacionada, principalmente, com os aparelhos de ar condicionado do imóvel. O aquecimento e o resfriamento dos ambientes contribuem, principalmente, para o conforto e para o bem-estar dos moradores.

Com o uso de equipamentos inteligentes, você poderá controlar a temperatura que cada ambiente deve ter. Isso significa que a temperatura do banheiro pode ser diferente da encontrada nos quartos, por exemplo.

Além disso, o sistema automatizado permite que você estabeleça controles automáticos para os equipamentos. Dessa forma, caso o cômodo atinja uma determinada temperatura, o aparelho de ar condicionado será acionado automaticamente. É importante ressaltar que existe a possibilidade de resfriar ou de esquentar o ambiente.

Essa possibilidade é interessante, principalmente, para imóveis que contam com adegas de vinho. A automação do controle de temperatura permite que o local esteja sempre adequado para os produtos, o que garante mais qualidade.

casas-inteligentes

Assistentes virtuais

Os assistentes virtuais podem ser definidos como equipamentos capazes de realizar determinadas tarefas para os usuários. Os aparelhos são variados e, por isso, possuem diferentes modos de funcionamento. Os assistentes virtuais mais conhecidos no mercado são a Alexa, da Amazon, e o Google Nest, do Google.

A Alexa está disponível nas lojas da Amazon por um preço acessível e pode desempenhar as seguintes funções:

  • Configuração de alarmes;
  • Conexão com eletrodomésticos do imóvel;
  • Informações sobre a previsão do tempo;
  • Leitura de notícias;
  • Ligação de aparelhos de som;
  • Interação com smart TVs;
  • Interação com geladeiras;
  • Interação com aparelhos inteligentes, como lâmpadas e controles remotos.

Essas funções são tradicionais e, por isso, estão incluídas em todos os aparelhos. Entretanto, é comum que novas versões do sistema sejam lançadas e, com isso, novas funcionalidades apareçam, o que traz muitas vantagens para os usuários. 

Quer saber quais são os principais comandos entendidos pelos assistentes pessoais? Veja na lista abaixo 20 frases que podem ser direcionadas ao aparelho:

  • Adicione – nome do produto – à lista de mercado;
  • Ligue a geladeira;
  • Ligue a luz;
  • Desligue a luz;
  • Aumente o volume do som;
  • Diminua o volume do som;
  • Ligue a TV;
  • Mostre o quarto do bebê;
  • Avise que o jantar está pronto;
  • Mostre meu calendário;
  • Crie uma lista de compras;
  • Faça uma ligação;
  • Faça uma chamada de vídeo;
  • Me acorde às – horário desejado;
  • Mostre a câmera;
  • Ligue as luzes da sala de estar;
  • Envie uma mensagem para – nome do contato;
  • Faça um aviso;
  • Avise que é hora de ir para a escola;
  • Crie um evento em meu calendário.

Quer saber mais sobre a Alexa? O vídeo 10 dicas que você precisa saber sobre sua Amazon Alexa, publicado no canal L Tech, no YouTube, pode te ajudar. Vamos assistir?!

Cortinas automatizadas

Você já pensou em abrir e fechar cortinas com apenas um clique? Com a automação essa é apenas uma das funcionalidades possíveis. Nesse caso, as principais vantagens estão relacionadas à decoração do cômodo e ao conforto dos moradores.

Nas casas inteligentes, é possível determinar quando e quanto as cortinas serão abertas. Dessa forma, caso esteja no trabalho durante o dia, pode controlar a abertura das peças para que, por exemplo, as plantas recebam iluminação natural.

Por outro lado, caso perceba que vai chegar tarde em casa, por exemplo, e deseja conferir mais segurança e mais privacidade ao interior do imóvel, pode programar as cortinas inteligentes para serem fechadas a partir de uma determinada hora.

Mesmo que você esteja em casa, é possível contar com a comodidade dos sistemas inteligentes. Isso porque você não precisa se levantar e interromper suas atividades para determinar a entrada de luz de um determinado ambiente.

Para que as cortinas sejam automatizadas, é necessário que funcionem por meio de um motor elétrico, que pode ser acionado tanto com teclados quanto com o uso de smartphones. As formas de controle da automação são diversas e você deve escolher as que atendem às suas necessidades.

Sensor de vazamento de água

Os vazamentos de água podem ocorrer em qualquer imóvel, inclusive nas casas inteligentes. Entretanto, a tecnologia pode ser uma grande aliada para evitar e para combater esse tipo de problema.

Desse modo, é possível contar com o uso de sensores de vazamento de água, que detectam os problemas em seus estágios iniciais, para que os transtornos sejam os menores possíveis. Assim, a palavra que melhor define esses aparelhos é a prevenção.

Ao detectarem um vazamento de água, os sensores não somente alertam os moradores, como também desligam o registro, para que não haja desperdício do recurso e, também, de dinheiro.

A principal indicação é instalar os sensores de vazamentos na encanação de cômodos em que os vazamentos são comuns, como banheiros e cozinhas. 

Além de prevenirem a ocorrência dos vazamentos, os sensores são ótimos aliados de quem deseja economizar água e, também, recursos financeiros no final do mês. Isso porque são capazes de identificar os aparelhos que mais consomem água e, assim, você sabe onde e como é necessário agir.

Fechaduras inteligentes

As fechaduras inteligentes são alguns dos principais equipamentos quando o assunto são casas inteligentes. Isso porque trazem comodidade e segurança aos moradores, mesmo que haja perda das chaves e de controles, por exemplo.

Com as fechaduras inteligentes, os moradores podem controlar o acesso de pessoas mesmo a distância. Assim, caso esteja no trabalho, é possível permitir ou não a entrada de alguém em seu imóvel.

Caso possua um animal de estimação, é importante saber que as coleiras inteligentes podem ser programadas para abrir determinadas portas de forma automática, para que o pet tenha acesso aos ambientes mesmo que você não esteja em casa.

Os controles das fechaduras inteligentes permitem, ainda, que você saiba quando as portas foram abertas. Isso porque os equipamentos emitem alertas e enviam notificações para seu smartphone e/ou para seu computador.

Câmeras de segurança inteligentes

Se a segurança é uma prioridade para seu imóvel, você pode investir em câmeras de segurança inteligentes, que podem contribuir para o monitoramento do interior e dos arredores da casa ou do apartamento.

O sistema inteligente tem como principal vantagem a geração de imagens com alta qualidade, que podem, inclusive, ser capturadas em modo noturno. Além disso, os equipamentos são capazes de salvar as imagens na nuvem e, por isso, não é necessário se preocupar com a memória.

Outro ponto positivo das câmeras inteligentes é a possibilidade de interligá-las com outros equipamentos inteligentes do imóvel, como lâmpadas e fechaduras. Isso significa que um comando é acionado por outro automaticamente, o que te garante muito mais segurança e comodidade.

casas-inteligentes

Dicas para começar a automatização do imóvel

Se você deseja transformar seu imóvel em uma casa inteligente, precisa seguir algumas orientações importantes. O primeiro passo para concretizar o projeto é ter uma excelente conexão com a internet.

Isso porque todos os equipamentos devem estar conectados e, por isso, sua rede deve ser suficiente para atender toda à demanda. Desse modo, quanto mais aparelhos conectados você tiver, mais megas de internet serão necessários para que os sistemas funcionem corretamente.

Além de investir em um bom roteador, caso o imóvel possua uma grande área, será necessário comprar repetidores de sinal, para que a conexão não seja prejudicada. 

Para que toda a estrutura funcione, é necessário que os equipamentos inteligentes estejam ligados a um central hub. A complexidade da rede doméstica vai depender do número de aparelhos conectados à central e, por isso, é necessário contratar os serviços de um profissional especializado.

Para encontrar uma boa empresa, pesquise sobre sua reputação na internet e converse com pessoas que já passaram pelo processo de automatizar seus imóveis. Faça um orçamento com profissionais variados e verifique qual irá elaborar o projeto que melhor condiz com suas ideias e com suas necessidades.

Não se esqueça de pontuar seus objetivos e de analisar quais são suas prioridades. Suponha, por exemplo, que você deseja conferir segurança ao imóvel. Nesse caso, você deve investir em câmeras de segurança inteligentes, que irão proporcionar proteção à casa ou ao apartamento.

Entretanto, se o seu objetivo é conquistar comodidade e bem-estar, é válido investir em assistentes pessoais e em eletrodomésticos inteligentes, como TVs e geladeiras.

Quer saber mais sobre como automatizar seu imóvel? Então confira o vídeo Passo a passo: como automatizar sua casa (sem gastar muito), publicado no canal Matheus Kise, no YouTube:

Qual é a sua opinião sobre esse conteúdo?

Agora que você já sabe tudo sobre casas inteligentes, chegou o momento de nos contar sua opinião sobre as informações apresentadas. As dicas te ajudaram? Você planeja automatizar seu imóvel? Deixe suas impressões na caixa de comentários abaixo e, em caso de dúvidas, não hesite em nos perguntar.

Quer conferir artigos semelhantes? Então continue a navegar pelo Blog da Arbo. Aqui você encontra conteúdos sobre mudanças, como o passo a passo para se mudar para um novo imóvel, sobre decoração, como dicas para renovar o quarto e a sala de estar, e sobre o mercado imobiliário em geral, como as vantagens de investir em imóveis.

Não se esqueça de clicar aqui para acompanhar todos os artigos sobre automação residencial, que podem te auxiliar caso seu desejo seja ter uma casa ou um apartamento inteligente.

Conheça, também, a Central de Ajuda da Arbo, que pode te auxiliar em diversas questões do dia a dia. Lá você encontra, por exemplo, informações sobre os melhores provedores de internet das principais cidades do Brasil e o passo a passo para emitir a segunda via de faturas de energia elétrica, de água e até mesmo do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Por fim, visite o Portal da Arbo, que reúne milhares de imóveis em mais de 300 cidades do Brasil. Utilize nossos filtros de busca para encontrar a casa ou o apartamento ideal e conheça seu próximo lar.

Postagens relacionadas

arquitetura brasil

Retrofit: conheça a mais nova tendência da arquitetura

A tendência retrofit é essencial para revitalizar edifícios históricos de forma sustentável e responsável. Saiba mais sobre o tema neste artigo do Blog da Arbo Você já ouviu falar em retrofit? Essa é a maior tendência de arquitetura dos últimos tempos, uma vez que consiste em um nicho que tem mostrado cada vez mais potencial. […]

marketing digital para imobiliárias

Como fazer Marketing Digital para imobiliárias? – Métricas de Marketing Digital #1

Seu negócio está pronto para os desafios do mundo online? Veja como elaborar boas estratégias de marketing digital para imobiliárias. Lidar com os novos padrões de comportamento do consumidor é uma das tarefas mais desafiadoras para o setor imobiliário. Novas ferramentas demandam abordagens distintas de tudo que era aplicado com sucesso até poucos anos atrás. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *