13 de maio de 2022

Casas modernistas: conheça algumas

casas-modernistas

Diferente do que a maioria pensa, as casas modernistas não são sinônimo de uma estética contemporânea! Uma construção moderna segue os princípios do modernismo.

E com a arquitetura moderna não é diferente. Nascida do movimento modernista, esse é um estilo que conta com elementos simples para criar composições surpreendentes.

Nesse post, a Arbo vai te explicar um pouco mais a fundo sobre isso, e também vamos te mostrar alguns projetos construídos na época do movimento e que estão abertos a visitação!

O que foi o movimento modernista?

O movimento modernista foi uma tendência artística do século XX que contava com obras mais críticas em um momento em que o mundo passava por transformações tecnológicas e as desigualdades sociais eram muito expostas e criticadas. No Brasil, o cenário era de insatisfação, pois muitas pessoas consideravam a política, a economia e a cultura estagnadas.

E a arquitetura moderna, o que é?

A arquitetura moderna é um estilo que surgiu no mesmo século como um movimento de oposição à arquitetura que vinha sendo feita até então – mais rebuscada e com excesso de ornamentos. Com a criação da Escola Bauhaus, por iniciativa do arquiteto alemão Walter Gropius, começa essa nova fase da arquitetura.

As casas modernistas do século XX ficaram para a história como marcos do movimento. Grandes nomes como Le Corbusier, Oscar Niemeyer, Lina Bo Bardi e outros mestres foram fundamentais nesse período com construções icônicas e memoráveis.  

O estilo moderno na arquitetura privilegia o simples e a função social das obras, sabia? Os projetos desaprovam as arquiteturas com elementos decorativos e ornamentais, e empregam formas geométricas e linhas simples. Na arquitetura modernista “menos é mais”. 

Qual é a diferença entre moderno e contemporâneo?

Antes de falar sobre as casas modernistas, é importante explicar sobre esses termos, já que no dia a dia, é comum confundir o significado de “moderno” e “contemporâneo”. Provavelmente você já viu esse primeiro termo sendo usado para se referir a algo atual.

Muitos pensam que arquitetura moderna e contemporânea são sinônimos, mas a verdade é que não são a mesma coisa. A arquitetura moderna é influenciada pelos ideais da Idade Moderna principalmente, e teve grande força dos anos 30 aos 50. 

Já a arquitetura contemporânea tem forte influência da Idade Contemporânea, datando de 1789 até os dias de hoje. É um estilo que tem sua base no moderno, mas que inclui outros elementos na sua composição. A simplicidade se mantém, e aceitando mais a mistura entre linhas retas e sinuosas, principalmente na mobília.

Exemplos de casas modernistas

Depois dessa contextualização histórica, que é bem importante, agora finalmente vamos aos projetos de casas modernistas que você pode (e deve) conhecer em pleno 2021, e que é um verdadeiro parque de diversões para os amantes de cultura e arquitetura. Vem com a Arbo conferir essas jóias nacionais! 

Casa Modernista da Rua Santa Cruz

A Casa Modernista da Rua Santa Cruz foi feita pelo arquiteto ucraniano Gregori Warchavchik (1896–1972), projetada em 1927 e construída em 1928, e é considerada a primeira obra de arquitetura moderna implantada no Brasil, e por isso começamos com ela nessa seleção de apresentação das casas modernistas .

A casa foi projetada para abrigar o arquiteto, recém-casado com Mina Klabin, filha de um grande industrial da elite paulistana. Na época, a casa gerou forte impacto nos círculos intelectuais e na opinião pública em geral, com a publicação de artigos em jornais. Ou seja, essa obra “deu o que falar”, e por isso é tão famosa!

Para você ter uma noção da importância, o local é tombado pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico), IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo).

Essa que é uma das mais importantes casas modernistas  do país, passou por um processo de recuperação em 2000, que só foi concluído em 2007. Com isso, o local e seu terreno foram adaptados a um parque para dar acesso às áreas externas da casa, preservando assim a sua história. 

Vale citar que o projeto de ajardinamento paisagístico buscou resgatar o jardim histórico de Mina Klabin através de registros fotográficos. Em 2008, a Prefeitura do Município de São Paulo passou a ser permissionária do imóvel, o que significa que o município é o responsável por comandar o seu uso e a sua manutenção. 

A casa modernista da Rua Itápolis

A casa da Rua Itápolis é um marco entre as casas modernistas do Brasil. Foi projetada pelo mesmo arquiteto ucraniano-brasileiro Gregori Warchavchik e inaugurada em 1930. A obra é uma composição clássica, feita em uma construção tradicional, e ficou em exposição de 26 de março a 20 de abril de 1930, ocupando o espaço da renovação arquitetônica brasileira e complementando a revolução assinalada pela “Semana de Arte Moderna de 1922”. 

No projeto arquitetônico da residência, Warchavchik procurou resolver os problemas de economia de meios e recursos e de sua funcionalidade de maneira a produzir um resultado estético muito satisfatório. Ao contrário do raciocínio projetual tradicional, o arquiteto eliminou corredores e integrou espaços com a finalidade de obter áreas mais amplas.

Essa que também é umas das casas modernistas  mais icônicas do Brasil, é tombada como patrimônio histórico e artístico em todas as esferas de poder do país… importante demais né? Ah, e vale dizer que em 1986, a edificação recebeu essa classificação por parte do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, com confirmações municipais em 1991, através do Conpresp, e estadual em 1994, através do Condephaat.

Saiba tudo sobre casas de madeira aqui!

Casa Vilanova Artigas 

Construída em 1949, essa é uma das casas modernistas onde habitava o arquiteto João Batista Vilanova Artigas, localizada no Campo Belo, Zona Sul de São Paulo. Funcionou como morada da família até 2016, foi tombada e revitalizada entre 2016 e 2017. Em fevereiro de 2020 ela abriu as portas como Instituto Casa Vilanova Artigas (ICVA).

O projeto de ressignificação do imóvel é da arquiteta Talita De Nardo Missaglia, aluna de Júlio Artigas, filho do renomado arquiteto. O local serve como um centro cultural, repleto de atividades, abrigando a exposição Artigas: A Casa como Cidade – com projetos e imagens da vida e obra do arquiteto – além de oferecer um café e coworking. Muito bacana, né?

Casa de vidro 

Um ícone da arquitetura de casas modernistas em São Paulo, essa foi a primeira obra de Lina Bo Bardi no Brasil, e conta com uma magnífica estrutura residencial com uma fachada de vidro que se tornou um símbolo da arquitetura moderna no país.

Construída em 1950, na região do Morumbi, Lina e seu marido a tiveram como lar até a morte dela. A “Casa de Vidro” como foi batizada, pois sua estrutura dava a impressão de flutuar sobre as colunas, tem um gigantesco jardim ao seu redor, ocupando uma área total de 7.000 m², onde Lina cuidou para manter a estrutura original da região onde a casa foi construída.

Em 1987, a Casa de Vidro foi tombada pelo CONDEPHAAT como patrimônio histórico da cidade de São Paulo, e hoje é sede do Instituto Lina Bo e P.M.Bardi, onde além de expor diversas obras e objetos do casal, recebe, de tempos em tempos, exposições da área da arquitetura e do design.

Gostou de conhecer algumas dessas casas modernistas que existem em nosso país? Muito interessante o conceito e a história por trás dessas verdadeiras obras de arte, não é? 

Aqui no Blog da Arbo você sempre tem acesso a conteúdos incríveis do universo da cultura, arquitetura, decoração e muito mais!

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

porcelanato

Porcelanato: o que é, como fazer e quanto custa

Na hora de reformar ou de construir a sua casa, o piso em porcelanato é um dos pontos mais importantes da obra, não é mesmo? Mas, decidir qual tipo de revestimento usar nem sempre é uma escolha fácil, pelo contrário! Por isso, você precisa saber quais são as diferenças entre eles, e isso é fundamental […]

mesa-de-jantar

Como escolher a mesa de jantar ideal para sala?

A mesa de jantar é um móvel essencial para a decoração de qualquer casa. Saiba como acertar e escolher uma bonita e funcional para a sua sala.  Cada vez mais as tendências de decoração mostram a importância da mesa de jantar para as casas modernas. Após uma espécie de “abandono” do hábito de sentar à […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *