27 de setembro de 2021

Como cuidar de plantas no interior de apartamentos

Se você deseja criar espécies em seu imóvel, precisa saber como cuidar de plantas. Nesse texto você encontra todas as informações para cuidar bem de cada uma das espécies

Seja um apartamento pequeno ou grande sempre há a possibilidade de ter uma planta para alegrar o ambiente, desde suculentas e cactos até palmeiras e frutíferas em vasos. Nesse artigo vamos listar algumas espécies que você pode cultivar e como cuidar delas de modo específico para que você nunca erre. Descubra como cuidar de plantas no interior de seu imóvel.

Antes de continuarmos é importante lembrar que as dosagens de adubações realizadas variam conforme o tamanho dos vasos. Em caso de dúvida sempre siga a recomendação da embalagem dos produtos da FORTH Jardim ou acesse a página do produto no site www.forthjardim.com.br.

Cactos e suculentas

Essas plantas conquistaram as pessoas nos últimos anos, pois, além de serem muito bonitas, são plantas fáceis de se fazer mudas e muito resistentes. Contudo, é necessário saber como cuidar de plantas para não errar no manejo.

Adubação: realize adubação com FORTH Cactos, FORTH Suculentas ou produtos equivalentes.

Rega: deve ser feita sempre que o substrato já estiver seco. Muitas pessoas matam cactos e suculentas por regar as plantas ou por fazerem a rega uma vez na semana ou a cada 15 dias.

Não há prazo em dias definido, por isso, fique atento às condições de umidade do seu substrato, pois uma pessoa que mora em regiões mais úmidas rega menos que a pessoa que mora em regiões bem mais quentes.

Ambiente: são plantas de sol e podem ser adaptadas à meia sombra.

Substrato: utilize substratos aerados e com boa drenagem.

Samambaias

Assim como cactos e suculentas, é difícil encontrar uma casa de uma pessoa que goste de plantas sem uma samambaia. Estas possuem espécies com folhas muito lindas e de vários formatos.

Adubação: realize adubação com FORTH Samambaias versão líquida ou farelada ou produtos equivalentes.

Rega: por serem plantas que gostam de ambientes úmidos, regue todos os dias. Caso o substrato no dia seguinte ainda esteja bem úmido, então não há necessidade de regar.

Ambiente: são plantas de sombra, se colocadas sob a luz do sol começam a amarelar.

Substrato: utilize substratos aerados e com boa drenagem.

Como cuidar de plantas: orquídeas

As orquídeas são o desejo de muitas pessoas, pois suas flores diversas são extremamente lindas, além de serem plantas que permanecem floridas por muito tempo. Contudo, são bem mais sensíveis, então é necessário prestar atenção aos cuidados.

Adubação: quando a planta estiver na fase somente de folhas, utilize FORTH Orquídeas Manutenção ou produtos equivalentes.

Contudo, quando ela emitir haste floral ou botões de flores, passe a utilizar somente o FORTH Orquídeas Floração ou adubos semelhantes. Depois que a planta terminar a fase de floração volte a utilizar somente o adubo de manutenção.

Rega: a orquídea é uma planta de locais úmidos, então regue-a todos os dias, dependendo da sua região. Se o clima for muito quente, pode regar até duas vezes no dia. Caso seja as espécies que são cultivadas sem substrato, como a orquídea Vanda, pulverize as raízes com água duas vezes no dia.

Ambiente: são plantas de sombra, então não as deixe pegar sol, pois se pegar as folhas vão ficar com queimaduras. No entanto, é importante deixa-las em ambientes bem iluminados.

Substrato: utilize o substrato FORTH Orquídeas, que é composto por casca de pinus, carvão vegetal e chip de coco, ou produtos semelhantes. 

Palmeiras

Há muitas palmeiras que podem ser cultivadas na sombra, como a Palmeira Raphis, a Areca Bambu, a Chamaedoria, a Licuala, a Palmeira de Petrópolis, entre outras.

Entretanto, é importante cultivar plantas desse tipo em vasos de médio a grande porte, pois, caso contrário, pode prejudicar o desenvolvimento das palmeiras. Isso significa que você vai precisar ter um pouco mais de espaço na sua casa.

Adubação: indicamos sempre utilizar o FORTH Palmeiras, seja na versão líquida ou farelada, ou, ainda, produtos semelhantes.

Rega: há quem ache que palmeira não precisa ser regada com certa frequência, mas quem pensa assim está equivocado, pois essas são plantas que gostam de água, mesmo que muitas espécies sejam de sombra. Então leve em conta a regra: se o substrato está seco, pode realizar a rega.

Ambiente: há espécies de sol, de meia sombra ou de sombra com boa luminosidade.

Substrato: indicamos utilizar o FORTH Condicionador Floreiras, de forma pura ou misturado com uma outra terra caso queira, ou produtos similares. 

como-cuidar-de-plantas

Jabuticabeira

Atualmente, muitas pessoas pegaram gosto por cultivar jabuticabeiras em casa. Essa é uma planta que se adapta facilmente e que pode pode ser cultivada na sombra desde que o ambiente seja bem iluminado.

Como a jabuticabeira é uma planta que, naturalmente, é de sol e que foi adaptada à sombra, ela se torna mais vulnerável a pragas. Dessa forma, é importante sempre estar de olho se há insetos ou fungos. O ideal é controlar a infestação logo no início para que o problema não se agrave.

Adubação: realize a adubação com FORTH Jabuticabeiras ou mesmo com o FORTH Frutas, ambos podem ser utilizados na versão líquida ou farelada. É possível, também, adubar a planta com um produto similar.

Rega: quando a planta está no sol, precisa ser regada todos os dias. Já quando está na sombra ou na meia sombra, a rega já pode ser realizada quando o substrato estiver seco.

Ambiente: de sol pleno, meia sombra ou adaptada à sombra com boa luminosidade.

Substrato: indicamos utilizar o FORTH Condicionador Floreiras, de forma pura ou misturado com uma outra terra caso queira. É possível usar produtos semelhantes. 

Como cuidar de plantas: violetas

As violetas podem não estar no auge da fama, mas ainda são muito lembradas para quem quer ter uma planta de sombra. As violetas são, também, bastante conhecidas por suas lindas flores coloridas e, por isso, contribuem com a decoração dos cômodos.

Adubação: realizar a adubação com FORTH Violetas ou com FORTH Flores na versão farelada ou líquida. É possível utilizar produtos semelhantes.

Rega: sempre fazer a rega quando perceber que o substrato já está seco. Nunca regue por cima das folhas, pois estas podem começar a apodrecer pelo acúmulo de água.  Assim, a indicação é sempre regar direto no solo e/ou no substrato.

Ambiente: sombra com boa luminosidade.

Substrato: é possível utilizar o FORTH Condicionador Floreiras ou produtos com fórmulas semelhantes. 

como-cuidar-de-plantas

FORTH Jardim

Parceiros da Arbo Imóveis, quando “brotamos” no mercado brasileiro o solo onde crescemos já vinha sendo preparado há muito tempo. Foram anos dedicados à pesquisa e ao desenvolvimento de tecnologias em nutrição vegetal.

Com raízes tão fortes, nosso principal produto (o Forth Jardim) logo conquistou a preferência dos consumidores e se tornou marca líder no mercado de home garden.

Inscreva-se na Academia FORTH Jardim e tenha acesso a cursos totalmente gratuitos sobre esse e outros assuntos. E o melhor: as oportunidades são totalmente gratuitas e fornecem a emissão de certificados.

Clique aqui: quero aprender com a FORTH

Siga a Forth Jardim nas redes sociais:

Facebook: @forthjardimoficial

YouTube: @forthjardim

Instagram: @forthjardim_oficial

Esse artigo foi escrito em parceria com a Forth Jardim. 

Autor: João Pedro M. Leal – Engenheiro Agrônomo da Forth Jardim

Postagens relacionadas

certidão de ônus reais

Certidão de ônus reais: para que serve?

A certidão de ônus reais é um dos elementos que garantem a segurança do comprador de um imóvel. Saiba mais sobre o documento. Uma das grandes dificuldades de quem vai comprar uma casa ou um apartamento é ter certeza de que a transação será segura. A certidão de ônus reais existe justamente com esse propósito, […]

embaixo-da-escada

Veja como decorar o espaço embaixo da escada

Está em dúvida sobre como utilizar aquele espaço embaixo da escada? Não se preocupe, pois trouxemos as melhores dicas de decoração para você! Muitas pessoas têm dúvida sobre como utilizar o espaço embaixo da escada, seja por ser um espaço pequeno ou, ainda, por não ter ligação com o resto da casa. Entretanto, esse espaço […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *