24 de maio de 2022

Descubra como montar um jardim interno

jardim-interno

O jardim interno é uma verdadeira tendência para quem deseja ter contato com a natureza dentro de casa ou do apartamento. Nesse texto você descobre como montar um em seu imóvel

O contato com a natureza é um fator fundamental para a qualidade de vida. Entretanto, com as medidas de restrição impostas por conta da pandemia de covid-19, passeios em parques e praças têm se tornado cada vez mais escassos. Diante disso, uma tendência ganhou destaque no Brasil: o jardim interno.

Como o próprio nome sugere, o jardim interno é construído dentro de casa ou do apartamento. A boa notícia é que esses podem ser montados de diversas formas e, por isso, podem ser inseridos em qualquer imóvel.

Os benefícios de ter um jardim interno vão além da estética do ambiente. Isso porque as plantas contribuem – e muito – para a qualidade de vida dos moradores, já que influenciam na qualidade do ar.

Se você deseja aumentar seu contato com a natureza, pode construir seu próprio jardim interno. Para que essa tarefa seja simples e prática, o Blog da Arbo preparou esse guia completo, no qual você vai conferir:

Onde e como montar um jardim interno?

O jardim interno tem se tornado uma tendência cada vez mais comum no Brasil e no mundo. Isso porque muitas pessoas moram em apartamentos – ou em casas pequenas – e não têm um espaço externo para destinar à natureza.

Como o contato com as plantas é benéfico para a saúde e para a qualidade de vida dos moradores, a construção de um jardim interno é uma boa opção para quem deseja deixar o imóvel mais bonito e mais aconchegante.

Os jardins internos podem ser montados em qualquer cômodo da casa, já que sua construção não segue padrões ou modelos. A verdade é que o jardim deve ser construído de acordo com as características e as possibilidades do imóvel.

jardim-interno
O jardim interno pode ser montado em qualquer imóvel, desde que haja espaço disponível para as plantas

Apesar de existir a possibilidade de inserir o jardim interno em qualquer ambiente, é importante ressaltar que as plantas são seres vivos e, como tal, precisam de cuidados. Por isso, você deve montar seu jardim em um local arejado e com incidência de luz solar.

Abaixo você encontra algumas dicas para montar seu jardim interno em alguns dos principais cômodos da casa ou do apartamento:

Salas

Muitos imóveis contam com uma sala de estar e com uma sala de jantar. Entretanto, a primeira é a mais comum, especialmente em casas e apartamentos pequenos.

É na sala de estar, por exemplo, que os moradores se reúnem para assistir TV e para descansar depois de um dia de trabalho. Além disso, é o local de recepção das visitas e, por isso, costuma ser um ambiente decorado.

Para inserir o jardim interno na sala de estar, é importante verificar se não há excesso de objetos decorativos. Caso haja, é preferível retirar alguns itens, para que a estética do local fique harmônica.

Na sequência, encontre um espaço vazio no cômodo e verifique as possibilidades de construir um jardim interno. Você pode usar vasos grandes, que ficam posicionados no chão; vasos médios e/ou pequenos, que podem ser colocados sobre mesas ou, ainda, vasos pendentes.

A mesma dica vale para a sala de jantar. Entretanto, o local costuma ser mais intimista e, por isso, a principal orientação é não exagerar nas plantas e nos objetos decorativos.

Quartos

Os quartos, por sua vez, são os ambientes mais íntimos do imóvel, uma vez que costumam ser ocupados somente pelos respectivos donos. Diante disso, é um cômodo no qual o morador pode se expressar de diversas formas, incluindo a decoração.

Dessa forma, é possível montar um jardim interno nos quartos, caso seja da preferência do dono. Para isso, os vasos de tamanho pequeno e médio são grandes aliados, já que podem ser posicionados em mesas de cabeceira, em escrivaninhas e em outras superfícies.

Algo que você deve saber antes de construir o jardim interno no quarto é que algumas espécies de planta, além de purificar o ar, são capazes de melhorar a qualidade do sono dos moradores.

Cozinha

É claro que o jardim interno também pode ser inserido na cozinha. Na maioria dos imóveis, são cômodos bem iluminados – tanto artificial quanto naturalmente – e, por isso, são ótimos ambientes para receber plantas das mais diversas espécies.

Os balcões são superfícies perfeitas para receber vasos e garrafas com flores. Nesse caso, escolha as espécies que mais te agradam e faça uma combinação de cores que combine com o cômodo como um todo.

jardim-interno
As plantas do jardim interno podem ser colocadas em qualquer um dos cômodos do imóvel

Banheiro

Por fim, você deve saber que pode montar um jardim interno no banheiro do imóvel – seja este social ou suíte. O cômodo é um ambiente de relaxamento, já que é o local no qual os moradores tomam banho após um dia cansativo.

E é claro que as plantas podem promover uma sensação de bem-estar e de aconchego no ambiente.

Como o banheiro costuma não dispor de muito espaço, é importante que as plantas sejam posicionadas sobre as superfícies, como nos revestimentos ao redor da pia. É possível, também, colocar as espécies em nichos e em prateleiras.

Apesar das diversas possibilidades, você deve ficar atento a uma questão: nunca insira plantas no interior do box. Isso porque, especialmente no inverno, as pessoas costumam tomar banhos quentes, o que deixa o ambiente muito úmido e quente.

Nesse caso, é comum que algumas espécies de plantas morram com o excesso de temperatura e de umidade.

Quais plantas podem ser inseridas no jardim?

Antes de montar um jardim interno, você precisa conhecer as espécies de plantas que se adaptam aos ambientes do interior do imóvel.

Para escolher a espécie ideal para seu jardim interno, é necessário considerar não somente a aparência da planta, mas também os cuidados necessários para sua sobrevivência. Por isso, verifique se a espécie gosta de sombra ou de sol, a periodicidade de regas e outros aspectos importantes para seu cuidado diário.

Abaixo você encontra algumas das principais espécies que se adaptam bem aos ambientes internos:

  • Orquídea;
  • Samambaia;
  • Palmeira-leque;
  • Cactos;
  • Suculentas;
  • Peperômia;
  • Espada-de-São-Jorge;
  • Ciclanto;
  • Zamioculca;
  • Iuca.
jardim-interno
Os benefícios de ter um jardim interno vão além da estética

Quais são as vantagens de ter um jardim dentro de casa?

Se você ainda está em dúvida sobre a inserção de um jardim interno no seu imóvel, chegou o momento de conhecer algumas das vantagens de cultivar plantas nos mais variados cômodos da casa ou do apartamento.

Relaxamento

De acordo com estudos da cromoterapia, as cores têm influência nos sentimentos e nas sensações dos seres humanos. Dessa forma, ao ter plantas no interior de seu imóvel, você deve considerar que será afetado por suas folhas e flores.

Além das cores, as plantas podem influenciar o ambiente de outras formas. Segundo a Nasa, por exemplo, existem espécies que estimulam a liberação de adrenalina no organismo, o que aumenta os níveis de energia.

Como a liberação do hormônio é baixa, as espécies auxiliam na sensação de relaxamento.

Qualidade do ar

Você já deve saber que as plantas são umidificadores naturais, não é mesmo?! Isso significa que elas liberam umidade por meio de seu processo de transpiração, o que traz mais aconchego e conforto ao ambiente.

Além disso, por realizarem fotossíntese, as espécies liberam oxigênio no ambiente, o que contribui significativamente para a melhora da qualidade do ar.

Antes de escolher as espécies de seu jardim interno, considere quais cuidados serão necessários

Criatividade

Mais uma vez, as cores das plantas trazem benefícios aos moradores. Nesse tópico, entretanto, o foco está na possibilidade que os tons de algumas espécies têm de inspirar a criatividade dos moradores.

Dessa forma, é interessante montar um jardim interno em ambientes como o escritório, no qual os moradores trabalham e estudam. Aproveite o espaço disponível na escrivaninha e aposte em vasos pequenos.

Concentração

Além da criatividade, a concentração é essencial para bons resultados nos estudos e no trabalho. Muitas pessoas têm dificuldade de manter o foco e, nesse caso, podem contar com o auxílio de algumas espécies de plantas.

De acordo com um estudo realizado pela Royal College of Agriculture, do Reino Unido, alunos que estão inseridos em ambientes com plantas têm maior probabilidade de prestar atenção nas aulas.

Mais uma vez, a indicação é inserir as plantas no escritório ou em outros ambientes dedicados ao trabalho e ao estudo, como os quartos. Caso os ambientes sejam escuros e recebam pouca luz solar, procure por espécies que se adaptam à falta de luminosidade.

As plantas de um jardim interno podem te ajudar a ser mais produtivo

Antiestresse

O estresse é um dos problemas de saúde mais comuns da atualidade. A angústia causada pela pandemia e o crescente excesso de trabalho no home office são fatores que contribuem para essa condição.

Nesse caso, mais uma vez, a indicação é apostar nas plantas em um jardim interno. Segundo estudo do Journal of Environmental Psychology, algumas espécies são capazes de diminuir os hormônios do estresse no organismo.

Para obter bons resultados, insira as plantas nos mais variados cômodos de sua casa ou apartamento.

Se você tem dúvidas sobre como cuidar das plantas de seu jardim interno, assista ao vídeo 6 dicas caseiras para cuidar das suas plantinhas, publicado no canal Karla Amadori, no YouTube:

O jardim interno é, de fato, uma boa forma de estar em contato com a natureza. Entretanto, se você deseja investir em um lar com área externa, pode contar com o auxílio da Arbo Imóveis.

E se você deseja conferir mais conteúdos como esse, preencha o formulário abaixo e assine nossa newsletter. Dessa forma, você irá receber os artigos mais acessados da semana em seu e-mail gratuitamente.

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

Consórcio de imóveis: tudo o que você precisa saber

Quer comprar uma casa ou um apartamento? Então você precisa conhecer as possibilidades que o consórcio de imóveis oferece Fazer a aquisição de uma casa ou apartamento é uma das maiores decisões, e na maioria das vezes, uma das primeiras principais escolhas. Mais do que pelo valor e o processo burocrático nesta transação, estamos falando […]

Simulação-de-financiamento online

Simulação de financiamento online: a ferramenta da Arbo

Está em busca de uma simulação de financiamento online? Confira como a Arbo pode te ajudar.  Um dos passos mais importantes para quem deseja contratar um financiamento de imóveis é realizar uma simulação online. Esse tipo de ferramenta tornou o planejamento financeiro muito mais prático, pois permite ter uma referência sobre a quantidade e o […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *