13 de maio de 2022

Tipos de telhado: conheça 7 opções para sua casa

tipos de telhado

Escolher a telha certa vai deixar sua casa mais bonita e confortável. Veja aqui as vantagens e desvantagens de vários tipos de telhado!

Um telhado bem planejado e bonito sempre coloca qualquer imóvel em destaque. Além do componente estético, uma cobertura bem feita evita diversos inconvenientes, como goteiras, infiltrações e calor excessivo. Existem vários tipos de telhado e cada material tem suas vantagens e desvantagens.

Este artigo do Blog da Arbo vai apresentar a você as características essenciais de sete tipos de telhado. Com essas informações, você poderá comparar os pontos fortes e fracos de todos eles para escolher o que mais se adequa às necessidades do seu imóvel, ao seu gosto pessoal e às condições climáticas da sua região. Confira! 

  1. Telhado de cerâmica
  2. Telhado de concreto
  3. Telhado de fibrocimento
  4. Telhado de metal
  5. Ecotelhado
  6. Telhado de ardósia
  7. Telhado translúcido

1. Telhado de cerâmica

As telhas de cerâmica estão entre as mais populares no Brasil. Suas principais vantagens são o baixo custo e a grande variedade de modelos. As telhas coloniais, por exemplo, são as mais utilizadas em imóveis residenciais. Você pode encontrá-las em várias cores e o rendimento delas é de 25 peças por metro quadrado.

Já a telha portuguesa é um dos modelos mais modernos. Graças ao tipo de encaixe utilizado, elas oferecem uma cobertura mais estável para o imóvel e, por ser maior, são necessárias menos peças para cobrir cada metro quadrado (17). No caso das telhas italianas, o rendimento é ainda maior – 14 peças por metro quadrado.

As telhas de cerâmica também têm o benefício de serem bons isolantes térmicos, assegurando temperaturas mais confortáveis aos moradores. Contudo, também há alguns pontos fracos a considerar.

As telhas de cerâmica tendem a ser mais frágeis que outros modelos que veremos aqui, como as telhas de concreto e as telhas ecológicas. Quando um telha quebra, o imóvel sofre com infiltrações e goteiras, por isso, é recomendável fazer a manutenção do telhado periodicamente. 

Este vídeo do canal Construção & Cia explica as diferenças entre vários tipos de telhas de cerâmica:

2. Telhado de concreto

As telhas de concreto são bem maiores que as de cerâmica e seu rendimento é de 10 unidades por metro quadrado. Feitas de cimento e areia, elas tem um custo mais alto por causa de sua qualidade, que garante o encaixe perfeito. Menos porosas, elas são menos suscetíveis à proliferação de fungos. 

Em regiões mais quentes, é recomendável optar por telhas de concreto com cores mais claras, que refletem a luz solar e não absorvem tanto calor. Além disso, instalar mantas térmicas por baixo das telhas também ajuda a controlar a temperatura. Por outro lado, regiões mais frias requerem telhas com cores mais escuras, que ajudam a manter o imóvel aquecido.

A principal vantagem do telhado de concreto é a impermeabilidade. Como as telhas não absorvem a água da chuva, a estrutura do imóvel não corre risco de ficar sobrecarregada por esse motivo. Esse tipo de telha também não se deformam, por isso, estarão sempre bem encaixadas e alinhadas, reduzindo a necessidade de manutenção.

Embora cada unidade da telha de concreto seja mais pesada que a de cerâmica, o peso por metro quadrado acaba sendo menor. Assim, sua aplicação possibilita uma economia quanto à estrutura de sustentação. 

3. Telhado de fibrocimento

As telhas de fibrocimento são alvo de muitas controvérsias, pois substituíram as antigas telhas de amianto, que eram prejudiciais à saúde. Os fabricantes afirmam que os modelos atuais já não têm esse problema, mas o material continua sob dúvidas e há alguns mitos sobre ele.

O principal deles é que as telhas de fibrocimento esquentam demais o ambiente. Contudo, o uso de algumas peças complementares e técnicas diferenciadas de instalação pode resolver esse problema. Dessa forma, o material oferece um bom custo-benefício a depender da área em que será aplicado.

Entretanto, uma desvantagem inquestionável das telhas de fibrocimento é a parte estética. Visualmente, esse tipo de telhado com tons acinzentados não é muito atraente, por isso, só é recomendável utilizá-lo em construções bem específicas, onde a aparência é menos importante que a funcionalidade.

No vídeo abaixo, Marcelo Akira fala sobre as diferenças entre telha de barro e telha de concreto:

4. Telhado de metal

As coberturas metálicas são feitas de aço e contam com uma camada protetora de zinco para proteger o material da oxidação e da corrosão. Dessa forma, elas são opções interessantes para quem quer durabilidade, facilidade de instalação e resistência aos efeitos da umidade.

Esses tipos de telhado são compostos por painéis que são fixados à estrutura do imóvel com parafusos. Com uma boa instalação, esse material pode durar até 10 anos sem precisar de qualquer manutenção. Além disso, mesmo que seja necessário fazer algum reparo, o procedimento é simples.

Como desvantagem, destaca-se o peso do aço, que requer uma boa estrutura de sustentação. Além disso, o telhado de metal causa bastante ruído quando há chuvas ou ventos. Portanto, é importante dar atenção ao isolamento acústico do imóvel.

Este vídeo do canal Arte Técnica mostra a montagem de um telhado de metal:

5. Ecotelhado

Os ecotelhados, também chamados de telhados verdes, utilizam plantas rasteiras para cobrir a laje do imóvel, formando uma espécie de jardim suspenso. Os benefícios desse tipo de cobertura incluem excelentes níveis de isolamento térmico e acústico. 

A instalação desses tipos de telhado requer alguns cuidados especiais, principalmente quanto à vedação, que deve ser muito bem feita para evitar vazamentos. A estrutura desse tipo de telhado também deve ser planejada com cuidado, já que a inclinação dele faz diferença e é necessário adicionar um sistema de irrigação para as plantas.

É possível aproveitar a água da chuva para esse sistema, instalando reservatórios com capacidade de até 60 litros por metro quadrado. A água fica por baixo da vegetação, evitando a proliferação de mosquitos. Esse recurso também acaba contribuindo com o isolamento acústico do imóvel.

Quando o assunto é manutenção, o sistema modular é o mais interessante para quem quer um ecotelhado. Nele, as camadas de vegetação são acomodadas em caixas de plástico reciclado, que funcionam como vasos. Assim, se for necessário mexer em alguma parte do telhado, é só mexer no módulo que apresentou problemas.

Este vídeo do canal Pura Arquitetura explica o funcionamento de um ecotelhado:

6. Telhado de ardósia

A ardósia é um dos materiais de construção mais antigos. Trata-se de uma rocha que mistura argila e cinzas de vulcão, muito aplicada como revestimento de paredes e na pavimentação de calçadas. No Brasil, as variedades mais comuns são as cores verde, cinza e ferrugem. 

A principal vantagem da ardósia como revestimento para o telhado é a durabilidade. A pedra é resistente a impactos, ao fogo e ao vento. Aliás, esses tipos de telhado são muito vistos em regiões montanhosas, onde os imóveis ficam mais expostos a intempéries. A manutenção facilitada é outro ponto forte desse material.

Como desvantagem em relação aos demais tipos de telhado apresentados neste artigo, destaca-se o preço. A telha de ardósia costuma ser bem cara, principalmente porque sua instalação requer mão-de-obra bem preparada. Além disso, o peso é um fator a ser considerado, pois o telhado de ardósia requer que o imóvel tenha uma estrutura reforçada, algo que também impacta o custo da obra. 

Para saber mais sobre o telhado de ardósia, confira este vídeo do canal Carpintaria Guimarães:

7. Telhado Translúcido ou transparente

Os telhados translúcidos ou transparentes são ideais para quem quer clarear um ambiente onde a luz do sol não bate, como um corredor, a garagem ou a varanda. Essa também é uma alternativa interessante para economizar energia elétrica, já que o ambiente se beneficiará da iluminação natural por mais tempo.

Esse tipo de material é encontrado em formatos idênticos aos das telhas de cerâmica, por isso, podem ser aplicados no telhado todo ou só em partes específicas, substituindo algumas delas e criando um efeito bem diferente na decoração. As telhas translúcidas permitem a entrada de 70% da luz externa, enquanto as transparentes permitem 100%.

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

O peso, a durabilidade e o isolamento térmico deste tipo de cobertura depende do material utilizado. As telhas de policarbonato, por exemplo, são leves, proporcionam um bom isolamento e são bem resistentes a impactos. As telhas de polipropileno, por outro lado, são menos resistentes e podem trincar, causando infiltrações.

Também temos as telhas de PVC, que se destacam por serem mais baratas. Entretanto, o isolamento acústico não é dos melhores e elas tendem a esquentar bastante o ambiente. Por fim, as telhas de vidro apresentam boa resistência, mas tendem a reter muito calor, por isso, não são boas para coberturas muito grandes.

Este vídeo do canal Polysolution explica como é a instalação de um telhado translúcido:

E aí, quais tipos de telhas te interessam mais? Se você quer aprender mais sobre decoração e construção, o Blog da Arbo já tem um monte de conteúdos sobre o assunto. Você pode começar pelo nosso post com tudo que você precisa saber para decorar sua casa.

Postagens relacionadas

como-organizar-mudanca

Como organizar mudança: veja 5 dicas

Vai mudar e quer dicas sobre como organizar a mudança? Então, este texto é perfeito para você. Mudanças de casa quase sempre vem acompanhadas de imprevistos. Seja um móvel que não passou pela porta, as caixas que não foram suficientes para empacotar todos os itens ou o transporte que foi cancelado de última hora. São […]

tomada inteligente

Tomada inteligente: saiba o que é e como funciona

Quer levar todas as vantagens do mundo conectado para dentro de casa? Conheça os benefícios da tomada inteligente!  A automação residencial é uma das principais tendências tecnológicas para os próximos anos. A cada dia surgem novos dispositivos para facilitar o dia a dia, como a tomada inteligente. Esse e outros gadgets baseados no conceito de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *