16 de maio de 2022

Google Nest: conheça a caixa de som inteligente

google-nest

Você já ouviu falar do Google Nest? Essa caixa de som inteligente é uma tendência e promete estar em várias casas nos próximos anos 

Os assistentes de voz, como o Google Nest, são aparelhos para auxiliar nas tarefas domésticas de sua casa. Essa tecnologia surgiu abruptamente e já está em vários lares brasileiros. Os dispositivos ficaram populares no fim da última década e prometem ser um item obrigatório nos próximos anos. 

O aparelho faz parte da onda de itens para a automação da casa, que englobam lâmpadas, tomadas e até fechaduras de porta, todas inteligentes. Essas tecnologias irão revolucionar a automação das casas e trazer conforto e praticidade para as tarefas domésticas. 

google-nest

O que é o Google Nest

Basicamente, o Google Nest é uma caixa de som inteligente que compreende perguntas e afirmações. Ele tem o objetivo de fazer diversas atividades domésticas como lembrar de compromissos, tocar músicas e alarmes, falar sobre a previsão do tempo e a situação do trânsito, fazer lembretes, entre outras tarefas.

Hoje, no mercado, já existem várias marcas com esse tipo de produto. Os principais assistentes de voz são:

  • Alexa, da Amazon, por meio do Echo Dot; 
  • Google Assistente, da Google, por meio do Google Nest; 
  • Siri, da Apple, por meio do Apple Home Pod, a pioneira entre os assistentes pessoais comandados por voz. 

A expectativa é que, no futuro próximo, esses assistentes possam se conectar integralmente com a casa e serem verdadeiros administradores do lar, podendo controlar desde a temperatura do banho até o acesso de pessoas a sua casa. 

O assistente de voz do Google foi lançado pela primeira vez em português no ano de 2017, por meio dos smartphones com o sistema operacional Android. Suas funcionalidades incluíam encontrar respostas para questões momentâneas, falar a previsão do tempo, tocar músicas no Spotify e responder a uma série de perguntas projetadas especialmente para o app. 

Ao longo dos anos o assistente do Google teve algumas melhorias e, em novembro de 2019, com a popularização dos assistentes de voz por meio de caixas de som como a Alexa, o Google Nest surgiu no mercado. Inicialmente, o aparelho custava R$ 350, mas já pode ser encontrado por um valor de até R$ 100 mais barato no mercado. 

Veja agora uma comparação entre o Google Nest e o Echo Dot neste vídeo do canal do Matheus Kise.

O Google Nest pode ser adquirido nas cores cinza claro e carvão e possui uma tomada de 1,5 metro. Ele vem com um suporte que pode ser acoplado na parede de sua casa e, por ser relativamente pequeno, se torna despercebido na decoração. Assim, você pode ter o Google Nest em mais de um cômodo para executar tarefas. 

Entre as tarefas que esse aparelho pode executar estão: encontrar respostas para dúvidas frequentes, falar sobre a previsão do tempo e dar as notícias do dia. 

Ainda, você pode programar a caixa de som para tocar alarmes, lembretes, timers e até mesmo fazer chamadas. Uma das características mais práticas que ele oferece é a opção de configurar o aparelho de acordo com as necessidades do seu dia, assim sendo informado de compromissos e até mesmo ter uma agenda. 

Como o Google Nest funciona?

google-nest

O Google Nest, de forma geral, funciona por meio de comandos de voz dados pelo usuário. Assim como o Google Assistente, os comandos geralmente envolvem a frase “OK Google” em primeiro lugar, para só depois você falar o que quer perguntar, executar ou programar. 

Por meio do comando de voz você consegue controlar eletrodomésticos, iluminação, televisores, som, ar condicionado e até mesmo a segurança de sua casa. 

É importante ressaltar que, para o Google Nest conseguir ligar um ventilador comum, este deve estar conectado a uma tomada smart, que tem wi-fi e está conectada à caixa de som inteligente.

Assim, quando a ordem “Ok Google, ligar ventilador” for dada, o aparelho enviará um sinal à tomada inteligente e esta irá ligar o eletrodoméstico.  Essa lógica funciona para outros aparelhos, como ar condicionado e televisores que não são smart. 

Existem vários comandos de voz que podem ser utilizados para fazer o Google Nest cumprir as ações diárias. Por exemplo:

“Ok Google”: “Pausar a música”, “Próxima música”, “Aumentar volume”, “Me acorde às 7h da manhã”, “Definir um timer para 15 minutos”, “Ouvir boas notícias”,  “O que tem na minha lista de compras?”, “Como está o tempo lá fora?”, “Como está o trânsito até o trabalho?”, “Quais filmes estão em cartaz nesta semana?” etc. 

Para utilizar o Google Nest em sua casa, você deve fazer o download do aplicativo Google Home, disponível na Play Store e na Apple App Store. Nele, você irá configurar seu aparelho e conectar com os demais objetos eletrônicos de sua casa. Você também pode configurar apps como o Spotify, o YouTube e a Netflix para serem executados pelo Google Nest apenas utilizando o comando de voz. 

Configurando rotinas 

O Google Nest permite que você crie rotinas por meio de uma configuração mais avançada, ou seja, você não precisa ficar dizendo toda vez para que ele execute uma tarefa se esta for diária ou semanal, por exemplo. 

Assim, se você executar um comando “Ok Google, boa noite”,  e configurar o aparelho da maneira que você queira, ele pode fazer várias ações a partir de apenas este comando como desligar a tv, apagar as luzes e ligar um som específico para dormir. 

Ainda, outro exemplo é na hora de acordar, executando o comando “Ok Google, bom dia”. Você pode configurar seu assistente de voz inteligente para tocar uma música animada, aumentar o volume, falar sobre a previsão do tempo e até mesmo informar notícias ou comentar a situação do trânsito até o trabalho. 

Sustentabilidade

O Google Nest é produzido de forma sustentável, através da reciclagem de plástico e materiais parecidos. O tecido da parte superior do aparelho é feito 100% de garrafas plásticas recicladas e o fundo é feito com 35% de plástico reciclado pós-consumo. 

Essa decisão do Google de recorrer a materiais reciclados para fabricar o Google Nest vai de encontro ao movimento global para frear o aquecimento global e para otimizar a reciclagem de resíduos. Aliás, o alinhamento de tecnologia, inovação e sustentabilidade é o que mais gera resultados positivos para o planeta. 

assistente-de-voz

Como você pode planejar uma casa inteligente? 

Para começar a planejar uma casa inteligente você precisa ter em mente que o roteador deve ser de qualidade, pois é ele que vai distribuir o sinal de internet pela casa. Assim, para que seu assistente de voz funcione com todo seu potencial, precisa de uma boa internet e que ela seja distribuída com eficiência. 

A expectativa é de que, quando 5G estiver presente em nossas casas, a velocidade da internet se torne muito rápida, otimizando os processos. 

O ideal é que o roteador fique posicionado em um ponto central da residência para que essa distribuição seja igualitária. Porém, casas maiores podem precisar de repetidores em alguns cômodos para manter a força do sinal. A complexidade da rede doméstica vai depender de quantos aparelhos você quer para automatizar sua casa. 

Depois, você deve escolher um assistente de voz de sua preferência. No começo do artigo citamos produtos como a Alexa, a Siri e o foco central deste texto, o Google Nest. A partir daí você deve configurá-los e planejar quais eletrodomésticos você quer controlar por meio da caixa de som inteligente.

Assim, você permite que os comandos de voz sejam transmitidos pelo wi-fi, passando por roteadores e hubs que irão acionar recursos eletrônicos em qualquer lugar da casa. 

Entretanto, você não precisa automatizar a casa inteira ao mesmo tempo. Se você estiver com o orçamento apertado, pode optar por ir transformando sua casa em um lugar inteligente aos poucos. Quando estiver muito bem conectada, você irá notar a diferença!

A previsão é que, nesta década, com a evolução da tecnologia dos assistentes de voz e também daquilo que permite a rapidez da conectividade como o 5G, as casas inteligentes fiquem cada vez mais populares no mundo e também no Brasil. 

Acredita-se que os eletrodomésticos serão inteligentes, fazendo com que a casa em si administre o lar e que haja uma conexão entre energia, água, objetos e segurança. 

O que achou do conteúdo?

Agora que você já sabe como tornar sua casa inteligente, por meio de assistente de voz como o Google Nest, deixe nos comentários: o que você tornaria inteligente na sua casa em primeiro lugar?

No Blog da Arbo você encontra diversos outros conteúdos sobre casa e tecnologia, como por exemplo: Casa do futuro: 5 tecnologias que você precisa conhecer ou, ainda, Saiba como começar a montar sua casa inteligente. Você também pode pode acessar desde tendências de decoração até formas de se planejar para uma mudança em nosso Blog.

Caso você tenha dúvidas relacionadas ao processo de locação e compra de imóveis, você pode acessar na nossa Central de Ajuda. Lá você encontra respostas para essas e outras questões.

Você também pode entrar no Portal da Arbo se estiver interessado em encontrar o imóvel dos seus sonhos. A plataforma utiliza pesquisas por filtros e mapas que podem te ajudar na busca do imóvel ideal para você. 

Postagens relacionadas

imóvel tombado

Imóvel tombado: o que você precisa saber

Reunimos em um só lugar as dúvidas mais frequentes sobre imóveis tombados. Saiba o que são, como é o processo de tombamento, as regras para inquilinos e muito mais.  Em geral, imóveis tombados são prédios, sobrados e casas mais antigas, com ótima localização, arquitetura bonita e muita história para contar. Se você está em busca […]

arquitetura brasil

Retrofit: conheça a mais nova tendência da arquitetura

A tendência retrofit é essencial para revitalizar edifícios históricos de forma sustentável e responsável. Saiba mais sobre o tema neste artigo do Blog da Arbo Você já ouviu falar em retrofit? Essa é a maior tendência de arquitetura dos últimos tempos, uma vez que consiste em um nicho que tem mostrado cada vez mais potencial. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *