27 de janeiro de 2022

Manutenção de TV: descubra o que fazer

manutenção-tv

Saiba o que você deve fazer para realizar a manutenção de TV em sua casa 

O aparelho de televisão ganhou importância nas casas brasileiras a partir de meados dos anos 70. Desde lá, é difícil pensarmos em um lar que não tenha pelo menos um aparelho de TV na sala ou em um dos quartos. E, como todos os outros aparelhos eletrônicos, a televisão pode dar alguns problemas conforme o tempo de uso. Para evitar que esses problemas cheguem cedo, é necessário realizar a manutenção de TV. 

Assim como já explicamos em alguns outros artigos sobre o assunto disponíveis no Blog da Arbo, o melhor caminho para aumentar a vida útil de um aparelho é a manutenção preventiva. Todo fabricante recomenda um conjunto de medidas ou ações que visam preservar os aparelhos eletrônicos e aumentar o período de bom funcionamento dos mesmos. 

Neste texto especificamente, vamos falar sobre manutenção de TV. Quais são as medidas que você pode adotar em seu dia a dia para que esse aparelho eletrônico tão presente em nosso dia a dia funcione perfeitamente? Continue lendo esse texto e descubra. 

Aparelho de TV: qual é a origem? 

manutenção-tv

Para começarmos esse texto sobre aparelhos de TV, pode ser interessante a gente saber um pouco mais sobre a história esse tipo de equipamento. O primeiro aparelho de televisão foi criado em 1922 pelo norte americano Philo Farnsworth. 

No Brasil, a primeira transmissão televisiva deu-se em 28 de setembro de 1948, na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. O responsável pela transmissão foi o técnico em eletrônica Olavo Bastos Freire. No dia, Olavo transmitiu algumas imagens de uma grande avenida da cidade. 

A tecnologia completa foi trazida para o Brasil por Assis Chateaubriand, que a inaugurou em 18 de Setembro de 1950, quase dois anos depois da experiência pioneira de Olavo Bastos Freire. Naquela data, Chateaubriand fundou o primeiro canal televisivo no país, a TV Tupi

É em meados da década de 70 que a televisão finalmente começa a se popularizar no país, ganhando de vez os lares brasileiros. A partir daí, muitas evoluções ocorreram com os aparelhos de televisão, que ganharam lugar cativo nos lares brasileiros. 

E, por falar em evolução, vamos te mostrar a seguir quais são os tipos de aparelhos que estão disponíveis no mercado nos dias de hoje. 

Aparelho de TV: quais são os principais tipos? 

manutenção-tv

Justamente por ser tão antigo, o aparelho de TV passou por muitas transformações com o passar das décadas. Abaixo, confira quais são os modelos mais fáceis de se encontrar nos dias de hoje e descubra qual é o ideal para o seu lar.

TV de plasma

São consideradas pioneiras no mercado, pois foram as primeiras de tela plana que se popularizaram. Desde a sua criação até os dias de a TV de plasma tem ótima nitidez na imagem, resolução de cores e contraste por um preço acessível para a maioria das pessoas. 

A única desvantagem da tv de plasma é que, por conta do formato da tela, é sensível à luz. Portanto, não é recomendada para ambientes que tenham muitas fontes de luz. O ideal é instalar TV de plasma em locais nos quais se possa controlar a entrada das luzes. No geral, a maioria das salas de casas ou apartamentos cumprem bem esse requisito. 

TV de LCD

As TVs que possuem tela de LCD são outro tipo que fazem muito sucesso no mercado. Elas projetam a imagem em cristal líquido e a iluminam por trás, com lâmpadas fluorescentes. Ao contrário das TVs de plasma, esse tipo de aparelho não é sensível à luz. Ou seja, podem ser instaladas em ambientes claros e com muitas fontes de entrada de luz natural que a sua imagem não será prejudicada. 

Essa é uma grande vantagem. E um dos principais motivos para esse modelo ser escolhido em escritórios, clínicas e estabelecimentos comerciais, por exemplo. Já que esses ambientes geralmente são amplos e repletos de luz. 

Já para a maioria das residências, as TV de LCD não são tão recomendadas. Isso porque um de seus contras é o fato do vidro gerar reflexo em sua imagem, limitando o ângulo de visão. 

TV de LED

As TV de LED funcionam quase exatamente como as de LCD. Possuem apenas uma diferença: a iluminação é feita com LED. Por conta dessa característica, costumam ser mais leves e econômicas. 

Esse é o tipo de TV ideal para ambientes abertos e que tenham um grande fluxo de pessoas. Ou seja, restaurantes e salões de festas, por exemplo. Já que, além de todas as características que descrevemos acima, também possuem excelente nitidez na imagem e no som. 

A única desvantagem da TV de LED está no preço, que costuma estar um pouco acima do de os outros modelos disponíveis no mercado. 

TV de OLED 

As TVs OLED são as mais modernas disponíveis no mercado. Tanto que, por conta do preço, ainda não são muito populares no Brasil. Elas funcionam como uma espécie de evolução do LED, mas não necessitam de iluminação extra. Essa característica possibilita designs curvos e ultrafinos para os aparelhos. 

O OLED, por enquanto, é a evolução tecnológica máxima quando o assunto é televisão. É ideal para todos os ambientes. Desde os residenciais até os comerciais. 

Manutenção de TV: como aumentar a vida útil do aparelho? 

manutenção-tv

O aparelho de TV, no geral, pode durar muitos anos sem apresentar nenhum problema. Mas, é claro que essa expectativa de vida pode ser aumentada se você cuidar de alguns detalhes que são importantes. Confira abaixo uma pequena lista que preparamos para você. 

Posicione o aparelho em local adequado

O ponto em que você vai posicionar o seu aparelho de televisão pode fazer toda a diferença para ele durar muitos anos. O ideal é que seja um local arejado, que não deixe a TV esquentar com muita facilidade. Isso porque o aumento de temperatura é um dos grandes responsáveis por “gastar” as peças internas do aparelho, não importa o seu modelo. Por isso, não se esqueça de cuidar para que a sua televisão não fique diretamente exposta ao sol, principalmente do meio dia. Essa exposição pode prejudicar o seu funcionamento correto. 

Caso o seu aparelho apresente um aumento de temperatura grande logo ao ligar, pode significar que algo está errado. Fique atento. 

Preste atenção na imagem 

Quanto mais velho o aparelho de TV fica, mais é possível perceber algumas falhas na imagem. Algumas características que podem indicar que algo está errado são:  linhas atravessando a tela, saturação, imagem pixelizada ou problemas com a iluminação. 

Como prevenção para esse problema, você pode pensar em se atentar às configurações indicadas para cada tipo de ambiente. Isso ajuda a manter a tela sempre funcionando da maneira adequada, sem forçar a sua iluminação interna. 

Tente calibrar a TV para usos mais do dia a dia. E exija o máximo da sua configuração apenas quando for realmente necessário. 

Manutenção de TV: o som é essencial 

Televisão, claro, é a combinação entre imagem e som. Mas, apesar disso, muitas pessoas deixam de lado os cuidados para manter que as caixas internas da televisão estejam sempre em dia e funcionando da maneira adequada. 

Alguns dos problemas mais comuns que os aparelhos podem apresentar quando o assunto são os sons são: ruídos, chiados ou volume (muito baixo ou muito alto) e abafamento.

Para evitar que isso aconteça, evite deixar a televisão o tempo inteiro com o volume máximo. Isso pode acarretar em problemas no auto-falante com o passar dos anos. 

Mantenha os cabos em bom estado

Como todo aparelho eletrônico, os aparelhos de TV dependem de cabos para funcionar de maneira correta. Fique atento ao estado deles. Caso apresentem algum sinal de queimado, risco ou furo, não pense duas vezes: troquei-os por novos. Isso, além de garantir uma boa manutenção de TV, também vai deixar o seu lar protegido de outros problemas elétricos mais sérios. 

Gostou desse conteúdo sobre manutenção de tv?

Agora que você já sabe tudo sobre manutenção de TV, chegou o momento de nos contar sua opinião sobre as informações apresentadas. As dicas te ajudaram? Você planeja começar a fazer a manutenção preventiva da sua TV?

Deixe suas impressões na caixa de comentários abaixo e, em caso de dúvidas, não hesite em nos perguntar.

Quer conferir artigos semelhantes? Então continue a navegar pelo Blog da Arbo.

Conheça, também, a Central de Ajuda da Arbo, que pode te auxiliar em diversas questões do dia a dia. Lá você encontra, por exemplo, informações sobre os melhores provedores de internet das principais cidades do Brasil e o passo a passo para emitir a segunda via de fatura de energia elétrica, de água e até mesmo do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Por fim, visite o Portal da Arbo, que reúne milhares de imóveis em mais de 300 cidades do Brasil. Utilize nossos filtros de busca para encontrar a casa ou o apartamento ideal e conheça seu próximo lar.

Postagens relacionadas

tipos de piso

7 tipos de piso que você precisa conhecer

Escolher tipos de piso para um apartamento pode ser uma tarefa bastante complexa mesmo para arquitetos e designers de interiores.  A variedade quase infinita de tipos de piso, acabamentos, cores e formatos pode dificultar qual material escolher, então é importante que a decisão do profissional esteja pautada em critérios que vão além da estética e […]

urban-jungle

Urban jungle: saiba como inserir plantas na decoração

Já imaginou sua casa decorada com muitas e muitas plantas? Pois é , se você quer trazer o contato com a natureza para dentro de sua casa, a tendência do Urban Jungle é para você. Com o crescimento de grandes centros urbanos como São Paulo, houve um crescimento acelerado de imóveis residenciais. A desconexão com […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *