18 de outubro de 2021

Tipos de material de construção: 5 itens essenciais

material de construção

Vai construir ou reformar sua casa ou apartamento? Saiba mais sobre o material de construção que vai fazer parte da sua obra! 

O material de construção pode ser dividido quanto a sua função, por exemplo: existem os que são responsáveis pela vedação, ou seja, fechar ambientes – como tijolos, portas e janelas. A qualidade e a durabilidade desses itens serão responsáveis por oferecer segurança e conforto para o seu espaço.

Com tantas informações sobre esse tema, você não sabe qual material de construção usar? Fique tranquilo (a)! Pois essa é uma situação muito comum, e estamos aqui para te ajudar. Vamos lá? 

  1. Tijolos
  2. Cimento
  3. Tintas
  4. Piso
  5. Telhas

1. Tijolos

Esse é um dos principais na lista sobre material de construção. A maioria das obras são montadas com ele. Quando compramos tijolos para uma obra, usamos a unidade ‘milheiro’. A quantidade de milheiros utilizados pode ser calculada de forma simples através de programas de elaboração de projetos 3D. 

Existem muitos tipos de tijolos, entre eles: o Tijolo Cerâmico; o Tijolo Laminado; e o Tijolo de Concreto. O primeiro deles é feito basicamente a partir da queima da argila, e pode ter uma cor clara (quando cozido) ou mais escura (em casos de recozimento). A maioria dos tipos cerâmicos são de vedação. Ou seja: eles oferecem apenas privacidade entre um ambiente e outro, mas não dão a sustentação. Por isso, é possível derrubar paredes internas de tijolo cerâmico sem comprometer a estrutura da casa.

Já o tijolo laminado, também conhecido como tijolo 21 furos, é indicado para a criação de churrasqueiras. O recomendado é que se use o tijolo na horizontal, deixando a parte lisa aparente. Como oferece um visual rústico, o tijolo laminado também fica ótimo em cozinhas, salas ou varandas. 

Os tijolos de concreto são fabricados a partir de uma mistura de cimento, areia, agregado, aditivos e água. Eles são mais resistentes que os tijolos cerâmicos, e por isso são usados em obras de maior porte, como prédios com vários andares. Os blocos de concreto, assim como os tijolos cerâmicos, podem ser usados apenas como vedação.

Nossa, são muitas as opções, não é? E olha que aqui foram só alguns dos modelos mais comuns e mais clássicos de tijolos! Mas calma, que ainda temos mais detalhes para te passar.

2. Cimento

Ele é basicamente um pó fino com substâncias calcárias e argilosas que quando misturado na água forma uma pasta, endurecendo à medida que seca. Serve para compor a argamassa e concreto. Geralmente é usado para compor paredes, assentando os tijolos e na elaboração de contrapisos.

Mas se você pensa que “cimento é tudo igual”, precisamos dizer que está enganado! Existem alguns tipos específicos de cimentos, onde a fórmula é completamente diferente de acordo com a finalidade de cada produto.

De acordo com a Associação Brasileira de Cimento Portland, existem oito tipos de cimento disponíveis no Brasil. Cada um deles é regido por uma norma da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Elas são responsáveis por fixar as condições exigidas da fabricação e entrega dos tipos de cimentos.

Se você já colocou o cimento na sua lista de material de construção, descubra agora quais são alguns dos principais tipos e suas aplicações:

Cimento Portland Comum CP I e CP I-S (NBR 5732)

O Cimento Portland Comum CP I recebe até 5% de adições, além do gesso, que tem como objetivo atrasar o início de pega do cimento para possibilitar mais tempo na aplicação. É utilizado em serviços de construção em geral, quando não são exigidas propriedades especiais.

Já o Cimento Comum CP I-S é composto de até 10% de material carbonático em massa e é utilizado nas mesmas condições do CP I. O cimento comum tem alto custo e menos resistência. Sua principal vantagem é a versatilidade.

Cimento Portland CP II (NBR 11578)

Esse é o mais fácil de ser encontrado, já que corresponde a quase 70% do cimento produzido no Brasil. Ele é conhecido por esse nome porque tem a adição de outros materiais em sua mistura, tornando-se um cimento com menor calor de hidratação, ou seja: ele libera menos calor quando em contato com a água. 

Sua aplicação ocorre em construções de forma geral, estruturas que exigem um desprendimento de calor moderadamente lento, e construções que podem ser “atacadas” por sulfatos.

Cimento Portland CP IV (com pozolana – NBR 5736)

Entre os tipos de cimento Portland o CP IV é constituído de 15% a 50% de material pozolânico. A pozolana é um dos componentes do cimento utilizados na preparação de argamassas pozolânicas, misturada com água e cal hidratada. O elemento tem alta permeabilidade, estabilidade e durabilidade.

Sua aplicação ocorre geralmente em obras expostas à ação da água, obras de grande porte e elementos pré-moldados.

3. Tintas

Quem não pinta a casa quando a reforma, não é mesmo? Você já deve até ter pintado suas paredes sem necessariamente reformar a casa inteira, só para renovar ou deixar o ambiente mais agradável, certo? 

Além da estética nova que a tinta promove, elas são importantes para proteger o reboco, parar as infiltrações e facilitar a limpeza das paredes. Existem tipos de tinta recomendadas apenas para paredes internas, outras para ambientes com mais umidade e até aquelas que não têm cheiro, ideal para reformas rápidas. Algumas opções são: a Tinta Acrílica e a Tinta Látex PVA.

Quer conhecer um pouco mais de cada uma delas? Vamos lá!

Tinta Acrílica

A Tinta Acrílica também tem secagem rápida e é solúvel em água. A diferença é que, por conta das resinas acrílicas, esse tipo de tinta é impermeável, e é recomendada para ambientes externos e úmidos, como o banheiro.

Outra vantagem é que esse é um dos tipos de tinta que tem melhor cobertura, o que acelera a finalização da pintura. Devido a sua composição, o cheiro é mais forte do que a tinta Látex PVA.

Látex PVA

A Látex PVA  é solúvel na água e não tem cheiro forte. De fácil aplicação, a tinta Látex PVA tem uma secagem rápida. é importante dizer que esse material de construção não é resistente à chuva ou ao sol, e por isso é indicada para paredes internas e tetos.

A limpeza da superfície com Látex PVA precisa ser feita com cuidado, pois um esfregão mais forte pode retirar a tinta. O recomendado é usar um pano úmido. Já sobre o acabamento, como a resina usada não permite a variação de brilho, ele costuma ser fosco.

4. Piso

Não preciso nem dizer o motivo do piso ser tão importante, né? Afinal, é o lugar por onde andamos. Você pode precisar de diversos tipos de pisos em sua casa, mesmo ela não sendo muito grande, afinal, os pisos deixam os ambientes mais aconchegantes e elegantes.

O piso pode ser um material de construção funcional ou apenas para fins decorativos. Alguns exemplos de pisos são: Piso de Taco, Carpete, Carpete de Madeira, Pisos de Porcelana, Porcelanato, Azulejos Hidráulicos, Cimento queimado, Madeira, Laminados. 

5. Telhas

Servem para a cobertura de casas, protegendo a estrutura e todos objetos dentro da casa. Dependendo da região que você está, pode ser importante ter um pequeno estoque de reposição para casos de destelhamento ou até quebras que podem acontecer durante alguma manutenção.

No mercado existem telhas com uma quantidade muito grande de materiais e finalidades. Todas elas possuem características próprias de absorção de água, tratamentos anti-fúngicos, peso por metro quadrado, inclinação mínima e máxima, cores. Entre as opções tem a: Telha de Cerâmica, de Ardósia, de Madeira, Chapas de Aço, e as telhas de concreto.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre os principais tipos de material de construção? Agora é hora de colocar a mão na massa e montar a sua lista! Aproveite para se cadastrar em nossa newsletter gratuita para receber nossos conteúdos exclusivos com dicas para cuidar bem do seu lar! É só preencher o formulário abaixo!

Postagens relacionadas

lei do silêncio como funciona

Lei do Silêncio: o que é e como funciona?

Se você tem um vizinho barulhento, precisa conhecer a Lei do Silêncio e as punições que os indivíduos que incomodam os demais podem sofrer  Você já teve ou tem um vizinho barulhento? A urbanização trouxe muitas vantagens e avanços, mas, também, alguns problemas sérios, como vizinhos que fazem barulho e incomodam. Por isso, já existem […]

Saiba como calcular o valor do aluguel ideal

Em muitos casos, a locação de um imóvel se apresenta como a melhor opção. Assim, é importante que você saiba como calcular o valor do aluguel ideal para sua realidade Morar em um bom imóvel é o sonho de muitos brasileiros. Para isso, é necessário avaliar diversas questões, como: a localização da casa ou do […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *