19 de setembro de 2021

Mudança compartilhada: o que é e como funciona?

mudança compartilhada

Você sabe o que é mudança compartilhada? O sistema tem ajudado muitas pessoas economizarem nessa hora. Confira nesse texto tudo sobre o assunto. 

Mudanças são, com certeza, uma tarefa trabalhosa. Além de todas as atividades que envolvem o processo, também é preciso contar as despesas que permeiam toda essa fase. Contudo, ao contrário do que muita gente pensa, é possível sim passar pela mudança com mais tranquilidade. E uma das formas é por meio da mudança compartilhada. 

Quer saber mais sobre esse assunto? Confira nesse artigo se essa modalidade é compatível com suas necessidades. 

Mudança compartilhada: o que é? 

mudança compartilhada

Essa modalidade consiste em duas ou mais pessoas dividirem o mesmo carro para realizarem suas mudanças residenciais. Em geral, as empresas que oferecem essa opção ficam responsáveis por fazer toda a logística do processo. 

Os responsáveis por essa parte mais estratégica das empresas juntam duas (ou mais) mudanças que partem de lugares próximos e têm destinos mais ou menos parecidos. Podemos citar: mesmas cidades, bairros ou regiões. 

Em geral, esse sistema é usado por pessoas que não tem pressa em realizar suas mudanças, que possuem poucos itens e que estão em busca, principalmente, de economia. Isso porque, como em quase todos os serviços de compartilhamento, a mudança compartilhada é bem mais econômica do que a exclusiva. 

Mudança compartilhada: como funciona?  

Em geral, todo o processo da mudança compartilhada ocorre da mesma forma que o tradicional. Os passos mais comuns são: 

1 – A empresa vai te pedir alguns dados. Em geral, trata-se da metragem, da quantidade de objetos a serem transportados e da distância entre as duas residências. Com essas informações, o responsável conseguirá montar um orçamento inicial de quanto sairá o serviço de transporte. 

2 – Caso você aceite o valor, pode solicitar que a empresa realize uma vistoria mais detalhada do seu imóvel e dos objetos da sua casa. 

3 – Assim, é chegada a hora de marcar a desmontagem dos móveis e o empacotamento dos objetos. Provavelmente, a depender do porte da empresa que você contratou, uma equipe irá até sua casa organizar tudo. 

4 – Após essa etapa, a equipe voltará apenas no dia marcado para a mudança para realizar o carregamento e o descarregamento dos itens. 

Além disso, é essencial que você não se esqueça de fazer o inventário da sua mudança. Esse processo irá garantir que você não perca nenhum item, principalmente se a mudança for compartilhada. 

A diferença dessa modalidade está justamente na hora do transporte. Por terem mais pessoas realizando a mudança no mesmo veículo, é necessário ter um pouco mais de paciência.

Dependendo de qual for a ordem de entrega, pode ser que a sua não seja a primeira. Por isso, ressaltamos: essa é a modalidade ideal para quem não tem muita pressa para finalizar o processo de mudança. 

Empresa de mudança: saiba como escolher a ideal 

mudança compartilhada

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a mudança compartilhada, que tal algumas dicas para você escolher a empresa de mudança ideal? Confira abaixo. 

Pesquisa com calma o histórico da empresa

A primeira dica que temos para você é confiar em indicações para contratar a empresa certa. Afinal, quem melhor pode falar sobre os serviços do que quem já os utilizou? 

Por isso, faça bastante pesquisas, converse com amigos e familiares e busque referências de pessoas que você confia para fazer o primeiro contato com as empresas. 

Busque mais de uma opção

Como as empresas apresentam serviços variados, é normal ter uma variação muito grande de preço. Por isso, não deixe de fazer pelo menos alguns orçamentos para comparar tanto preços quanto serviços e escolher o que mais se adequa à sua realidade. 

Verifique a situação legal da empresa 

No mercado de mudanças há muitos profissionais que trabalham de maneira informal. Entretanto, apesar de essas empresas informais cobrarem preços menores para os seus serviços, contratá-las envolve muitos riscos. 

Inclusive com os seus pertences, que não terão nenhum tipo de garantia caso ocorra algum acidente. Por isso, antes de assinar o contrato, não se esqueça de verificar a situação legal da empresa escolhida. 

Confira os veículos usados para mudanças 

É essencial que você verifique as condições do veículo que vai realizar o trajeto com seus pertences. Pergunte se a empresa tem uma frota completa para que, caso ocorra algum imprevisto, sua mudança não seja prejudicada. 

Exija a assinatura de um contrato 

O contrato é um passo essencial para dar a você a segurança dos serviços que serão prestados pela empresa. Então, apesar de muitas pessoas pularem essa fase, é importante que você insista com a empresa escolhida. 

No contrato, além dos serviços e do valor cobrado, pode haver uma lista com todos os seus pertences que a empresa está transportando. Essa lista funciona como uma espécie de inventário para que, caso algo se perca no caminho, você possa reivindicar reembolso imediato. 

Passo a passo para realizar uma mudança residencial

mudança compartilhada

Para finalizar, vamos a um passo a passo simples sobre como fazer mudança residencial sem maiores dores de cabeça. 

Planeje tudo com antecedência

Quando o assunto é mudança, a pressa pode ser um fator extremamente prejudicial. Assim, o indicado é que o morador planeje tudo com o máximo de antecedência possível. 

Mais uma vez é necessário anotar todos os detalhes do processo, como: a data e o horário da mudança, os objetos que serão levados e os objetos que serão doados, por exemplo, entre outros.

Programe-se de acordo com a necessidade

Uma mudança residencial pode durar mais do que apenas um dia. Por isso, é importante que, nesse aspecto, o morador entre em contato com a empresa de transporte contratada e estabeleça uma previsão de quantos dias serão necessários.

Confira as regras do condomínio

Se você está de mudança para um apartamento, é necessário, durante o planejamento, checar todas as regras do condomínio com relação ao processo. 

Isso significa que é preciso verificar quais são os dias e os horários disponíveis para a mudança. Após analisar todas as questões, é necessário entrar em contato com a empresa que irá realizar o transporte dos itens para comunicar as informações obtidas.

Acompanhe de perto o trabalho dos profissionais

Mesmo que você tenha contratado uma empresa especializada em mudança compartilhada, não dê brechas para a ocorrência de erros e de problemas. Para isso, acompanhe de perto todo o processo, que vai desde a desmontagem dos móveis até o transporte para o imóvel novo. 

Assim que seus pertences chegarem ao imóvel novo, é hora de dar início ao processo de organização. Mais uma vez, a dica é não ter pressa, já que essa é uma oportunidade para mudar completamente a decoração da casa ou do apartamento.

E aí, o que achou do nosso texto sobre mudança compartilhada?

Caso tenha gostado desse material, compartilhe com os seus conhecidos que também vão fazer uma mudança de casa em breve. 

E se você quiser saber mais sobre a Arbo Imóveis, visite nosso site e encontre os melhores empreendimentos. Lá você encontra informações sobre todos os serviços oferecidos pela Arbo.

Você também pode acessar outros artigos sobre mudança de casa no Blog da Arbo. Mudança de casa: conheça os 5 erros mais comuns, Quais são as diferenças entre carreto e mudança? ou Tudo o que você precisa saber antes de realizar a mudança de casa ou de apartamento.

Para dúvidas do dia a dia, a nossa Central de Ajuda pode te ajudar nesse momento. Visite também o Portal da Arbo para encontrar o imóvel ideal para você e para a sua família.

Postagens relacionadas

como-comprar-o-primeiro-apartamento

Como comprar o primeiro apartamento: confira dicas

Comprar o primeiro apartamento é, com certeza, uma das melhores sensações da vida. Confira as detalhes. O primeiro apartamento é uma grande conquista para qualquer pessoa. Além de ser um bem material de grande valor, comprar um imóvel representa o resultado de uma trajetória de muito trabalho e dedicação. Por isso neste artigo você vai […]

sala decorada com sofá preto fosco

Preto fosco: aplique a tendência em seu imóvel

Uma das principais tendências de decoração de 2021 é o preto fosco. A cor pode ser inserida em vários cômodos e itens de seu imóvel e, nesse texto, você irá conferir dicas para não errar na aplicação Atemporal, chique e fino. Esse é o preto, um dos tons mais clássicos da decoração. Nada básico, ele […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *