16 de maio de 2022

Vai mudar de cidade? Confira como não errar na mudança

Mudar de cidade é um desafio. Isso porque, além da mudança imóvel, é necessário enfrentar uma nova rotina em um novo local. Para que o processo seja mais simples, veja algumas dicas

Se você vai se mudar de cidade, precisa saber que esse não é um processo fácil. Isso porque você estará inserido em uma nova rotina em um lugar, muitas vezes, desconhecido. Desse modo, a mudança deve ser algo bem planejado e organizado, especialmente com o objetivo de evitar erros e problemas nessa nova etapa.

De fato, uma mudança de cidade – e até mesmo de estado – altera todo o contexto da vida de uma pessoa e, por isso, é preciso estar preparado para diversos desafios. Contudo, esse processo pode ser facilitado desde que seja devidamente dividido em fases.

Separar a mudança de cidade por etapas pode ajudar o morador a organizar melhor o processo, já que consegue elencar tarefas específicas para cada uma. Nesse sentido, os primeiros passos devem envolver uma boa análise financeira, além da verificação de escolha do município e do imóvel. 

Para que mudar de cidade não seja tão complexo, o Blog da Arbo elencou alguns passos importantes, que devem ser seguidos antes do transporte de seus objetos pessoais até o novo destino.

Como se organizar para mudar de cidade?

A organização é um componente essencial para pessoas que desejam ou que vão mudar de cidade. Isso porque um bom planejamento pode evitar inúmeros problemas futuros, especialmente relacionados às situações financeiras, ao transporte dos objetos pessoais e, também, ao imóvel.

No entanto, antes de empacotar seus pertences e partir para uma nova jornada, você precisa analisar algumas questões referentes à sua escolha.

Qual é a sua situação financeira?

Qualquer mudança exige uma boa análise da situação financeira. Isso porque, com a nova rotina, imprevistos podem surgir e o morador, na maioria das vezes, se vê diante de problemas que não imaginava ter de enfrentar.

Para isso, o ideal é, primeiramente, verificar sua situação financeira de maneira geral. Nessa etapa, anote todos os seus gastos atuais, bem como os valores que recebe durante o mês, como salários e mesadas, por exemplo.

Depois, é chegado o momento de saber um pouco mais sobre o custo de vida em sua futura cidade. Verifique quais são os custos médios com moradia, com transporte e com alimentação. Desse modo, faça uma comparação com seus gastos atuais e veja se a situação é semelhante.

Caso o perfil seja similar, é possível que você não tenha maiores problemas com as despesas mensais. Entretanto, não se esqueça de que uma nova rotina traz novos desafios e, com eles, imprevistos.

Diante desse cenário, o ideal é possuir, além de um excelente controle financeiro, uma espécie de reserva de emergência. A dica é, portanto, que você comece a economizar mesmo antes de se mudar de cidade.

Por último, você precisa avaliar quais serão os custos do processo de mudança propriamente dito. Nesse passo você deve avaliar os gastos com o transporte, com a montagem dos móveis e com outras etapas envolvidas.

Não deixe de visitar a cidade

Um erro bastante comum é mudar de cidade sem antes visitá-la. Isso ocorre, principalmente, com estudantes universitários que se mudam para longe para cursar a graduação. Nesses casos, é comum que o aluno consiga uma vaga em um município distante e resolva arriscar mesmo sem conhecer o local.

A atitude é um tanto arriscada, já que, ao visitar a cidade, o estudante pode se deparar com um ambiente totalmente diferente do que havia imaginado, o que pode, em muitos casos, causar frustração.

É claro que a realização de pesquisas on-line pode ajudar durante o processo de se mudar de cidade, mas nada se compara a uma visita presencial. Com isso, você pode, por exemplo, verificar se os bairros listados na internet como os melhores são realmente bons para a sua moradia.

Além disso, é possível conhecer a infraestrutura do local e avaliar se suas necessidades diárias serão atendidas. 

Planeje todo o processo com antecedência

O sucesso de uma mudança depende, principalmente, de um bom planejamento, que deve ser realizado com antecedência. 

No caso de pessoas que moram sozinhas, o indicado é que os planos sejam elaborados com, no mínimo, dois meses de antecedência. Já famílias maiores – e, portanto, com mudanças mais complexas – precisam começar o planejamento, no mínimo, três meses antes de mudar de cidade.

Nesse tópico, é importante seguir um passo a passo, que irá te guiar e te auxiliar durante a organização da mudança de cidade.

Passo a passo para não errar na mudança de cidade

Agora que você já sabe que precisa se organizar financeiramente, visitar a cidade e se planejar com antecedência, chegou o momento de, efetivamente, iniciar o processo de mudança de município. Para que erros e imprevistos sejam evitados, é essencial que o morador conheça algumas dicas.

As anotações podem te salvar

O primeiro passo para planejar sua mudança é anotar todas as informações relevantes. Seja no celular ou com os tradicionais lápis e papel, o importante é descrever cada etapa do processo, bem como as tarefas que serão necessárias em cada um.

Desse modo, você pode, primeiramente, começar pela divisão de etapas, como: a escolha do novo imóvel, os pertences que devem ser transportados, a empresa que será contratada, entre outras.

mudar-de-cidade

Posteriormente, liste as atividades de cada uma das fases. Na escolha do imóvel, por exemplo, é preciso pesquisar sobre a casa ou o apartamento, verificar a localização, entrar em contato com a imobiliária e muitos outros. 

Nessas etapas, é importante criar uma espécie de checklist, para que se tenha controle das tarefas que já foram concluídas, das que estão em andamento e daquelas que ainda precisam ser realizadas.

Uma dica importante quanto às anotações é elaborar um inventário de todos os itens que devem ser transportados de um imóvel para outro. Assim você terá controle de tudo que precisa chegar em perfeito estado em sua nova cidade.

Quantos dias serão necessários?

Ao contrário do que muitos pensam, uma mudança pode durar mais do que apenas um dia. Isso depende, na verdade, da quantidade de itens que serão transportados de um imóvel para outro.

No caso de mudar de cidade, o indicado é que o processo dure um dia. Nesses casos, então, o morador deve contar com mais veículos para realizar o transporte de seus pertences. Se você deseja contratar uma empresa especializada, converse com o responsável sobre suas necessidades.

Você, em conjunto com a empresa, irá definir a organização da mudança. Lembre-se de que, ao contratar profissionais especializados, é importante ter um contrato com todos os direitos e deveres de ambas as partes envolvidas.

Em caso de apartamentos, verifique as regras do condomínio

Outro ponto importante a ser verificado antes da mudança são as regras do condomínio – no caso de apartamentos e de casas em propriedades com áreas comuns. 

Assim, antes de planejar a mudança – de forma autônoma ou com a empresa especializada -, o ideal é entrar em contato com o síndico para checar quais são as normas para o processo. Muitos condomínios, por exemplo, não permitem mudanças aos finais de semana.

Verificar as normas do empreendimento irá impedir que seus planos sejam frustrados e que problemas futuros ocorram.

mudar-de-cidade

Embale seus pertences com cuidado

A embalagem dos pertences é tida como um dos processos mais complexos de uma mudança. Isso porque cada objeto demanda um tipo diferente de embalagem, como caixas de tamanhos e de materiais diferentes, por exemplo.

Você pode começar a embalar os itens por cômodo. Isso significa que, primeiramente, você deve escolher um e embalar todos os pertences presentes nele. Somente depois de finalizar você segue para outro.

Como o processo de embalagem dos objetos pessoais é complexo – e, se feito de forma incorreta, pode trazer vários problemas -, a indicação é que a pessoa que vai mudar de cidade não faça a tarefa de forma autônoma. Assim, o ideal é contratar uma empresa especializada nesse tipo de serviço.

Se você deseja conferir mais dicas de organização de mudança, a indicação é assistir ao vídeo Dicas de mudança residencial | Personal organizer, publicado no canal Sabrina Volante no YouTube. Veja:

Organize sua casa ou seu apartamento novo

Depois de passar por todas as etapas indicadas acima, é chegado o momento de, efetivamente, mudar de cidade. Entretanto, antes de colocar a mão na massa, verifique se todos os serviços essenciais – como energia elétrica e saneamento básico – estão funcionando em seu novo imóvel.

Se tudo estiver conforme o esperado, você está pronto para o transporte. Ao chegar em sua nova casa ou apartamento, você deve organizá-la e decorá-la. Contudo, não é preciso ter pressa, já que essa é uma oportunidade para que você dê uma nova atmosfera ao seu lar.

O que você achou das dicas para mudar de cidade?

Como você pôde perceber, mudar de cidade é um verdadeiro desafio e, por isso, exige muita organização e planejamento. Assim, o Blog da Arbo quer saber: o que você achou das dicas apresentadas? Você considera que o passo a passo pode te ajudar?

Deixe suas opiniões, sugestões, críticas e elogios na caixa de comentários abaixo. Escreva, também, suas dúvidas. Ficaremos muito felizes em poder te ajudar de alguma forma.

Se você deseja conferir mais artigos como esse, basta continuar a navegar pelo Blog da Arbo. Aqui você descobre como organizar sua casa ou seu apartamento após a mudança e, também, aprende a decorar todos os cômodos de seu novo imóvel, como quarto, cozinha e sala de estar. E, para saber tudo sobre mudanças, acesse esse artigo.

Conheça, também, a Central de Ajuda da Arbo, que reúne conteúdos que podem ser úteis para o seu dia a dia. Lá você encontra, por exemplo, orientações para a emissão de segunda via de faturas – inclusive a do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) – e para a solicitação de troca de titularidade de contas.

E se você deseja mudar de cidade e viver com conforto em um imóvel, visite o Portal da Arbo. O site reúne milhares de imóveis de centenas de municípios brasileiros e, com certeza, terá uma excelente opção para você.

Postagens relacionadas

Velas-decorativas

Descubra como velas decorativas renovam o ambiente

Seja na sala, no quarto ou no banheiro, as velas decorativas podem ser adicionadas em qualquer lugar da casa. Veja como usá-las em todos os cômodos sem medo de errar! Poucos itens são tão importantes quanto as velas decorativas. Isso porque elas clareiam, esquentam e formam espaços belíssimos de imediato, sendo preciso apenas do aproveitamento […]

o que é hipoteca brasil

O que é hipoteca e para que serve?

Uma das principais dúvidas de quem busca linhas de crédito imobiliário no Brasil é entender o que é hipoteca. Mais comum nos Estados Unidos, a modalidade é uma alternativa para quem deseja contratar um empréstimo e pagar juros menores Se você está buscando uma linha de crédito imobiliário, já deve ter se deparado com o […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *