18 de outubro de 2021

Tudo o que você precisa saber para organizar a casa

organizar a casa

Organizar a casa exige métodos bem definidos e senso de disciplina. Confira várias dicas para ajudar nessa tarefa!

Um ambiente limpo traz uma ótima sensação de bem estar e ainda contribui para desenvolver um relacionamento saudável entre a própria família. Nos tempos recentes, em que passamos mais tempo em casa devido a várias circunstâncias, nossa relação com o lar se tornou ainda mais relevante, reforçando a importância de saber organizar a casa.

Este artigo apresenta um guia completo para te acompanhar nessa tarefa. Para isso, além de destacar os benefícios de uma casa organizada, vamos mostrar quais são os fundamentos de uma boa organização doméstica. Depois, você conhecerá vários itens que podem ajudar a manter as coisas no lugar e dicas de organização específicas para cada cômodo.

Neste post, você vai aprender:

Vantagens de uma casa organizada

Ter uma casa bem organizada traz uma série de benefícios. O mais óbvio é o estético, já que colocar tudo em ordem, por si só, já deixa o ambiente bem mais bonito. Além disso, o ato de organizar a casa é uma abertura para a criatividade. Quando você dedica um tempo para cuidar do lar, muitas boas ideias de decoração surgem naturalmente.

A segunda vantagem evidente é a praticidade. Em uma casa desarrumada, fica tão difícil encontrar o que precisamos que surge até uma sensação permanente de desconforto. Isso acontece porque a desorganização causa perda de tempo que, por sua vez, nos faz ficar mais ansiosos e estressados.

Se você é o tipo de pessoa que vive perdendo as chaves do carro e tem que ficar correndo pela casa atrás delas na hora de ir para o trabalho, sabe bem o que é isso. Por outro lado, se temos lugares bem definidos para cada objeto, tudo parece muito mais fácil e rápido. É como uma troca de energias entre a casa e quem mora nela.

Ainda falando sobre sensações, outro benefício é que um lar bem organizado tem um clima muito mais acolhedor, tanto para quem mora nele quanto para as visitas. Dessa forma, o ambiente fica tão convidativo que até incentiva a integração familiar e fortalece a comunicação.

O processo de organização também revela aquilo que está sobrando. Você com certeza vai perceber objetos que só estão ali ocupando espaço e não tem qualquer utilidade. Uma boa limpeza no aspecto físico também traz um benefício psicológico. É como se, ao nos desfazermos dos objetos que não servem mais, se abrisse também a chance de uma limpeza na mente. 

Princípios de organização doméstica

Uma organização doméstica eficiente deve partir de alguns fundamentos básicos, os quais devem estar presentes desde o início e serem reforçados até se transformarem em hábitos. Veja quais são:

Aproveitar bem os espaços

Há muitas maneiras de otimizar os espaços em cada cômodo da casa. A mais fácil delas, e que você pode colocar em prática logo de cara, é identificar pontos em que há objetos em excesso e retirar os que não fazem falta. 

Talvez você leia isso e se lembre dos brinquedos das crianças espalhados pela sala ou das suas roupas amontoadas sobre a cama, mas isso também vale para objetos decorativos. Os excessos poluem o campo de visão e, por mais que tentemos deixá-los bem arrumadinhos, a impressão de que está tudo bagunçado não passa. 

Para acabar com isso, mantenha visível apenas o que realmente for útil. E com a tendência de móveis cada vez menores, temos que ser mais seletivos na hora de adquirir algum item de decoração. Mesmo quando eles são pequenos, a quantidade acaba incomodando.

Aqui, abrimos uma exceção para colecionadores. Nesse caso, os itens dão até um toque especial na decoração do ambiente, desde que encontremos a maneira certa de organizá-los.

Um lugar para cada coisa…

Definir locais fixos para guardar cada objeto faz toda diferença, principalmente para aqueles que são usados com muita frequência. Voltando ao exemplo das chaves, faz muito mais sentido ter um porta-chaves bem ao lado da porta da sala do que deixá-las sempre em lugares diferentes. Isso cria um hábito e você ganha tempo agindo de forma intuitiva.

… e cada coisa em seu lugar

Por falar em hábito, é bom adquirir o costume de guardar os objetos logo após o uso – e sempre naquele local pré-determinado. Por exemplo, se você foi até a cozinha e usou um copo ou um prato, é mais fácil lavá-lo e guardá-lo na hora do que esperar para lavar um monte de louça acumulada.

Aliás, esse também é um bom hábito para ensinar às crianças desde cedo. Incentive-os a guardar os próprios brinquedos quando terminarem de usar e tenha um lugar fixo para que elas façam isso, como uma caixa ou um baú.

Criar uma rotina de limpeza e descarte

Organização depende de disciplina. Por isso, é uma boa ideia estabelecer uma rotina que envolva todos os moradores. Você pode determinar algumas tarefas para cada um e dividi-las por periodicidade: diárias, semanais, quinzenais e mensais. 

Só tome cuidado para não exigir demais de você mesmo e dos outros. Afinal, o objetivo de manter as coisas limpas e organizadas é trazer tranquilidade, e não ser mais uma fonte de estresse.

Uma parte importante do processo de organização é o descarte. De vez em quanto, é bom praticar a arte do desapego e se livrar do que não serve mais. Para isso, você pode estabelecer um critério próprio ou se inspirar na japonesa Marie Kondo, autora do livro best seller “A Mágica da Arrumação”. 

Ela desenvolveu um método de organização em que o descarte se baseia em pegar cada objeto e se perguntar se ele te faz feliz. Se a resposta for sim, ele fica, mas se for não, ele vai embora. E a resposta tem que ser rápida, pois pensar demais vai te dar tempo para arrumar alguma desculpa e manter objetos inúteis.

Objetos que ajudam a organizar a casa

Agora, vamos conhecer algumas ferramentas muito boas para organizar a casa. São itens que você encontra com facilidade por aí e facilitam demais a rotina. Confira!

Caixas organizadoras

As caixas organizadoras podem ser usadas para guardar qualquer coisa e você as encontra em diferentes modelos materiais e tamanhos. Por isso, é bom definir antecipadamente qual é a sua necessidade para escolher o que se encaixa melhor.

Você pode, por exemplo, utilizar caixas transparentes para ajudar a guardar seus sapatos dentro do guarda-roupa. Uma caixa de papelão é boa para guardar documentos. Caixas de madeira ou plástico são interessantes para guardar os brinquedos das crianças. No home office, é possível utilizar uma caixa com gavetas como suporte do monitor e ainda armazenar materiais de escritório.

Nichos e prateleiras

Além de serem bons recursos de organização, nichos e prateleiras são perfeitos para compor uma decoração criativa. É possível utilizar nichos modulares para construir uma estante personalizada para a sala e guardar livros, revistas ou itens de coleção. Já as prateleiras são úteis para o escritório, aproveitando os espaços das paredes para deixar a mesa de trabalho mais livre.

Móveis funcionais

Os móveis funcionais são excelentes opções para quem quer modernidade e praticidade. Cada vez mais fáceis de encontrar nas lojas, esse tipo de mobília atende mais de uma função e ajuda a economizar espaço. Um bom exemplo é o puff-baú, que é extremamente útil e ainda se encaixa facilmente na decoração.

Rótulos e etiquetas

Eis um item simples e barato que ajuda demais na hora de organizar a casa. As etiquetas e os rótulos podem ser usados para tantas coisas que é impossível listar tudo.

Na cozinha, você pode identificar os potes de temperos. No quarto, eles são bons para demarcar cada parte do guarda-roupa e lembrar a todos onde cada item deve ficar. Eles também servem para identificar caixas, documentos, materiais de escritório, livros ou qualquer outro objeto. 

Divisórias e colmeias

As divisórias são opções para ajudar a organizar gavetas. Na cozinha, eles acabam com aquela velha história de procurar uma colher e só encontrar garfos. No quarto, são perfeitos para itens pequenos, como gravatas e meias. No home office, você pode armazenar itens como canetas, lápis, grampos, clipes de papel, etc.

Organizador de cabos

Todo mundo que trabalha com computador em casa ou tem vários equipamentos eletrônicos em um cômodo só deve ficar incomodado com a quantidade de fios pendurados. Os cabos das tomadas, dos carregadores de celular, da internet, do mouse, do teclado, do monitor e tantos outros formam um emaranhado bem irritante e difícil de esconder.

Mas existem muitas maneiras de organizar esses cabos para facilitar o acesso a eles ou simplesmente deixar o local mais bonito e fácil de limpar. Este vídeo do youtuber Felps mostra como deixar a mesa do computador com um visual clean com alguns recursos simples e baratos:

Varal vertical

Para quem mora em imóveis pequenos, os varais verticais serão muito úteis para organizar a casa ou o apartamento. Com vários modelos e tamanhos disponíveis, esses equipamentos costumam ter várias regulagens, são portáteis, e podem ser guardados em qualquer cantinho quando não estão em uso. Alguns deles têm capacidade para centenas de roupas.

Como organizar cada cômodo

Chegou o momento de colocar a mão na massa e utilizar tudo que vimos até agora para organizar a casa. Para isso, separamos algumas orientações específicas para dar um toque especial em cada espaço:

Quarto

Para organizar o seu quarto, comece pelo guarda-roupa e pelas gavetas, pois é muito comum deixarmos roupas penduradas em locais aleatórios por falta de espaço. Utilize divisórias para organizar meias, jóias, lenços e toalhas.

Aproveite as caixas de sapato de forma inteligente, guardando nelas os objetos pequenos. Você também pode usar a criatividade e enfeitar essas caixas para se encaixarem até como itens de decoração.

Este vídeo do canal Tu organizas por Nina Braz mostra como transformar uma caixa de sapato em uma caixa gaveta cheia de estilo:

Utilize as paredes para não deixar objetos amontoados sobre a cama ou a escrivaninha. Para isso, você pode optar por ganchos instalados naquele cantinho isolado, que antes não servia para nada. Ele será o lugar para colocar bolsas, chapéus e blusas, por exemplo.

Prateleiras e nichos também serão muito úteis nesse sentido. Além de otimizar o espaço, esses elementos também contribuem na decoração e podem ser posicionados de muitas maneiras. Também é uma boa brincar com as cores, fazendo com que as peças combinem com as cores da parede ou explorando os contrastes.

No fim das contas, o importante é que todos os elementos trabalhem em conjunto de forma harmônica, tanto na funcionalidade quanto na estética. Aliás, em termos visuais, é bom ter cuidados especiais com a iluminação.

Como os quartos são ambientes de descanso, uma luz com tons mais amarelados ajuda a criar um clima relaxante. Se o quarto é seu local de leitura, pense em uma iluminação pontual com luzes brancas, como uma luminária.

E quem tem televisão no quarto também precisa pensar bem no melhor local para instalá-la. Principalmente para cômodos pequenos, o ideal é colocar um painel, sempre considerando a posição dele em relação à cama para não ter que fazer contorcionismos na hora de assistir sua série favorita. 

Acompanhe as novidades do Blog da Arbo!


Cadastre-se e receba por e-mail nossa newsletter com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Sala

A sala de estar costuma ser o cartão de visitas de uma casa, o espaço para receber as visitas e passar longas horas conversando. Por ser o primeiro lugar de descanso que vemos ao chegar de um dia cansativo no trabalho, esse cômodo pode acabar acumulando muita bagunça no dia a dia.

Afinal, quem nunca chegou em casa e jogou os sapatos em algum canto aleatório? E se você tem crianças em casa, com certeza já ficou incomodado com os brinquedos espalhados pelo chão, no sofá, na estante e em qualquer outro lugar.

A organização da sala já começa na escolha dos móveis, principalmente dos sofás. Se o cômodo é pequeno, um sofá grande demais pode atrapalhar mais do que ajudar. Portanto, vale a pena considerar, antes de tudo, o espaço de circulação. Procure deixar o centro livre e só coloque uma mesinha de centro se não tiver que ficar se desviando dela o tempo todo.

Aliás, os móveis funcionais são grandes aliados para a organização da sala. Um puff-baú, por exemplo, serve perfeitamente para guardar os brinquedos das crianças e aumenta a quantidade de lugares para receber as visitas.

Outra questão a ser avaliada é a quantidade de aparelhos eletrônicos. Além da TV, pode ser que você tenha em sua sala aparelho de som, equipamento da TV por assinatura, vídeo-game e outros gadgets. São tantos cabos pendurados que fica difícil até saber qual é qual. Uma boa solução é optar por painéis e racks com espaços internos para acomodar os fios e fundo fechado.

Com tantos aparelhos, é claro que você também terá vários controles remotos – e que vai derrubá-los no chão e perdê-los quase todo dia. Para evitar isso, você pode fazer um porta controle como o que o Adriano Henrique ensina neste vídeo, feito com palitos de picolé:

Cozinha

A funcionalidade deve ser um critério primordial para organizar a casa e isso é ainda mais importante na cozinha. Portanto, comece identificando os objetos que você usa mais e precisam ficar facilmente disponíveis.

Qualquer peça que você use raramente pode ser posicionada em uma prateleira mais alta ou mais para o fundo do armário. Por outro lado, tudo que é usado com frequência precisa estar em uma altura mais confortável.

Por falar em prateleiras, os únicos cuidados em relação a elas são garantir que elas suportam o peso dos seus utensílios domésticos e não atrapalham a circulação. Para cozinhas maiores, pode ser interessante pensar em uma ilha gourmet, que pode cumprir múltiplas funções e dar uma nova cara à cozinha.

Os pratos devem ser guardados empilhados e é bom separar os rasos e os fundos para facilitar o manuseio. Potes, tigelas e panelas menores podem ser colocados dentro dos maiores, pois vão economizar muito espaço. 

Em relação aos copos, prefira guardá-los sempre com a boca para baixo. No caso das xícaras e canecas, pode ser interessante fixar alguns ganchos por baixo das prateleiras e deixá-los pendurados. Itens como frigideiras, bandejas e formas ocupam menos espaço quando são guardados na vertical, então você pode instalar divisórias para isso nos armários. 

Um ponto crucial na organização da cozinha é a armazenagem de alimentos. Aqui também vale a regra de deixar mais acessível aquilo que é mais utilizado. Entretanto, é necessário ter um cuidado especial com o prazo de validade, por isso, cuidado para não esquecer algo no fundo do armário ou da geladeira. O ideal é reorganizar tudo pelo menos uma vez a cada quinze dias.

Além disso, armazene corretamente os materiais de limpeza e evite deixá-los perto dos alimentos. É recomendável ter um local específico para eles, como um cesto ou uma caixa organizadora, bem longe da comida, e só pegá-los na hora do uso. 

Assista esse vídeo do canal Organize sem Frescuras para ter mais algumas referências na hora de organizar a cozinha:

Banheiro

Na hora de organizar a casa, talvez o banheiro seja o cômodo que mais se beneficia das prateleiras. Além de servir para guardar os produtos de higiene e limpeza, elas podem até receber alguns pequenos objetos decorativos. Vale repetir a regra: o que você usa com menor frequência fica no alto e os itens mais essenciais ficam sempre ao alcance.

Complemente a organização das prateleiras com pequenos potes para deixar cada tipo de item. Você pode deixar todos os pentes e escovas em um deles e as escovas de dentes em outro, por exemplo. Se o seu banheiro tem mais espaço, dá até para incluir caixas organizadoras para guardar toalhas limpas e produtos de limpeza.

Instale barras ou ganchos em alguma parede, atrás da porta ou em uma bancada para pendurar as toalhas. Facilite ainda mais a organização separando-as por cores, ou colocando pequenas placas com o nome da cada morador. Se você usa equipamentos como secadores e chapinhas, procure por ganchos e suportes específicos para eles.

E para acabar com a roupa suja espalhada por aí, tenha um cesto e deixe-o naquele cantinho onde não cabe mais nada além dele. Pode ser ao lado do box, atrás da porta ou embaixo da pia. 

Confira este vídeo do canal Sanremo para ter mais algumas referências na hora de organizar o banheiro:

Escritório

Muita gente passou a trabalhar direto de casa nos últimos anos e essa situação demanda algumas adaptações para transformar um cantinho ou um cômodo em escritório. O primeiro ponto de atenção para organizar a casa nessa situação é o conforto, já que você vai passar várias horas do seu dia nesse espaço. Além de ter uma boa cadeira, é importante ter uma mesa organizada segundo os princípios de ergonomia.

O monitor, por exemplo, deve ser posicionado à altura dos olhos para que você não precise ficar com as costas dobradas o tempo todo. Experimente colocá-lo numa posição mais alta e perceberá que sua postura vai mudar naturalmente. Aliás, o apoio do monitor pode ter algumas gavetas, o que facilitará o armazenamento dos materiais de escritório, como grampeador, clipes de papel, lápis e canetas

Uma mesa bem limpa nos ajuda até a focar mais rapidamente em nossas tarefas. Por isso, é interessante tirar alguns minutos no começo ou no fim do expediente para tirar a bagunça. Evite acumular pilhas de papel ou de livros sobre sua mesa e, se ela tem gavetas, organize-as para facilitar o acesso dos objetos usados com maior frequência.

Para guardar documentos, o ideal é ter pastas específicas e armazená-las em um armário fechado para não ficarem o tempo todo poluindo seu campo de visão. Se você estabeleceu seu cantinho de trabalho no próprio quarto, vale até separar um espacinho no guarda-roupa para isso.

Caixas organizadoras e cestos também podem ser úteis para essa parte da tarefa de organizar a casa, assim como prateleiras e nichos. A grande vantagem desses dois últimos é aproveitar o espaço das paredes e servir também como apoio para objetos de decoração, como livros, action figures e quadros.

Talvez o maior terror de quem trabalha em home-office em termos de organização seja o emaranhado de fios atrás da mesa. Além de deixar o visual poluído, eles dificultam a limpeza e ainda podem causar acidentes. Imagine o prejuízo de tropeçar em um cabo e derrubar um monitor ou um notebook..

Nós já indicamos mais acima um vídeo mostrando como organizar a mesa do computador, mas ainda vamos adicionar outro, do canal Oganize sem Frescuras, que mostra algumas soluções que fáceis de aplicar e que você pode tentar agora mesmo:

Quintal

Quem tem um quintal pode recorrer a muitos recursos para deixá-lo organizado. E como bônus, ainda terá um lugar bonito e muito agradável para receber as visitas. Se você tem uma área com terra, pode cobri-la com um gramado e pedras decorativas. No primeiro caso, só não se esqueça de cuidar corretamente da grama.

Se você usa o quintal como área de lazer, evite deixar objetos amontoados de qualquer jeito no canto. Aliás, esse é o local mais fácil para reutilizar objetos que você não vai usar mais com criatividade. Garrafas de plástico podem virar pequenos vasos de plantas, como mostra esse vídeo da Alessa Mori:

Lavanderia

Para organizar a lavanderia, a ordem é usar e abusar de acessórios que ajudem a otimizar o espaço e a rotina. Quanto menos coisas houver pelo chão, mas fácil fica seu trabalho, portanto, use as paredes. Vassouras, pás e rodos devem ser pendurados, enquanto os produtos de limpeza são armazenados em cestos ou caixas e colocados em prateleiras.

Na hora de lavar as roupas, além de colocá-las em cestos para tornar todo o processo mais ágil, experimente instalar um varal vertical, principalmente se o local for pequeno.

E aí, gostou do nosso conteúdo?

Agora você já tem um monte de dicas para colocar em prática na hora de organizar a casa e deixar todos os ambientes mais limpos, bonitos e confortáveis. E se você quer ainda mais ideias para caprichar no visual, dê uma olhada no nosso conteúdo especial com tudo que você precisa saber para decorar sua casa

Postagens relacionadas

luminária-para-sala-de-jantar

Saiba como escolher luminárias para sala de jantar

A iluminação de um ambiente é fundamental para que ele se torne elegante e estiloso. Por isso, trouxemos as melhores dicas para você escolher luminárias para sala de jantar. A decoração de um ambiente como a sala de jantar não precisa apenas se basear nos móveis, nas cores ou até mesmo em papéis de parede. […]

smart home

Smart home: 6 itens básicos para sua casa inteligente

Quer deixar sua casa mais confortável e prática? Veja alguns gadgets para começar a transformação do seu lar em uma smart home! As tecnologias de automação residencial evoluíram muito na última década e estão cada vez mais acessíveis. Se antes a ideia de ter uma smart home parecia muito distante, algo possível apenas na ficção, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *