25 de novembro de 2021

Rodapé embutido: o que é e como fazer na sua casa?

rodapé-embutido

Os projetos arquitetônicos trazem cada vez mais  propostas modernas e funcionais. Um exemplo é o rodapé embutido. Leia mais sobre o assunto este artigo!

Há quem opte por não usar o rodapé na construção ou reforma da casa. Para quem gosta, esse item oferece suavidade no acabamento final de uma instalação do piso com a parede. 

Além de proporcionar um acabamento de qualidade e ser estéticamente bonito, sua principal função é a de proteção da base da parede contra impactos e produtos que possam danificá-la, como vassouras, rodos, aspirador de pó, cadeiras, móveis, água e produtos de limpeza.

Hoje em dia, há uma enorme variedade de modelos de rodapé embutidos no mercado, dos mais discretos aos mais sofisticados, com diferentes tipos de materiais, formatos, tamanhos, texturas e cores.

Mas você sabe, ao certo, o que são rodapés embutidos? E quais cuidados tomar na hora de fazer o assentamento? Pode até parecer complicado, mas não é. Se quer saber mais sobre isso, então, esse é o post certo para você! Confira todas as informações abaixo.

O que é o rodapé embutido? 

Ao contrário do rodapé tradicional , o modelo embutido é assentado como uma parte do piso, junto ao reboco da parede e no mesmo nível da superfície. Para ser  feito, o pedreiro precisa deixar um pedaço da parte inferior sem rebocar. 

Por isso, é muito importante que você saiba qual é o tamanho do rodapé desejado, e para saber a medida correta, o caminho é conhecer as dimensões do seu piso e da divisão em pedaços por igual. Entendeu?

E muito cuidado com a escolha do piso, pois não são todos os tipos que são indicados para receber esse tipo de rodapé. Por exemplo, os pisos frios são mais adequados, como porcelanato ou cerâmica.

Quais as vantagens de incluir rodapé embutido na parede?

O rodapé embutido na parede além de gerar valor na decoração do lar, também traz inúmeros outros benefícios que são percebidos desde a sua aplicação. Listamos abaixo algumas dessas vantagens!

Sensação de amplitude

O acabamento entre o piso e a parede é realizado de modo a ficar uniforme. Contudo, para isso, deve ser utilizado o mesmo material para o piso e o rodapé.

Melhor uso do espaço e sem sujeiras 

Além dos centímetros que são ganhos em relação ao rodapé convencional, os móveis podem ficar mais próximos da parede. A melhor das vantagens ainda é que o rodapé embutido não acumula sujeira sobre a peça.

Tendência moderna

Podem ser utilizados rodapés de até 30 cm de altura, para criar maior percepção de profundidade ao ambiente. Nesse caso, é interessante que o revestimento da parede tenha tonalidade diferente do rodapé para que o impacto seja garantido.

Acabamento contínuo

Com o revestimento do piso sendo diferente ao do rodapé, pode ser feito um arremate entre as duas superfícies. Dessa forma, cria-se um efeito em ”L”, que provoca sensação de continuidade.

Como instalar um rodapé embutido?

Esse tipo de rodapé necessita um pouco mais de cuidado do que o convencional na hora da aplicação . Por ser alinhado à parede, o profissional responsável pela instalação deve deixar a parte debaixo da parede sem reboco, encaixar o rodapé nesse espaço e só então finalizar o acabamento. E por conta disso, não ficará visível nenhuma borda do rodapé.

Vale lembrar o quanto é importante escolher materiais de qualidade e profissionais qualificados para desenvolver todo o trabalho de construção ou reforma do seu imóvel. O processo para colocar o rodapé embutido pode seguir as seguintes etapas: 

  1. Escolha o piso que será colocado, de acordo com o projeto estabelecido; 
  2. Defina qual a altura do rodapé que você deseja colocar;
  3. Meça toda a extensão, para verificar a metragem de rodapé que será necessária;
  4. Definido esses três passos anteriores, compre o rodapé da sua escolha! 
  5. Se for possível, solicite o corte do rodapé em uma marmoraria (no caso de rodapés de mármore, cerâmica ou porcelanato), pois assim o corte ficará mais preciso, evitando o desperdício de peças.

Para saber mais, veja o vídeo do canal do YouTube JR Construção:

Quanto custa colocar rodapé embutido na parede?

O preço do rodapé embutido varia de um profissional para outro. Isso acontece, pois a instalação é feita à parte no serviço do pedreiro ou azulejista, diferente do modelo de rodapé tradicional. 

Sabendo disso, o recomendado é realizar uma cotação com os profissionais que realizam esse tipo de serviço com qualidade. 

Estilos de rodapé embutido

Chegamos, agora, na melhor parte: escolher o modelo de rodapé embutido que mais combina com a sua casa! 

Se a ideia for seguir uma proposta mais minimalista, rodapés lisos e de tonalidades claras são excelentes alternativas, aliando leveza e sofisticação para os cômodos. As bordas retas também contribuem para esse efeito, sem falar que facilitam o nivelamento.

Pra quem gosta de um design mais rústico, rodapés embutidos dando continuidade aos pisos amadeirados são perfeitos para trazer mais aconchego, compondo uma atmosfera alegre e convidativa.

Mesmo com a tendência dos rodapés altos, antes de definir a altura, o mais indicado é observar o pé direito da sua casa. Os mais baixos pedem rodapés de 7 a 10 cm de altura, pois eles respeitarão as proporções do cômodo, criando a sensação de que o pé direito é maior.

Já em residências de pés direitos mais altos, é possível abusar um pouco mais na altura do rodapé embutido, entre 15 e 20 cm, valorizando a estética e a elegância do ambiente. Quanto aos principais modelos do mercado, três deles são os queridinhos do momento:

Porcelanato

Muito fácil de limpar e de manter, os rodapés em porcelanato podem ser aplicados tanto nas áreas secas quanto nas úmidas, assegurando um design uniforme em toda a residência. Se o seu décor permitir, escolha por peças de dimensões mais extensas, pois elas salientam o toque refinado do porcelanato, e  favorecem, também, as sensações de amplitude e leveza.

Na relação custo-benefício, os rodapés de porcelanato saem na frente. E, pela versatilidade das peças, com certeza você encontrará aquele modelo que tem tudo a ver com o seu lar! 

Madeira

Se tem uma palavra que define esse estilo é: inspiração. Além do aconchego e da naturalidade típicas desse material, a beleza e a elegância dos tons e texturas amadeiradas é indiscutível. Sem falar que, para um design mais sustentável, você pode optar por pisos que apenas reproduzem a madeira, sem abrir mão da estética do material. 

Mármore

Muito resistentes, os rodapés marmorizados são, também, os mais famosos do universo arquitetônico no quesito sofisticação e requinte. Mas, por ser um material de origem nobre, o investimento acaba sendo maior, principalmente se você for colocar esse modelo de rodapé em vários cômodos da casa.

Outros tipos de rodapé

Além do convencional e do rodapé embutido, existem ainda outros tipos que podem ser feitos em uma obra. 

Invertido ou Flutuante

O rodapé invertido ou flutuante cria um  efeito na junção entre o piso e a parede, dando a impressão que a parede está flutuando. Para conseguir esse efeito, geralmente é instalado um perfil de alumínio, que pode ser pintado depois. Há casos em que o nicho é pintado de preto para destacar ainda mais o efeito de “flutuação” da parede. 

Sem rodapé

Essa é uma opção cada vez mais comum também, mas que requer um acabamento da parede e do piso extremamente bem feitos. De qualquer forma, é muito importante que isso seja bem destacado no projeto e conversado com a mão de obra responsável. 

Gostou de conhecer essa técnica do rodapé embutido? Compartilhe esse post do Blog da Arbo com seus amigos, eles vão adorar saber dessa tendência de décor! 

Postagens relacionadas

jardim-interno

Descubra como montar um jardim interno

O jardim interno é uma verdadeira tendência para quem deseja ter contato com a natureza dentro de casa ou do apartamento. Nesse texto você descobre como montar um em seu imóvel O contato com a natureza é um fator fundamental para a qualidade de vida. Entretanto, com as medidas de restrição impostas por conta da […]

5 ideias de paredes decoradas para sua casa ou apartamento

Se você deseja mudar sua casa radicalmente, que tal deixar as paredes decoradas? Veja algumas inspirações e transforme os ambientes Decorar ou mudar a decoração de uma casa ou de um apartamento não é uma tarefa simples. Mesmo que as mudanças sejam pequenas, o morador precisa fazer um esforço para pensar no que deve ser […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *