15 de maio de 2022

Síndico de condomínio: o que faz e quanto ganha?

síndico-de-condomínio

Uma das funções mais importantes de um condomínio, um síndico pode ser bem remunerado e traçar um plano para a carreira. 

O síndico é um daqueles profissionais que podem ser considerados essenciais para o bom funcionamento de um condomínio. E, com o aumento do número de edifícios e condomínios residenciais nos últimos anos, a profissão tem ganhado cada vez mais destaque no cenário do mercado de trabalho brasileiro. 

Mas, ao contrário do que algumas pessoas podem imaginar, ser síndico não é tarefa fácil. É preciso ter conhecimento em diversas áreas e aprender algumas habilidades para se destacar no ofício. 

Quer saber mais sobre essa função? Confira tudo neste artigo do Blog da Arbo sobre o assunto. 

Síndico: o que é e o que faz? 

síndico-de-condomínio

Apesar de ser uma profissão comum, o que faz um síndico muitas vezes é motivo de dúvida entre os moradores de um condomínio. O síndico é o profissional que é responsável pela administração de um condomínio, seja ele de prédios ou de casas. 

Em seu dia a dia, o síndico pode desempenhar diversas atividades. Entre elas, planejamento e gerenciamento das demandas técnicas do prédio, administração de desavenças entre os condôminos, administração da contabilidade, recursos humanos, reuniões entre os moradores, etc. 

É costume dos brasileiros que os síndicos sejam moradores do prédio, mas isso não é exatamente uma regra. Tem crescido muito, nos últimos anos, o síndico profissional, que é treinado e preparado para desempenhar as funções de um síndico. O que nem sempre ocorre no caso dos moradores. 

Já existem, inclusive, cursos para quem se interessar pela profissão. Confira abaixo um vídeo que explica sobre o assunto. 

Quanto um síndico de condomínio profissional ganha?

Agora que você já sabe o que faz um síndico, você deve estar se perguntando qual a remuneração de um síndico profissional. Mas, a melhor resposta para essa pergunta é depende. 

A prática de se tornar um síndico profissional se popularizou no início dos anos 2000, com o Art. 1.347 na Lei Federal 10.406/02, que permitiu a contratação desse tipo de profissional. O período da gestão do síndico, segundo o artigo, não pode ser superior a 2 anos, mas ele tem a possibilidade de ser reeleito. 

Para isso, são convocadas assembleias entre os moradores, que irão decidir se o profissional está ou não fazendo um bom trabalho. O síndico pode fazer uma série de cursos disponíveis no site da ABRASSP (Associação Brasileira de Sìndicos e Condomínios), como o de administração, contabilidade, sustentabilidade e engenharia, todos voltados ao nicho específico de um condomínio

Inclusive, a ABRASSP também oferece cursos básicos de síndicos, que podem ser feitos por moradores que irão desempenhar a atividade. 

O salário de um síndico profissional pode variar muito, já que ele será acordado entre os moradores, por isso, não existe um valor fixo para essa profissão. Entretanto, quanto maior for o condomínio, maior é a remuneração do síndico profissional, já que ele terá mais coisas para administrar. 

Assim, pode-se dizer que um síndico ganha entre R$1.500 a R$5.000, dependendo do condomínio, podendo ser um valor superior ao mostrado aqui. Além disso, o síndico profissional pode trabalhar em mais de um condomínio, fazendo com que ele receba um valor superior a R$5.000. 

Quer se tornar síndico? Confira algumas dicas que podem te ajudar na carreira

Se você chegou até aqui e continua com interesse de se tornar um síndico profissional, com certeza vai gostar de ter algumas dicas para ir bem na carreira.

Assim como em quase todas as profissões, um síndico pode seguir alguns estudos e princípios para se dar muito bem na carreira e se destacar dos seus concorrentes. Quer saber quais são essas dicas? Confira abaixo. 

Estude sobre o mercado imobiliário 

Um bom síndico, com certeza, vai se esforçar muito para saber quais são as tendências do mercado imobiliário. Isso pode te ajudar a tomar decisões que estejam de acordo com as novidades do mercado. Além de poder lidar com as leis, taxas e os princípios mais importantes desse segmento. 

Conheça as normas e as leis condominiais

Ainda nesse assunto sobre se informar, é essencial que o síndico saiba todas as normas de leis que regem o seu condomínio. 

Você pode se inteirar sobre o que o Código Civil fala sobre condomínios, através da Lei nº 10.406/02 que já foi citada anteriormente. Leia os artigos, estude e assim você poderá lidar com diversas situações de uma forma mais segura. 

Seja um ótimo comunicador 

Um síndico é, entre muitas outras coisas, também um comunicador. É ele que vai inteirar os moradores do condomínio de todas as novidades, leis e normas. 

Além disso, você também deve se comunicar muito com os funcionários, que sempre estão de olho nas regras que os moradores estão cumprindo ou não. Você pode criar um canal de comunicação para que todos coloquem as principais demandas que estão observando. 

Por isso, é importante que você estude detalhes sobre como se comunicar para ir ainda mais além na sua carreira. 

Verifique a estrutura do condomínio

É crucial que você mantenha uma rotina de inspeção na estrutura do condomínio, já que ela deve estar toda regularizada. Assim, faça uma inspeção nas fachadas, garagem, térreo, áreas comuns, rede hidráulica, elétrica e de gás. 

Todo esse cuidado pode resultar em constantes melhorias para a qualidade de vida do condômino, bem como para a segurança de todos. Fique por dentro da documentação, para ver se está tudo em dia e se não faltam nenhum papel importante.

síndico-de-condomínio

Esteja atualizado 

Hoje em dia existem diversos aplicativos e sites especializados que podem te fornecer muitas ferramentas ótimas para a gestão de um condomínio. Seja aliado dessas ferramentas e permita que todos fiquem por dentro do que está acontecendo em sua gestão, por meio da internet. 

A maioria dos cidadãos brasileiros possui smartphone, o que significa que se você implementar uma estratégia digital para sua gestão, com certeza será visto como inovador e um bom síndico para o condomínio. Por isso, não perca tempo e pesquise a fundo as principais ferramentas que podem te auxiliar. 

Vai virar síndico? Confira essas 5 dicas que o canal Pulsar na Vida esclareceu sobre o assunto no vídeo abaixo. 

Gostou do conteúdo? Deixe no comentário o que você mais gostou de saber. E se você tiver sugestões de conteúdos para o nosso Blog, também pode deixar nos comentários!

Postagens relacionadas

contrato-de-aluguel

Contrato de aluguel: saiba o que é obrigatório conter

Uma das etapas mais difíceis para quem deseja alugar uma casa é acertar os detalhes do contrato. Confira neste texto tudo o que você precisa saber sobre o assunto.  Os detalhes de um contrato de aluguel é uma das etapas mais complicadas tanto para inquilinos quanto para proprietários. Isso porque, no geral, é necessário ter […]

decoração-oriental

Decoração oriental: saiba tudo sobre o estilo

Você sabe como funciona a decoração oriental? Confira os detalhes neste texto do Blog da Arbo  A decoração oriental caiu no gosto dos brasileiros há alguns anos. Desde a década de 70, mais ou menos, com o aumento da imigração de orientais para o nosso país, é comum vermos alguns objetos com elementos orientais nas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *