17 de setembro de 2021

QUEM FAZ A ARBO: Design muito além do visual

Que a Arbo está presente em todos os processos imobiliários você já sabe, mas quem trabalha atrás desse resultado você ainda não conhece, e vamos te apresentar nessa série de posts. Para o primeiro post do tema, convidamos nossa designer Daniela Dall Asta para dividir um pouco da sua experiência aqui na Arbo e de como ela entende que o design faz diferença no ambiente das startups.

Na Arbo, prezamos por processos com começo, meio e fim. Cada departamento fica responsável pelo que compete a ele de forma integral e responsável. Assim como nossos serviços, nossos processos internos também partem desse princípio de autonomia, com foco SEMPRE na excelência do que entregamos.

E com a área do Design não é diferente. Nosso time de Comunicação, Marketing e Design é responsável por organizar e transmitir informações dos mais variados segmentos à outros, de forma clara, simples e objetiva, por isso, precisam de muito cuidado e atenção em tudo que produzimos e cada peça que sobe nas nossas redes sociais (IG | Facebook), no nosso site e no nosso CRM.

Para falar mais sobre esse tema, convidamos nossa designer, Daniela Dall Asta, para dividir um pouco da sua experiência aqui na Arbo e de como ela entende que o design faz diferença no ambiente das startups. Conheça o Design da Arbo.

Com as informações da Dani nesse post, vamos entender:

• O que é o Design

• Qual a principal função do Design

• Quais as preocupações do Design

• A importância de falar de Design no ambiente de startups

Quem faz o design na Arbo

Meu nome é Daniela Dall Asta, sou designer gráfico com foco em UX (User Experience ou Experiência do usuário), residente em Londrina, PR. Minhas especialidades incluem criar projetos originais, desenvolver materiais para web e evitar o calor de Londrina.

Hoje faço parte do time Arbo e sou muito feliz com o que acontece e com o que fazemos por aqui. Somos uma startup que usa tecnologia para tornar menos dolorosos os processos imobiliários, e o Design é fundamental nessa missão. Quem nunca passou raiva procurando informações dentro de um site? Pois é… eu também não gosto disso. Por isso, meu objetivo é sempre deixar o usuário no controle, como se já navegasse na nossa plataforma há muito tempo!

Qual a função do Design da Arbo?

Acredito que o Design é completamente humano em todas as suas partes sem deixar de lado seu lado técnico, e eu amo isso demais. Todo o processo, que passa pelo surgimento do problema a partir da necessidade de alguém até o caminho para a solução, tudo é feito a partir de pessoas, por pessoas, e pensado para pessoas. O Design tem o poder de incorporar uma personalidade, de proporcionar sentimentos profundos ou de estar presente nos momentos mais pessoais das nossas vidas, e isso é incrível!

Quais são suas principais preocupações como designer?

Quero que o usuário entre no nosso site e encontre o que procura realmente. Que tenha só experiências boas interagindo conosco. Que se sinta feliz e seguro durante todo o processo, desde o primeiro contato até o dia de fechar o contrato de venda ou locação. Trabalho pra que o usuário encontre aquele botão exatamente na hora que precisar dele. Que não falte informação e que tenha vontade de compartilhar com amigos o que achou de legal sobre sua experiência conosco.

Meu objetivo é que o cliente que visita nossas redes sociais sinta satisfação com o que vê, que tenha bons momentos e possa sorrir e se inspirar com o conteúdo do feed (sem falar das fotos bonitas que temos postado por lá). Que seja informado com coisas legais e úteis através do nosso blog, e que fique sempre ligado nas notícias boas com o LinkedIn. Todo o design que faço é pensando em quem está lendo isso agora, pra ajudar, e fazer tudo funcionar do jeito mais perfeito quando precisar de nós.

Design e startup

Startups são conhecidas por serem ambientes dinâmicos e com mudanças em potencial e em constante evolução. Esse ambiente é propício para a criatividade e para a autonomia individual, e as mudanças e transformações que as marcas e os próprios departamentos passam – que não são poucas – precisam ser comunicadas e traduzidas para o público interno e externo de forma clara. Nesse caso, o design se torna ferramenta indispensável nesse ecossistema pois ele tem essa missão visual de transmitir de forma prática em que estágio as ideias desse ambiente estão e onde pretende-se chegar.

O design desenha e traduz aquilo que as mentes comerciais vendem para o clientes, ao mesmo tempo que dá forma ao que está no imaginário de cada um que trabalha naquele ambiente ou tem contato com a marca. O desafio do designer é justamente esse: conciliar ideias e expectativas e traduzir o negócio – que no caso das startups, está em constante evolução. Por isso, é crucial a presença do profissional nesses ambientes.

Gostou de conhecer um pouco mais do nosso trabalho e das pessoas que fazem parte da Arbo? Qual área quer conhecer melhor no próximo post da série? Conta pra gente!

Ah, e acompanhe o trabalho da Dani nas nossas redes sociais (IG | Facebook) e no nosso site 😉

Postagens relacionadas

Manoel Gonçalves no Vai Lá e Faz – Entrevista com CEO da Arbo

Nosso CEO (Chief Executive Officer) Manoel Gonçalves foi entrevistado pelo Rui Barboza do canal Vai Lá e Faz. Nessa conversa, Manoel compartilha sua trajetória, o sonho com a Arbo e as motivações do nosso negócio. Manoel começou sua trajetória empreendedora desde cedo. Com o mercado imobiliário teve seu primeiro case, a empresa DMX. Ali, ele […]

engenharia e tecnologia

QUEM FAZ A ARBO: A expertise da engenharia

Poucas pessoas imaginam que um profissional da construção civil possui as habilidades necessárias para trabalhar em uma startup que desenvolve transformação digital voltada para o mercado imobiliário. Para provar o contrário, convidamos o Gabriel, responsável pela parte de Software QA Tester da Arbo, para celebrar o dia do Engenheiro Civil.  Nessa conversa ele mostrou como […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *