14 de junho de 2022

Aluguel em Curitiba: as previsões para o setor

mercado imobiliário de aluguel em curitiba

O mercado de aluguel em Curitiba – e em todo o Brasil – tem mudado por conta da pandemia. Diante de diversas dificuldades, é comum que as pessoas se tornem ainda mais cautelosas quanto às negociações

A pandemia do novo coronavírus atingiu todos os setores da economia, mas não foi um desastre para o mercado de aluguel em Curitiba – e em outros locais do Brasil -, como algumas pessoas temiam.

Na verdade, ele permaneceu relativamente estável no País ao longo do segundo semestre de 2020. Então, o que 2021 reserva depois de um ano tão imprevisível no Brasil e no mundo, mesmo para quem gostaria de investir em imóveis em Curitiba? Acompanhe algumas informações importantes a seguir.

Previsões para o mercado de aluguel no Brasil 

Em 2021, espera-se que a demanda geral por imóveis para locação seja forte, o que é uma boa notícia para proprietários e agentes imobiliários. Mesmo assim, é válido destacar que há desafios pela frente que podem afetar o mercado.

Pandemia em andamento

Proprietários de imóveis e corretores precisarão continuar a administrar inquilinos que experimentam redução de renda e medidas temporárias do governo para evitar alguns despejos, pelo menos a curto prazo. 

Isso levará a tempos difíceis à frente e à necessidade de adaptação a quaisquer novas medidas postas em prática. Isto se dará ao menos até o período em que uma parcela significativa da população comece a ser vacinada.

mercado de aluguel em curitiba
O mercado imobiliário de aluguel em Curitiba foi afetado pela pandemia

A economia

A incerteza econômica significará que muitos locatários podem optar por adiar a compra de um imóvel, mantendo alta a demanda por aluguéis. 

No entanto, aqueles com baixa renda, geralmente locatários, podem ver os salários em queda, o que dificulta o aumento dos aluguéis por parte dos proprietários.

Mudanças na tributação

O imposto sobre ganhos de capital está sendo revisado e existe a preocupação de que aumentos gerais na tributação possam tornar o investimento em propriedades menos atraente, reduzindo a oferta de imóveis para aluguel. Esta é uma notícia melhor para os atuais proprietários.

Até que ponto esses fatores afetam a oferta e a demanda por propriedades para aluguel gerou visões conflitantes no setor. 

Portanto, a previsão para Curitiba e para a grande maioria das capitais brasileiras é que não exista aumento de aluguel ou, se houver, que sejam aumentos mínimos. 

Os preços dos aluguéis vão aumentar à medida que o setor continuar a assistir ao fortalecimento da demanda.

aumento aluguel em curitiba
Mesmo com a pandemia, a demanda por aluguel em Curitiba deve aumentar

O mercado de aluguel em Curitiba

A demanda por imóveis para aluguel em Curitiba provavelmente permanecerá alta e, mesmo que o ambiente seja desafiador, o setor agora está mais bem equipado para gerenciá-lo.

A transformação digital contínua no setor imobiliário continua a ser necessária. A tecnologia permitiu que o mercado superasse as restrições e continuasse os negócios quando o bloqueio foi suspenso. 

Na verdade, as ferramentas digitais facilitaram os requisitos de distanciamento social para check-in e check-out de propriedades e reduziram a carga administrativa de agentes perseguindo relatórios assinados.

São esses tipos de inovações e de oportunidades para aumentar a eficiência que vão garantir que o setor imobiliário permaneça ágil e capaz de reagir a quaisquer mudanças que 2021 tenha reservado para o mercado. 

E, nesse quesito, muitas imobiliárias em Curitiba estão fazendo muito bem suas lições de casa. Quem busca por um sobrado para alugar em Curitiba, certamente vai ter boas soluções nesse período.

Expectativas para o futuro do aluguel em Curitiba

Ainda é muito cedo para avaliar definitivamente o efeito que o coronavírus terá nos mercados globais de aluguel e mesmo na cidade de Curitiba, já que as consequências vão depender da duração da pandemia e do cronograma para quando cada país ou cidade sairá de suas respectivas medidas de bloqueio e planos de vacinação.

Embora seja provável que os aluguéis caiam no curto prazo, enquanto a demanda é baixa e as vagas são altas, os especialistas preveem uma recuperação bastante rápida após o pico da retração econômica. 

A longo prazo, a pandemia pode até semear uma nova dinâmica no mercado de aluguel em Curitiba e em outras cidades. 

novas dinâmicas do mercado imobiliário
As novas dinâmicas do mercado de aluguel em Curitiba devem ser entendidas por locadores e por locatários

A ambição do Airbnb de redirecionar seu modelo de negócios para arrendamentos mais longos têm o potencial de transformar a forma como os cessionários e gerentes de mobilidade buscam propriedades no mundo todo. 

Algumas medidas temporárias promulgadas por governos em projetos de lei de emergência também podem se tornar um estatuto de longo prazo para proteger futuros proprietários e inquilinos contra choques econômicos como uma pandemia global. 

Isso poderia provocar verificações de conformidade mais intensas sobre os locatários que buscam propriedades e sua capacidade de suportar uma queda na receita. 

É provável que fiadores de aluguel sejam mais comumente solicitados. Embora o futuro do mercado de aluguel seja incerto, os gerentes de mobilidade devem permanecer cientes das complicações no orçamento, fornecimento e negociação de termos em propriedades de aluguel para cessionários no clima atual.

contratos de locação
Antes de escolher um imóvel para alugar, os locatários vão avaliar os contratos com cautela

Cautela e muita prudência são palavras de ordem

O ditado “não há lugar como o lar” talvez não seja um pensamento tão reconfortante nos dias de hoje. Afinal, a maioria das pessoas está trancada em casa ou apartamento há muito tempo. 

A pandemia de covid-19, no entanto, fará mais do que mudar a maneira como nos sentimos em relação aos nossos lares. Tem potencial para ter um grande impacto nos mercados imobiliários em todo o mundo. 

É bastante claro que com desemprego maciço, cortes de salários, falências de negócios e incerteza no emprego, muitas pessoas provavelmente serão cautelosas sobre fazer o maior investimento de suas vidas – comprar uma casa. 

Normalmente, isso leva à queda dos preços das casas, o que aconteceu durante a última recessão política ocorrida no Brasil e mesmo em muitos outros países.

No geral, o mercado imobiliário tem duas vantagens, mesmo nesses tempos de rápida mudança como as advindas com a pandemia. 

A primeira é que, mesmo que o preço de aluguel das propriedades caia, ainda pode ser um investimento inteligente para quem deseja pagar seus financiamentos alugando um espaço. 

Isso pode parecer perverso, mas a propriedade é um investimento de longo prazo, e muitos outros não são seguros e oferecem um bom retorno. 

A segunda, é que você ainda tem uma boa fonte de renda se for um investidor privado ou um fundo de investimento global.

Gostou destas informações? Compartilhe este post com outras pessoas interessadas em alugar um imóvel em Curitiba! 

E, para continuar a acompanhar os conteúdos do Blog da Arbo, inscreva-se na nossa newsletter gratuita. Para isso, basta preencher o formulário abaixo.

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

como funciona o financiamento imobiliário

Descubra como funciona o financiamento imobiliário

O financiamento imobiliário é uma das formas mais fáceis de atingir o objetivo da casa própria. Veja como funciona essa modalidade de crédito. Quando tomamos a decisão de comprar uma casa ou um apartamento, uma das principais fontes de dúvidas é quanto às formas de pagamento. Quem não tem muita familiaridade com o tema pode […]

sair-do-aluguel

Saiba como a Arbo pode te ajudar a sair do aluguel

Está em busca do seu próprio imóvel para sair do aluguel? Saiba o que a Arbo pode fazer por você O mercado imobiliário está cada vez mais digital. A todo o momento, surgem novidades que visam facilitar o dia a dia das  pessoas que estão em busca de realizarem transações imobiliárias e sair do aluguel.  […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *