27 de setembro de 2021

Home office cresce a busca por casa no interior

Se agora você está trabalhando no modo home office e você busca sair da agitação da cidade grande, veja as vantagens de morar em uma casa no interior

Com a chegada da pandemia da Covid-19, centenas de milhares de pessoas se depararam tendo que lidar com inúmeras mudanças repentinas e uma nova realidade passou a mudar profundamente a forma como vivemos e lidamos com o tempo e espaço. Isso mudou, por exemplo, algumas tendências, como a preferência de consumidores por uma casa no interior.

casa-no-interior

Diante da obrigação de manter o distanciamento social, tanto físico quanto social, o formato home office ou trabalho híbrido (como tem sido chamado atualmente), veio como um teste decisivo e mostrou – para aqueles que antes ficavam presos nos escritórios das cidades grandes –, que uma outra vida seria possível. Dessa forma, a procura por lugares com mais espaço, com acesso ao ar livre e também a um custo de vida mais baixo passou a crescer e a ser a melhor opção para muitas famílias. 

Como resultado disso, durante o ano de 2020, o mercado imobiliário no interior teve um aquecimento muito maior do que nos grandes centros urbanos. E como não sabemos quando, ou até mesmo se poderemos voltar ao “normal” tão em breve, a tendência é de que a procura por uma casa no interior cresça ainda mais ao longo desse ano. 

Mas, afinal, por que ter uma casa no interior se tornou o desejo de tanta gente?

A pandemia certamente tem sido bastante relevante nesse quesito, já que trouxe uma sensação de aprisionamento dentro das casas e dos apartamentos nas metrópoles. Apesar disso, o medo pelo alto risco contágio do coronavírus tem sido um fator decisivo pela busca e pela migração de pessoas para um estilo de vida mais seguro, confortável e tranquilo. E não é para menos, já que de uma hora para outra as grandes cidades se tornaram mais arriscadas para se viver e ainda passaram a reforçar uma vida sem qualidade. 

Aliás, o home office já tem sido a realidade de muitas empresas e deverá permanecer, principalmente considerando que levará um tempo até que retornemos à normalidade. Segundo um estudo realizado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) no ano passado, o trabalho remoto deverá crescer cerca de 30% após a crise do coronavírus. Isso significa que essa nova dinâmica veio não só como uma alternativa no combate ao vírus, mas também deve renovar para sempre o modelo de trabalho e a rotina de inúmeros brasileiros.

Por esse motivo, desde que as famílias vêm passando a maior parte do tempo todos os dias com a família (inclusive trabalhando e estudando em espaços que não foram projetados para essa nova rotina), muitas começaram a pensar numa mudança, já que se viram insatisfeitas com a moradia atual.

Por isso, no intuito de conseguirem comportar todos num espaço ideal – além de poderem conciliar a rotina de trabalho e estudos com o lazer dentro do lar –, muitas famílias passaram a prezar exclusivamente pela praticidade, qualidade de vida e conforto. Dessa forma, as espaçosas residências no interior começaram a ter uma alta demanda e os aluguéis por apartamentos caíram nas grandes cidades, principalmente nos prédios com apartamentos sem aquele espaço externo, ou seja, as famosas varandas gourmet. 

O que os compradores e locatários têm procurado?

As preferências mudaram de “qual é o local de mais prestígio e melhor localizado?” para “o que é mais prático?” e “qual é a qualidade de vida que queremos para nossas famílias?”. E dentre os principais itens, compradores e locatários têm dado preferência para regiões afastadas, arborizadas, com ar fresco, com espaço para escritório doméstico (para dois adultos no mínimo), uma área de estudos (para as crianças), três quartos no mínimo, espaço para os animais de estimação, áreas para lazer – como quintal e varanda, por exemplo –, além de lagos, parques ou ciclovias nas proximidades. 

Além disso, com as pessoas optando cada vez mais pelas compras online e a permanência das diversas restrições do decreto de calamidade pública, a escolha por residências próximas de lojas, bares, restaurantes, museus e mercados não tem sido mais uma prioridade. Entretanto, a oferta de um bom acesso de internet tem sido um item obrigatório, já que as famílias precisam fazer home office e assistir às aulas

Também vemos que para muitas acabou se tornando indispensável encontrar um local adequado, com um conceito de bem viver e uma arquitetura diferenciada. Ou seja, imóveis que ofereçam mais conforto e vários quartos, além de projetados com móveis planejados e que tenham uma excelente estrutura de lazer, são alguns dos elementos mais procurados. 

Quais vantagens de morar no interior e trabalhar na capital?

Trabalhar em casa sempre foi o sonho de muitos brasileiros, mas de longe poderíamos imaginar que isso se tornaria possível através de uma pandemia. O home office veio inicialmente como uma alternativa frente aos desafios do distanciamento social e ao combate do coronavírus, mas por fim acabou se tornando uma ótima oportunidade para aqueles que desejam morar no interior e trabalhar na capital.

Então, para te ajudar nesse processo decisivo, listei abaixo algumas das vantagens que você pode encontrar em cidades do interior, mas que dificilmente vai encontrar numa metrópole. Confira:

Custo mais baixo de moradia

Nas cidades grandes, espaços maiores tendem a ter um alto custo (tanto para aluguel quanto para compra), já que o metro quadrado de casas e apartamentos é bem mais elevado. Apesar disso, um imóvel espaçoso no interior pode ter o mesmo preço de um apartamento pequeno e bem localizado em uma capital. 

Embora até o começo da pandemia a busca por imóveis compactos estivesse em alta, muito disso se dava pela preferência por localidades próxima ao trabalho, aos transportes públicos, às áreas de lazer e aos diversos serviços oferecidos nos prédios. Entretanto, com o distanciamento social, as áreas de lazer dos condomínios têm permanecido fechadas e já não têm sido mais tão relevantes para aqueles que buscam por moradia. 

Mais qualidade de vida

Para além da questão do custo-benefício de uma casa no interior, a tranquilidade é um daqueles bônus que valem a pena fazer parte do dia a dia de qualquer família. Viver longe da agitação, da poluição, do barulho, da violência e da falta de privacidade das cidades grandes, são fatores que estão diretamente relacionados a uma boa qualidade de vida.

Aliás, as cidades menores também costumam ter mais áreas públicas com árvores e plantas, o que além de possibilitarem saídas mais seguras em meio ao cenário de pandemia, acabam também contribuindo para uma vida mais saudável. 

Maior segurança 

O isolamento social tornou o ar livre algo ainda mais cobiçado, principalmente para aqueles que desejam se afastar das cidades que estão com alto índice de casos do coronavírus.  E para diminuir as chances de riscos de contágio, muitas pessoas passaram a repensar onde querem viver daqui em diante, preferindo comprar ou alugar uma casa no interior. 

Menor custo de vida

Residir numa cidade um pouquinho mais afastada das metrópoles tem grandes vantagens principalmente do ponto de vista financeiro. Como dito anteriormente, os imóveis costumam ter preços bem menores quando comparados aos das grandes cidades, além de serem muito mais atrativos pelo espaço e ótima localização.

E quando falamos de localização, vale lembrar que isso interfere diretamente nos gastos com transporte, idas ao supermercado e entre outros. 

Por fim, se você conseguiu uma oportunidade onde o trabalho híbrido se tornou uma realidade é muito importante que antes de tomar qualquer decisão, veja os prós e contras, mas acredito que pode ser a melhor opção para você e sua família!

Projetos Criativos

Somos um Blog que busca entregar inspirações de decoração, arquitetura e organização. Acreditamos que você merece sim ter a casa que você deseja, do jeito que você sonha!

Postagens relacionadas

corretor-especialista

Corretor especialista: o que é e como se tornar um

Ao desenvolver habilidades adequadas e se concentrar em um público bem definido, o corretor especialista se destaca no mercado. O mercado imobiliário oferece inúmeras oportunidades, mas o profissional precisa saber mapeá-las e se preparar para aproveitá-las. O corretor especialista tende a obter uma posição de destaque nas regiões em que atua, pois está sempre em […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *