26 de maio de 2024

Zona 7 é o bairro mais procurado pelos locatários em Maringá

bairros maringá

Imóveis com aluguel até R$ 2 mil são os mais buscados em toda a cidade

Localizada no norte paranaense, Maringá se destaca como a terceira maior cidade do estado e a sétima da região Sul, com população de 409.657 habitantes, conforme o Censo 2022. Seu crescimento populacional, que registrou um aumento de 14,7% na última década, é impulsionado pela economia em expansão e por ser um dos principais polos educacionais do Paraná.

Além disso, Maringá figura entre as 50 melhores cidades do Brasil em termos de qualidade de vida para seus residentes, segundo o Ranking Smart Cities Connected 2023. Essa combinação de crescimento econômico e qualidade de vida potencializa a valorização imobiliária na cidade.

Por isso, nosso time de Inteligência Imobiliária preparou este panorama sobre o mercado de locação em Maringá a partir de dados disponíveis na base da Superlógica Arbo entre janeiro e abril de 2024.

Neste conteúdo, você vai descobrir em quais regiões os locatários estão procurando imóveis e quais valores estão dispostos a pagar.

Preferência dos consumidores na busca por apartamentos

Em toda a cidade de Maringá, os apartamentos representaram 50% da demanda por imóveis de locação, uma estatística próxima à proporção de contratos ativos na cidade, em que 48% dos acordos de locação são para este tipo de imóvel.

Entre os bairros de Maringá, a Zona 7 se destaca como a escolha mais popular. Esta área atraiu 21% da procura total por locação na cidade e 38% das pesquisas quando consideramos apenas os apartamentos. Entre os contratos de apartamentos ativos na cidade, 38% também são nessa região.

A popularidade da Zona 7 pode ser atribuída a diversos motivos. Além de ser o bairro onde está localizada a Universidade Estadual de Maringá, sua localização estratégica somada à presença de supermercados, farmácias e escolas, contribuem para a atratividade da região.

Quem buscou por apartamentos na Zona 7 pesquisou por imóveis que apresentavam as seguintes faixas de preço e número de dormitórios:

  • Apartamentos com 1 quarto e aluguel até R$ 1 mil atraíram 30,97% das buscas. 
  • Apartamentos com 1 quarto e aluguel na faixa entre R$ 1 mil e até R$ 2 mil também receberam aproximadamente 30% das buscas;
  • Apartamentos com 2 quartos e aluguel variando entre R$ 1 mil a R$ 2 mil reais foram procurados por 15,49% dos locatários.


Ainda vale destacar que, com base nos contratos ativos na cidade, o valor médio do aluguel de apartamentos praticado na Zona 7 é de R$ 1.250,79.

Outros bairros que conquistaram a preferência dos locatários foram Jardim Ipanema, com 12,36% das buscas, seguido pela Zona 1 que recebeu 8,33% das pesquisas e Chácara Paulista com 7,57%.

Quanto à faixa de preço, temos o seguinte panorama:

  • 48,8% dos locatários buscaram apartamentos com aluguel entre R$ 1 mil e R$ 2 mil. Deste total, 46% preferem apartamentos de 2 quartos;
  • 41,8% procuraram por unidades com aluguel até R$ 1 mil. Deste total, 74% tem preferência por apartamentos com 1 quarto;
  • Entre os interessados em imóveis na faixa de R$ 2 mil a R$ 4 mil, 73% buscaram apartamentos de 3 quartos.

Preferência dos consumidores na busca por casas

46,6% da demanda por locação em Maringá foi direcionada para casas.  O bairro mais pesquisado pelos locatários que desejam morar nesse tipo de imóvel foi o Parque Tarumã, com 8,84% das buscas. Essa região é conhecida por sua tranquilidade e por abrigar áreas residenciais que ficam próximas a importantes vias de acesso da cidade.

Um fato curioso é que todos que pesquisaram por casas no Parque Tarumã procuravam por imóveis com 2 dormitórios e aluguel de até R$ 1 mil.

Os outros bairros que conquistaram a preferência dos locatários que preferem morar em casa foram Residencial Tuiuti (6,2%) e Jardim Diamante (6,03%).

Em relação à faixa de preço, os interessados em casas tiveram as seguintes preferências:

  • 56,8% das pesquisas foram direcionadas para alugueis entre R$ 1 mil e R$ 2 mil reais. Deste total, 55% tinham preferência por casas com 3 quartos;
  • 25% optaram por casas até R$ 1 mil. Deste total, 69% procuraram imóveis com 2 quartos;
  • Aproximadamente 15% dos locatários estavam dispostos a pagar entre R$2 mil e R$ 4 mil de aluguel. Destes, 8 em cada 10 pesquisaram por casas com 3 quartos.

Ainda é importante destacar que, embora Parque Tarumã, Residencial Tuiuti e Jardim Diamante sejam os bairros mais pesquisados, é Jardim Alvorada que lidera em número de contratos ativos por quem preferiu alugar uma casa. Nesta região, o valor médio de locação praticado atualmente é de R$1.372,64.

Preferência dos consumidores por imóveis comerciais

Ao compararmos a demanda e os contratos ativos de locação comercial, a diferença entre as duas estatísticas é mais notável do que nos imóveis residenciais. Apesar da procura por imóveis comerciais ter sido de 3,29%, o número de pontos de comércio locados na cidade sobe para 20% quando consideramos os contratos ativos.

A Zona 5 foi a opção mais popular entre aqueles que buscavam um imóvel para abrir ou expandir os seus negócios, atraindo 29,87% das pesquisas em toda a cidade. 

Por outro lado, quando observamos o número de contratos ativos, a Zona 1 merece  destaque. Situada na região central e lar dos principais cartões postais da cidade, como a Catedral de Maringá e o Parque do Ingá, a região abriga 24,51% dos contratos de imóveis comerciais vigentes na cidade, que possuem valor médio de R$ 3.337,83.

Sobre a faixa de preço que os empresários e empreendedores estavam dispostos a pagar em toda a cidade, temos o seguinte cenário:

  • 42,9% das pesquisas por imóveis comerciais foram direcionadas para aluguel entre R$ 1 mil e R$ 2 mil;
  • 32,5% preferem um imóvel com valor de locação variando entre R$ 2 mil e R$ 4 mil.

Esses são os principais dados sobre as preferências dos consumidores na busca por imóveis para locação na cidade de Maringá, entre janeiro e abril de 2024, a partir das informações extraídas da base de dados da Superlógica Arbo.

Para acessar outros estudos sobre o mercado imobiliário em outras cidades do país, acesse a página do Núcleo de Inteligência Imobiliária.

Ellen Ramos Cardoso
Ellen Ramos Cardoso

Ellen é jornalista e traz consigo uma bagagem que combina experiências em agências de comunicação, assessoria e jornais. É responsável pelos conteúdos aqui do blog e da Arbo 360º, com o compromisso de ajudar gestores e imobiliárias a descomplicar suas rotinas e impulsionar os resultados.

Postagens relacionadas

bares e restaurantes maringa

Os 12 melhores bares e restaurantes de Maringá

Confira as melhores opções de bares e restaurantes, além de outras opções gastronômicas que Maringá oferece para seus moradores Se você pensa em morar em Maringá e é daquelas pessoas não dispensa um bom lugar para sair para comer na cidade, precisa ler este artigo! Vamos apresentar os melhores bares e restaurantes em Maringá, quais […]

faculdade-de-maringa

Qual a melhor faculdade de Maringá?

Confira as melhores dicas para você não errar na escolha da instituição. Maringá é uma cidade fascinante. Ela é muito bem planejada, possui uma excelente infraestrutura e, além do mais, recebe todos os anos milhares de estudantes de todos os lugares do Brasil. Se você está se mudando para a cidade canção por conta dos […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *