27 de janeiro de 2022

Casa geminada: vantagens e desvantagens

casa-germinada

A casa geminada, que também pode ser chamada de conjugada, é a construção de duas ou mais moradias ligadas umas às outras, e que dividem de maneira proporcional o mesmo lote. Mesmo que você não saiba o que é esse tipo de moradia, provavelmente já viu ou ouviu falar de algumas em sua cidade. 

Há alguns anos, essa construção se tornou uma tendência no segmento imobiliário, e para muitos, continua sendo uma boa alternativa. Mas se você ainda não sabe se esse é o tipo ideal de moradia para você e sua família, hoje vamos ver algumas vantagens e desvantagens da casa geminada para tirar a sua dúvida e te ajudar nessa escolha, ok?

Afinal o que é uma casa germinada?

Primeiro, é importante dizer que é muito comum a confusão do conceito de casa geminada, pois muitos entendem como “casa germinada.” A palavra germinar tem origem no verbo crescer, brotar, desenvolver. Por outro lado, o termo “geminada” está ligado com a ideia de gêmeos, algo idêntico a outra coisa, entendeu? Na prática, é uma combinação de casas construídas em um único terreno, compartilhando de uma ou mais paredes.

Apresentam também o mesmo arranjo de configuração interna, com metragem e número de cômodos. No geral, essas casas estão dentro de um mesmo condomínio e tem como grande vantagem ser um imóvel mais barato, visto que os imóveis são construídos em série.

Para quem é recomendado a casa geminada?

Antes de comprar um imóvel com esse perfil você precisa estar atento para algumas questões importantes. O fato é que uma casa geminada geralmente é mais barata que uma casa convencional, e isso pode ser uma boa para quem não tem um orçamento muito grande para fazer a compra.

Ela é indicada para quem está em busca do primeiro imóvel, ou seja: quem está começando a construir um patrimônio. Mas, o principal ponto é que nem sempre a construção e o acabamento são de qualidade devido a essa produção em série. Isso pode acontecer, então vale ficar atento! 

Outro ponto é que como a maioria dessas moradias estão em condomínios, é comum também que haja áreas comuns que tenham que ser compartilhadas com os vizinhos. 

Bom, mas para saber realmente se vale a pena você investir em uma casa geminada, agora vamos falar sobre as vantagens e desvantagens desse tipo de imóvel. Confira abaixo!

Quais são as principais vantagens de uma casa geminada?

Esse tipo de residência tem características que podem agradar a moradores dos mais diferentes perfis.

1- Preço mais barato 

Sem sombra de dúvidas, a principal vantagem da casa geminada é: o preço mais baixo em relação a outras construções. É comum que uma casa geminada saia por um preço mais barato sem significar que sua qualidade ou localização sejam prejudicados. 

Os gastos com a compra ou com o aluguel de uma casa conjugada costumam ser mais em conta do que com outros tipos de imóvel também. Isso acontece porque o custo da construção dessas residências é menor, já que as despesas com a fundação, a estruturação das paredes e a instalação das redes elétrica e hidráulica e dos telhados são divididos entre os outros imóveis geminados.

2- Terreno

E o fato de as casas geminadas compartilharem a mesma estrutura, como o telhado e a parede, faz com que seja possível construir mais de uma casa em um mesmo terreno. Assim, você consegue aproveitar melhor o espaço do terreno.

3- Economia com manutenção

Além das economias na aquisição ou locação dessas casas, é possível economizar nas manutenções e reparos que também podem ser compartilhados com os vizinhos, como consertos no telhado, corte de grama e pintura das fachadas, por exemplo. Além disso, a manutenção de uma casa geminada costuma ser bem mais barata que outro imóvel convencional.

4- Espaço

Embora essas residências sejam menores que outras casas e estejam em lotes pouco extensos, elas oferecem mais espaço em comparação com outras habitações, como alguns tipos de apartamentos. Além disso, tem casa geminada que conta com um pequeno espaço ao ar livre, o que pode dar mais liberdade aos animais do imóvel, por exemplo.

5- Mais segurança

Em casas geminadas ocorrem menos roubos e furtos que as residências independentes por causa da proximidade entre os imóveis. Ou seja, as chances de acontecer algum tipo de problema relacionado a isso são menores.

Além disso, os custos de instalação de sistemas de segurança compartilhados com os moradores dos outros imóveis são proporcionalmente menores que o investimento em uma residência tradicional, concorda? Algumas construções, inclusive,  já trazem esse tipo de comodidade, assim como os imóveis conjugados localizados dentro de condomínios.

Ah… e vale dizer que a convivência com os moradores de uma casa geminada acaba sendo inevitável. Apesar de isso representar algumas desvantagens, essa convivência pode acabar sendo positiva em determinados aspectos, como o da segurança.

Por exemplo: se os moradores de uma casa estão viajando, os moradores da outra casa podem ficar de olho na residência ao lado. Eles podem até ajudar a cuidar dos animais de estimação – caso houver, e isso aumenta e muito a chance de nada ocorrer de errado na ausência dos moradores.

E quais são as desvantagens da casa geminada?

Mesmo com tantos pontos positivos, essas moradias podem ter alguns pontos não tão atrativos, principalmente às pessoas que estão acostumadas com as residências tradicionais. Vamos descobrir quais são eles?

1- Uniformização da fachada

A mesma configuração das casas e dos acabamentos pode deixar a construção conjugada com uma estética muito padronizada. Assim como acontece em alguns edifícios, às vezes uma casa geminada não permite a diferenciação da fachada externa entre um espaço e outro. Caso seja possível, faça um paisagismo ou use cores e acabamentos diferentes do vizinho para trabalhar seu estilo pessoal à casa.

2- Iluminação solar

Sabendo que as paredes da casa geminada ficam grudadas, pode ser que aconteça – aliás, é bem comum – que uma das casas acabe não pegando sol e, consequentemente, fique mais fria. Além disso, a falta de sol em determinada parte da casa pode acabar ocasionando problemas com infiltrações.

3- Ventilação

Assim como a iluminação, o mesmo acontece com a questão da ventilação. Existe a possibilidade de uma das casas acabar tendo menos circulação de ar do que a outra, por conta do fato de um dos lados da casa não possuir espaço para grades nas janelas, e a falta de ventilação pode deixar esses cômodos mais abafados.

4- Falta de privacidade

Lembra sobre os vizinhos se uniram para ajudar uns aos outros no aspecto de segurança devido a proximidade de uma casa com a outra? Se recorda que tinha uma parte não tão boa nisso? Pois bem, aqui está ela: a falta de privacidade.

Além das paredes compartilhadas, não é incomum entre os moradores de uma casa geminada saibam o que o morador ao lado esteja fazendo, ouvindo, conversando, ou até mesmo o que está cozinhando, especialmente se for um prato bem temperado. E isso, pode ser um problema para quem realmente gosta de privacidade. 

Há também algumas construções conjugadas que compartilham espaços comuns, como áreas de lazer, de serviço ou estacionamento. O segredo para resolver esse inconveniente é sempre prezar pelo bom relacionamento entre os moradores.

Nossas dicas te ajudaram a entender melhor sobre os benefícios e os desafios de viver em uma casa geminada? Conte para nós aqui nos comentários e aproveite para compartilhar com seus amigos este e outros conteúdos do Blog da Arbo!

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

Tecido boucle: conheça a tendência decorativa

O tecido boucle pode ser utilizado tanto em sofás e em poltronas quanto em cortinas. Sua aparência inconfundível o tornou uma das principais tendências do ano Decorar e redecorar imóveis é uma atividade terapêutica para muitas pessoas. Muitas vezes, os moradores sentem a necessidade de mudar os cômodos e, por isso, buscam informações sobre as […]

Apartamento Alugado

Vai entregar apartamento alugado? Saiba se preparar

A entrega do apartamento alugado inclui diversos cuidados para garantir a segurança de inquilinos e proprietários. Veja o que fazer para tornar o processo mais fácil. A entrega de um apartamento alugado envolve uma série de procedimentos para garantir que inquilinos e proprietários encerrem o vínculo de forma respeitosa e segura. Os contratos de locação […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *