24 de maio de 2022

Confira como comprar um apartamento

como comprar um apartamento

Quer saber como comprar um apartamento sem dor de cabeça? Veja um passo a passo para se preparar e tornar a jornada muito mais fácil.

A decisão de adquirir um imóvel sempre representa uma mudança importante em nossas vidas e é acompanhada por muitas dúvidas. A jornada até a assinatura do contrato de compra e venda exige vários cuidados e nos obriga a correr atrás de novos conhecimentos. Por isso, resolvemos preparar este post sobre como comprar um apartamento.

Para facilitar o entendimento, dividimos o processo em cinco passos. Cada um deles traz várias dicas interessantes para guiar seu aprendizado antes da compra. Afinal, uma decisão desse porte merece atenção especial aos detalhes para garantir o melhor resultado.

  1. Aprenda a preservar seu dinheiro
  2. Faça uma boa pesquisa de mercado
  3. Estude várias formas de pagamento
  4. Busque um apartamento adequado
  5. Deixe a tecnologia ajudar

1º passo de como comprar apartamento: aprenda a preservar seu dinheiro

Como comprar um apartamento requer estabilidade financeira no longo prazo, é fundamental aprender a cuidar bem do seu dinheiro. Para isso, é bom começar definindo uma meta realista. Analise suas condições de vida atuais e o tipo de apartamento que faz sentido para você.

Com base nisso, estabeleça um prazo para juntar ao menos o dinheiro necessário para pagar a entrada, caso opte por um financiamento. Mas é importante ressaltar que gastar todo o dinheiro guardado de uma vez só é uma atitude imprudente. Afinal, um imprevisto pode acontecer a qualquer momento.

Por isso, é recomendável formar uma reserva de emergência antes mesmo de começar a economizar para o apartamento. Procure guardar um valor suficiente para pagar as suas contas por ao menos seis meses. É claro que isso parece muito difícil para a maioria de nós, mas o senso de disciplina é indispensável para alcançar objetivos complexos.

Uma boa dica para guardar uma grana é ter uma planilha para registrar todos os seus gastos e comparar com o que você recebe a cada mês. Ao fazer esse simples exercício, você provavelmente vai descobrir que está jogando recursos fora com coisas que não são tão importantes assim.

Talvez você tenha um plano de internet mais caro que o necessário ou a assinatura de um streaming que quase nunca assiste. Pode ser que você consiga substituir algum item de compra recorrente por alternativas mais baratas. Pode apostar que qualquer um de nós é capaz de identificar despesas supérfluas em nossas vidas.

E são esses pequenos gastos do dia a dia, muitas vezes motivados por impulsos ou por hábitos prejudiciais, que nos impedem de ter uma boa saúde financeira. É claro que você não precisa abrir mão de tudo que gosta, mas vale analisar até que ponto certas coisas valem a pena. 

2º passo: Faça uma boa pesquisa de mercado

Enquanto junta a grana necessária, você já pode avançar para o segundo passo do nosso guia de como comprar um apartamento. É a hora de entender como o mercado funciona e aprender a identificar boas oportunidades de negócio.

Com as informações obtidas na etapa anterior, você já conseguirá fazer uma boa análise do tipo de apartamento que vale mais a pena para você. Geralmente, é mais barato comprar um apartamento na planta do que adquirir um que já esteja pronto. Por outro lado, o apartamento na planta levará um certo tempo até ser entregue. Cabe a você avaliar se a diferença de preços faz a espera valer a pena. 

3º passo: Estude várias formas de pagamento

economizar para comprar um imóvel

Essa é uma etapa que merece muita atenção de quem quer saber como comprar um apartamento. Afinal, existem muitas maneiras de concretizar o negócio e cada uma delas tem características distintas, podendo se encaixar ou não ao seu perfil. 

Antes de falar de cada uma delas, vale destacar que ter um bom valor guardado de antemão ajuda muito em todos os casos. Você vai encontrar no mercado duas modalidades principais de pagamento – financiamento e consórcio. O Blog da Arbo já tem um artigo que aborda mais profundamente a diferença entre elas, mas vamos dar aqui uma introdução.  

Financiamento

O financiamento de imóveis é um tipo de operação financeira em que o valor do bem é dividido em parcelas que devem ser pagas ao longo de um grande período. Na prática, ela é como um empréstimo no qual o objetivo já está bem definido. A instituição financeira paga o valor do imóvel ao vendedor e espera que o comprador o devolva acrescido de juros.

O crédito só será disponibilizado após uma análise rígida das suas condições financeiras. Via de regra, os bancos permitem que o valor das parcelas chegue a, no máximo, 30% da sua renda familiar bruta. O histórico do comprador em órgãos como o Serasa também faz toda a diferença.

É aí que entra a importância de ter uma vida financeira bem organizada, como abordamos no nosso primeiro passo. Além disso, quanto mais dinheiro você tiver para dar de entrada, menor o valor a ser parcelado. Isso vai ajudar a reduzir o valor de cada mensalidade ou o número de prestações.

Consórcio

Quando contratamos um consórcio para comprar um imóvel, passamos a participar de um grupo com várias outras pessoas que têm o mesmo objetivo. Cada uma delas deve pagar suas parcelas em dia para que os valores sejam acumulados em uma poupança. 

A ideia é que, com o passar do tempo, todos os participantes do grupo recebam o valor necessário para a compra. A ordem de recebimento é determinada por sorteio, mas, se você tiver algum dinheiro guardado, pode dar um lance e aumentar suas chances de ser contemplado mais rápido.

O consórcio parece uma opção mais flexível para comprar um apartamento, pois não exige uma entrada e não há cobrança de juros nas parcelas. O que há, na verdade, é uma taxa de administração paga à empresa responsável por organizá-lo.

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Você vai encontrar uma infinidade de empresas oferecendo consórcios e financiamentos que se encaixam em todo tipo de perfil. Por isso, é fundamental aprender a comparar as propostas. Cada empresa costuma disponibilizar simuladores de financiamento, os quais você pode utilizar como referência para estudar a melhor alternativa.

4º passo: Busque um apartamento adequado

É possível que você já tenha em mente alguns bairros nos quais gostaria de morar. A partir dessa informação, inicie uma pesquisa dos imóveis disponíveis nessas regiões e aproveite para imaginar como seria morar nelas. Você pode refletir em torno das seguintes perguntas:

  • O bairro fica perto do seu local de trabalho?
  • O bairro tem uma boa infraestrutura?
  • O bairro é conhecido por ser seguro? 
  • O bairro tem um bom potencial de valorização caso você decida vender o imóvel no futuro?

Essas perguntas já vão te ajudar a filtrar algumas opções interessantes. Em seguida, é bom pensar sobre as características desejáveis dentro do imóvel.

5º passo: Use a tecnologia para facilitar tudo

comprar imóvel pela internet

Todas as etapas da jornada de compra de um apartamento ficam muito mais fáceis com ajuda da tecnologia. Para controlar suas finanças, por exemplo, você pode recorrer a aplicativos como Mobills, Organizze e Guia Bolso. Todos eles têm funções para classificar cada despesa e fonte de renda em categorias e visualizar melhor para onde seu dinheiro está indo.

Na hora de pesquisar preços e características de imóveis, você também terá muitas opções interessantes. O portal Arbo Imóveis, por exemplo, oferece um sistema de busca completo que ajuda o usuário a encontrar o imóvel que mais se encaixa em suas expectativas. 

Além de indicar o tipo de imóvel, você pode realizar a pesquisa pelo nome da cidade, do bairro ou da rua. Em seguida, é só usar os filtros para mostrar apenas as opções com as características exatas, como limite de preço, tamanho, número de quartos, banheiros e vagas na garagem.

Outra funcionalidade muito útil é a busca por bairros, que permite explorar regiões específicas e saber todo tipo de informação sobre elas, como os pontos comerciais de destaque, bares e restaurantes, escolas e mobilidade urbana. Com isso, você conhece tudo sobre o local antes mesmo de ir até lá presencialmente.

Depois de encontrar um apartamento com a sua cara e conhecer todos os detalhes sobre ele, você ainda pode iniciar as negociações com o vendedor sem sair de casa. É possível cadastrar seu e-mail e telefone para que ele entre em contato, agendar uma visita ao imóvel ou fazer uma proposta. 

Depois disso, todo o processo de compra é online e sem burocracia. Graças ao uso da tecnologia de assinatura digital, a Arbo conseguiu reduzir o tempo para fechamento de contratos em 50%.

Quer saber mais sobre como comprar um apartamento?

Agora que você já sabe como comprar um apartamento com mais segurança, continue no Blog da Arbo e veja como comprar e alugar um imóvel pela internet. É fácil e rápido!

Postagens relacionadas

Seguro residencial: proteção do imóvel após mudança

Mudou-se para um novo imóvel e está preocupado com a segurança? O seguro residencial pode ser uma excelente opção. Saiba mais sobre o tema nesse texto Se você está de mudança para um novo imóvel, deve estar preocupado com a segurança de sua propriedade e de seus bens. Para garantir a proteção da casa ou […]

condomínio

Condomínio: descubra tudo antes de se mudar

Está em busca de saber qual o tipo de moradia ideal para você? Conheça um pouco mais sobre o condomínio.  Para muitas pessoas, morar em um condomínio é sinônimo de segurança, qualidade de vida e economia. Tanto condomínios de casas quanto de prédios tem se multiplicado nas grandes cidades brasileiras nos últimos anos.  O Censo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *