15 de novembro de 2021

Tecidos de sofá: conheça os principais

Quer renovar a decoração das salas e não sabe por onde começar? Os tecidos de sofá são importantes componentes e, por isso, você deve saber como escolher o melhor. Confira!

A decoração das salas é um ponto importante para a estética de todo o imóvel. Isso porque esses cômodos são os principais locais de convivência entre os moradores. Desse modo, é preciso estar atento a cada detalhe. Para isso, é importante que você conheça os principais tecidos de sofá.

Para que essa tarefa de escolher os tecidos de sofá ideais para suas salas seja simples, o Blog da Arbo preparou esse guia. Nesse texto você irá conhecer os principais tipos de tecido e irá conferir dicas para selecionar o que melhor combina com sua casa ou com seu apartamento. Continue a leitura!

Tecidos de sofá: quais são os principais?

Existe uma infinidade de tecidos de sofá e, por isso, a escolha costuma ser complexa para quem deseja comprar um novo móvel para as salas ou para outros cômodos da casa ou do apartamento.

Nesse sentido, os tecidos apresentam níveis diferentes de conforto e, também, estão relacionados a vários estilos de decoração. Para saber qual melhor combina com suas necessidades e com as tendências decorativas de seu imóvel, conheça os principais tecidos de sofá:

Couro sintético

Os sofás de couro sintético são uma excelente opção para quem busca praticidade, boa estética e facilidade de limpeza. Além disso, essa alternativa é mais viável do que o couro natural, especialmente devido ao custo financeiro e à sustentabilidade, uma vez que o material não envolve a exploração de animais para ser produzido.

Os couros sintéticos podem ser divididos em três tipos: o courvin, o corino e o PU. As variações entre as categorias envolvem a textura de cada tecido, bem como a durabilidade e outros fatores. 

De maneira geral, todos os tipos de couro sintético apresentam alta impermeabilidade, ou seja, não absorvem líquidos. Além disso, são resistentes quando comparados a tecidos que apresentam tramas e, por isso, são indicados para casas que contam com pets que não abrem mão de descansar no sofá.

Chenile

Composto por algodão, seda e lã, o chenile é um dos principais tecidos de sofá no Brasil. Seu visual marcado por linhas ou por quadriculados está presente em muitos imóveis e a tendência, apesar de ter perdido espaço com a chegada do tecido suede, ainda é uma das mais utilizadas na decoração de salas.

Caracterizado por sua resistência e por sua boa durabilidade, o tecido possui uma textura macia e muito confortável. Desse modo, o chenile é indicado, principalmente, para sofás posicionados em salas de descanso e em salas de TV.

Ao contrário do couro sintético, possui baixa impermeabilidade, o que dificulta a limpeza. Além disso, as linhas ou os quadriculados presentes no tecido favorece o acúmulo de sujeira, o que é prejudicial não somente para a higiene do cômodo, mas também para os moradores que possuem algum tipo de alergia. 

É válido ressaltar que o chenile, por ser produzido a partir da seda e da lã, utiliza mão de obra animal. Desse modo, se você é adepto de campanhas contra a exploração destes, prefira tecidos sintéticos, como o couro.

Sarja

Conhecido por sua resistência, o tecido de sarja é uma das opções mais acessíveis no quesito financeiro. Apesar de seu preço intermediário, o material possui boa durabilidade e é indicado para imóveis situados em regiões quentes, já que a sarja conta com conforto térmico.

A principal desvantagem do tecido está relacionada à sua textura, que é mais áspera e, portanto, menos confortável do que a do chenile, por exemplo. Além disso, o tecido é pouco impermeável e, por isso, absorve líquidos e, também, sujeira.

A sarja é considerada um material frágil quando o assunto são líquidos e, desse modo, ao ocorrer um acidente, é importante secar o local com um pano limpo imediatamente. Além disso, a forma mais adequada de limpar o sofá é com aspirador de pó, para que não existam problemas com manchas de produtos químicos.

Linho

O linho é considerado um dos melhores tecidos de sofá, especialmente devido à sua capacidade de aliar conforto, beleza e qualidade. O material é produzido de forma sintética, a partir de matérias-primas como o algodão e o poliéster. Desse modo, é considerado ecologicamente correto.

Resistente, durável e de fácil manutenção – já que pode ser higienizado apenas com um pano úmido -, os sofás de linho não são totalmente impermeáveis, mas não absorvem tanto líquido e acumulam tanta sujeira quanto outros tecidos, como o chenile. 

A principal desvantagem desse tecido está relacionada ao custo, que é superior em comparação com as demais opções citadas. 

tecidos-de-sofá

Tweed

O tweed é um dos mais nobres tecidos de sofá e, por isso, possui um custo elevado. A qualidade do material é uma das principais vantagens, já que oferece, além de conforto e aconchego, resistência e durabilidade.

Ao contrário da sarja, o tweed é indicado para sofás de imóveis localizados em regiões mais frias, uma vez que é capaz de absorver calor e, assim, esquentar o cômodo. 

Suede

O suede é um dos tecidos de sofá mais comuns na atualidade. Isso porque alia conforto, qualidade e um preço acessível. Produzido a partir de poliéster, possui uma textura macia e aveludada, o que confere aconchego aos moradores do imóvel.

Suas principais vantagens estão relacionadas, também, à durabilidade e à resistência. A boa notícia é que podem ser utilizados em diversos estilos decorativos, já que estão disponíveis em infinitas cores.

A única desvantagem do suede, entretanto, está relacionada à sua alta capacidade de absorção. Desse modo, problemas com manchas são comuns e a limpeza não é algo simples.

Veludo

O veludo não pode ficar de fora da lista dos principais tecidos de sofá. Conhecido por sua elegância, é confortável e indicado para cômodos cuja decoração tende ao estilo clássico, que preza pela harmonia e pela perfeição estética do ambiente.

A principal desvantagem do tecido está relacionada à aparência de sujeira e de pelos de animais. Desse modo, se você possui um amigo peludo, o veludo pode não ser a melhor alternativa.

Jacquard

O tecido jacquard é uma das principais tendências quando o assunto é decoração maximalista. Isso porque, ao contrário do minimalismo, o estilo preza pelo excesso de cores e de objetos, mesmo que preze pela harmonia completa entre os itens. 

O material está disponível em uma infinidade de cores e de estampas e, por isso, pode ser escolhido para sofás que serão utilizados como peças-chave da decoração. 

Apesar de não ser totalmente impermeável, o jacquard possui tramas extremamente fechadas, o que dificulta a absorção de líquidos e o acúmulo de poeira e de sujeira. Desse modo, a facilidade de limpeza é uma de suas principais vantagens.

Suas principais características estão relacionadas à durabilidade e à resistência e, por isso, o tecido é indicado para imóveis de moradores que possuem amigos peludos.

tecidos-de-sofá

Dicas para escolher o tecido correto

O tópico acima apresentou e detalhou os principais tecidos de sofá. Desse modo, agora você irá conferir dicas para escolher o mais indicado de acordo com suas necessidades e com suas preferências.

Melhor custo-benefício

Se o que você busca em um sofá é a relação de custo-benefício, deve investir em tecidos que apresentam um valor razoável e muitas vantagens, como resistência, conforto e durabilidade. Desse modo, os tecidos de sofá mais indicados são:

  • Couro sintético;
  • Suede;
  • Chenile.

Mais resistentes

Entretanto, se o que você busca é um sofá com tecido resistente, especialmente por conta de pets e de crianças, as principais indicações são:

  • Couro natural (não confunda com o couro sintético);
  • Veludo;
  • Tweed.

Mais baratos

O valor dos tecidos de sofá costuma variar bastante e, por isso, é necessário que você avalie suas condições financeiras antes de escolher. Nesse sentido, se você verificou e notou que precisa optar por uma alternativa mais acessível, prefira os tecidos de sofá:

  • Couro sintético;
  • Sarja;
  • Chenile.

Quer saber mais sobre os tecidos de sofá? No vídeo Quais os melhores tecidos para sofá?, publicado no canal Elaine Oliveira Decoração e Interiores, você confere dicas para escolher a melhor alternativa. Assista:

O que você achou desse conteúdo?

Agora que você já conhece os principais tecidos de sofá e que já conferiu as dicas para escolher o ideal para seus móveis, chegou o momento de nos contar sua opinião sobre esse conteúdo. Qual tecido mais chamou sua atenção? E qual combina melhor com a decoração de sua casa ou de seu apartamento? Deixe suas impressões na caixa de comentários abaixo.

Se você deseja conferir artigos semelhantes, continue a navegar pelo Blog da Arbo. Aqui você tem acesso a diversos conteúdos sobre decoração, como dicas para decorar sua sala de jantar, seu quarto e até mesmo o banheiro. Além disso, confere textos sobre outros assuntos, como mudanças, financiamentos imobiliários e muito mais.

Para saber tudo sobre decoração, clique aqui e acesse o artigo completo.

Conheça, também, a Central de Ajuda da Arbo, que reúne diversas dicas e orientações para problemas do cotidiano. Lá você encontra, por exemplo, o passo a passo para emitir a segunda via de faturas de energia elétrica, de água e até mesmo do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Visite o Portal da Arbo para encontrar o imóvel ideal. O site reúne milhares de casas e de apartamentos em centenas de cidades do Brasil e, para pesquisar a melhor opção para você e para sua família, utilize nossos filtros de busca especializados. Acesse!

Postagens relacionadas

vasos-decorativos

Vasos decorativos: veja como usar os itens

Quer criar ambientes mais charmosos e aconchegantes usando vasos decorativos, mas não sabe em quais estilos apostar ou onde colocá-los? Chegou a hora de conferir algumas dicas para essas peças indispensáveis Poucos objetos são tão versáteis quanto os vasos decorativos. Eles cabem bem em todos os cômodos da casa, podendo adaptar-se à cozinha, sala de […]

Vistoria-de-imóveis

Vistoria de imóveis: as melhores dicas para não errar

Existem vários fatores que devem ser levados em conta antes de adquirir uma residência. A vistoria de imóveis, por exemplo, pode evitar problemas futuros e garantir que você faça um bom negócio Só quem já teve contratempos depois de uma vistoria mal executada sabe o quão estressante essa situação pode ser. O ideal é que […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *