12 de maio de 2022

Conheça as vantagens e desvantagens de morar na zona urbana

morar na zona urbana

Está pensando em se mudar e morar na zona urbana? Veja aqui alguns fatores a considerar antes de se decidir!

A vida é feita por muitas fases que nos desafiam a enfrentar o desconhecido. Se você chegou a este texto, provavelmente está se perguntando se vale a pena ir viver em uma cidade maior. De fato, morar na zona urbana traz muitas vantagens, mas também tem lá suas desvantagens, dependendo da maneira como você se sente hoje e como gostaria de se sentir no futuro.

Neste post do Blog da Arbo, levantamos alguns pontos nos quais você deveria pensar antes de tomar essa decisão. Esperamos que seja útil!

Vantagens de morar na zona urbana

Morar na zona urbana traz uma série de benefícios que tornam o dia a dia mais prático que em regiões afastadas. Vamos ver alguns deles.

Comércio e serviços sempre por perto

Para começar, todo tipo de estabelecimento essencial de comércio e serviços está sempre por perto: padarias, farmácias, postos de gasolina, supermercados e muito mais. Quando se mora em uma zona rural, nem sempre é fácil ter acesso a qualquer tipo de produto, principalmente se a distância for grande demais.

Por outro lado, na cidade, tudo está a poucos quilômetros ou até a poucos metros, dependendo do bairro em que você for morar. Além disso, a explosão dos serviços de delivery nos últimos anos facilita ainda mais o acesso a itens de primeira necessidade. Você já nem precisa sair de casa para comprar comida, por exemplo. Tudo está na palma da mão.

Mais opções de lazer, cultura e entretenimento

Ir a cinemas, eventos esportivos importantes, shows com grandes artistas… quem mora nas principais cidades tem esse tipo de oportunidade com frequência. Além disso, as zonas urbanas costumam receber investimentos para proporcionar outras opções de lazer aos moradores, como parques, praças, museus, etc.

Isso sem contar os bares, restaurantes e boates que agitam a vida noturna, coisa que você não vai encontrar em áreas rurais. Com todas essas opções, fica mais fácil dar uma quebrada na rotina de vez em quando, levar os filhos para passear, sair com os amigos e conhecer muitos lugares diferentes.

Boas escolas para os filhos

O acesso à educação ainda é muito precário na maior parte das áreas rurais. É bem verdade que até as zonas urbanas têm problemas nesse sentido, mas, especialmente quando consideramos as grandes cidades, é inegável que há mais chances de colocar seus filhos em boas escolas.

Além disso, a simples convivência com outras pessoas em uma cidade movimentada traz experiências que nem sempre estão à disposição de quem cresce no campo. Outro ponto a se destacar é que, morando na cidade, as oportunidades profissionais tendem a ser mais variadas.

Isso não significa, necessariamente, que trabalhar na cidade seja mais agradável e recompensador que o trabalho nas zonas rurais, até porque isso é uma avaliação muito subjetiva. Contudo, ainda pensando em educação, o acesso ao ensino superior é facilitado para quem vive na zona urbana, proporcionando maiores chances de crescimento profissional. 

Muitas alternativas de transporte

Quem já morou na zona rural sabe que a questão do transporte pode ser um tanto frustrante. De certa maneira, a falta de opções de transporte é o principal fator por trás de todas as outras limitações da vida no campo, como acesso à educação e saúde.

Por outro lado, morar na zona urbana significa ter muitas opções de transporte, ao menos nas cidades mais desenvolvidas. O transporte público, apesar dos vários problemas que todos nós conhecemos, traz algum nível de comodidade por diminuir o tráfego nas principais vias das cidades.

A tecnologia também fez sua parte nesse aspecto, já que aplicativos como o Uber tornam o deslocamento pela cidade bem mais ágil que os ônibus e, geralmente, mais barato que um táxi. Nas grandes metrópoles, metrôs e trens também desempenham um papel importante em termos de mobilidade urbana. 

E a tendência para os próximos anos é termos cidades mais preparadas para outros meios de transporte, como bicicletas e patinetes. Algumas experiências vêm sendo feitas por empresas como Grin e Yellow, que disponibilizam esse tipo de recurso em um sistema de aluguel. Você pega a bicicleta ou o patinete em um ponto e entrega em outro. É o tipo de iniciativa que pode transformar o trânsito nas áreas urbanas.

Desvantagens de morar na zona urbana

Morar na zona urbana tem um monte de benefícios, mas é claro que também há pontos negativos  que não são tão fáceis de resolver e podem ser um incômodo para você. Vamos ver alguns deles:

Preocupação com a segurança

Coisas ruins podem acontecer em qualquer lugar, mas é fato que a segurança pública é um dos principais problemas das grandes cidades. Isso faz com que os moradores das zonas urbanas invistam em uma série de aparatos de segurança, como sistemas de alarme para os carros, câmeras de segurança e cercas elétricas para as residências.

Quem mora em condomínios fechados paga caro para se sentir mais seguro. Os porteiros controlam o acesso ao local. Dispositivos sofisticados, como sensores de movimento, fechaduras eletrônicas e diversas câmeras tentam identificar a presença de invasores. Esses cuidados, de certa forma, são fontes de ansiedade permanente. 

Trânsito movimentado

Para muitos moradores das cidades grandes, ir para o trabalho é uma viagem longa, não pela distância em si, mas porque o trânsito é caótico. Quem usa o transporte público enfrenta filas para entrar em ônibus e trens superlotados. Quem tem o próprio carro vai ter algum conforto, mas vai perder bastante tempo nos congestionamentos e pode ter dificuldades para estacionar.

Dependendo do lugar e do horário, um trajeto que poderia durar vinte minutos leva uma hora ou mais. Essa é mais uma fonte de estresse para quem vive nas zonas urbanas, embora o impacto seja menor em cidades com menos habitantes ou que cresceram de forma mais planejada. 

Poluição

A poluição é outra preocupação permanente das grandes metrópoles. Nesse aspecto, os riscos se apresentam em formas diversas. O acúmulo de lixo em lugares inadequados é uma das causas das enchentes em cidades como São Paulo, por exemplo. 

O trânsito frenético prejudica a qualidade do ar e causa problemas respiratórios. O excesso de carros também é uma fonte de poluição sonora, causando grande incômodo no dia a dia. A falta de um crescimento ordenado também gera poluição visual e resulta em uma paisagem não muito agradável, algo que nos afeta até de forma inconsciente.

Afinal, será que vale a pena morar na zona urbana? 

É claro que não há uma resposta única para essa pergunta. Cada um de nós tem desejos diferentes, perspectivas distintas sobre o que é valioso em nossas vidas e, claro, condições de vida que trazem necessidades específicas. Cabe a você, portanto, levar os pontos abordados aqui como base para uma reflexão antes de tomar uma decisão.

Gostou deste artigo? Aproveite para se cadastrar na nossa newsletter gratuita e receba toda semana os novos conteúdos do Blog da Arbo! Você terá acesso a todo tipo de informação relacionada ao mercado imobiliário, incluindo dicas para comprar uma casa ou um apartamento e deixar seu lar mais confortável. Basta preencher o formulário abaixo!

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

casa organizada guarda-roupa arrumado

Conheça as vantagens de ter uma casa organizada

Manter uma casa organizada nem sempre é uma tarefa fácil. Mesmo assim, é possível arrumar todos os cômodos para obter mais conforto e qualidade de vida Você sabia que morar em um local sujo e desorganizado pode prejudicar sua saúde e sua qualidade de vida?! Mesmo que a ideia pareça exagerada, este é um fato. […]

Caixas decorativas: saiba como utilizá-las

Quer renovar seus cômodos gastando pouco? Então está na hora de conhecer as caixas decorativas, que podem transformar o ambiente de forma simples e prática As caixas decorativas são excelentes opções de objetos para pessoas que desejam renovar os ambientes da casa ou do apartamento, mas que não pretendem investir muitos recursos financeiros. Isso porque […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *