26 de julho de 2021

Corretor de imóveis: o que você precisa para se tornar um?

corretor-de-imoveis-2

Já pensou em se tornar um corretor de imóveis? Então chegou a hora de saber se possui os atributos necessários para a profissão

De acordo com dados do Cofeci (Conselho Federal dos Corretores de Imóveis) e do Creci (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis), o Brasil possuía, no último trimestre de 2019, mais de 389,4 mil profissionais (corretor de imóveis) e mais de 48,8 mil imobiliárias ativas no cadastro.

No ano da pesquisa, as instituições apontaram que, a cada mês, 2 mil profissionais, em média, ingressaram no mercado imobiliário, ao passo que 200 novas imobiliárias foram abertas no mesmo período de tempo avaliado.

Diante do levantamento, é possível perceber que o mercado imobiliário é um grande gerador de empregos no Brasil. Em 2020, diante da pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, o cenário foi favorável para o setor, que experienciou recordes de vendas em diversas cidades do país.

corretor-de-imóveis

A baixa taxa geral de juros, conhecida como taxa Selic, e as condições facilitadas de pagamento de financiamentos foram as principais razões do crescimento do mercado neste ano atípico. 

Além disso, o perfil do consumidor sofreu uma alteração, especialmente em decorrência das medidas de prevenção à covid-19, como o isolamento e o distanciamento social.

Se você pensa em se tornar um corretor de imóveis, é necessário conhecer melhor a profissão, como as principais atribuições e, é claro, quais são os requisitos para se tornar um bom profissional. Nesse texto, o Blog da Arbo vai te mostrar algumas dessas informações:

Quais são as funções de um corretor de imóveis?

O mercado imobiliário tem se mostrado, a cada dia, mais atrativo para investidores e, também, para trabalhadores. Por isso, se você deseja ingressar no setor como corretor de imóveis, precisa conhecer as funções desse profissional.

Abaixo você confere, em detalhes, três das principais atribuições de um corretor de imóveis no cotidiano do mercado imobiliário:

Intermediar a negociação

A principal função de um corretor de imóveis no exercício de sua profissão é intermediar a negociação entre o proprietário e o comprador ou entre o proprietário e o locatário. 

Nesse processo, o profissional precisa estar atento às condições apresentadas pelo dono do imóvel, uma vez que deve sempre prezar pelo que atende às necessidades e às preferências do comprador ou do locatário. 

Informar o comprador

Durante o processo de compra ou de locação de uma casa ou de um apartamento, o corretor de imóveis é responsável por informar e por responder todas as questões levantadas pelo comprador ou pelo locatário.

Desse modo, o corretor deve conhecer o imóvel, para que possa transmitir todas as informações necessárias ao seu cliente. Nesse aspecto, o profissional deve ser capaz de sanar dúvidas sobre a condição da casa ou do apartamento, sobre a localização, entre outros pontos.

corretor-de-imóveis

Auxiliar com a documentação

Auxiliar com a documentação é uma das funções mais importantes do corretor de imóveis. Isso porque essa parte costuma ser a mais complexa para o comprador ou para o locatário, que precisa de suporte.

Assim, o profissional precisa explicar ao seu cliente como funcionam os trâmites burocráticos, bem como quais são os documentos necessários para a concretização da negociação de compra ou de locação.

Por que investir na carreira?

O mercado imobiliário atrai inúmeros profissionais todos os anos devido à sua consolidação e ao excelente número de oportunidades que oferece. Nesse sentido, muitos trabalhadores têm se interessado pela profissão de corretor de imóveis.

Veja abaixo algumas das razões para investir nessa carreira:

Ganhos financeiros

Ao escolher uma profissão, o trabalhador precisa, é claro, considerar os ganhos financeiros. Felizmente, um corretor de imóveis costuma ser bem remunerado por seus serviços. Os ganhos mensais de corretores – tanto autônomos quanto registrados – são determinados pelo valor das comissões referentes aos negócios fechados. 

Como as comissões variam, assim como número de casas e de apartamentos vendidos e como o tempo trabalhado por mês, não é possível determinar uma média salarial para um corretor de imóveis.

De acordo com o Creci, a comissão paga a um corretor deve ser de 6% do valor da transação. Contudo, esse número varia de acordo com a transação – se é compra ou se é locação. 

No caso de compras de imóveis, a taxa pode variar de 6% a 8% quando as propriedades estão situadas em regiões urbanas. Já os imóveis localizados em áreas rurais apresentam uma comissão de 6% a 10%, enquanto que propriedades provenientes de ações judiciais geram 5% de comissão.

Para a locação, o valor é calculado de outra forma, já que costuma corresponder a um aluguel. Assim, na maioria dos casos, o primeiro aluguel do imóvel costuma ser direcionado ao corretor.

É comum que, no início da carreira, o profissional apresente ganhos financeiros menores do que colegas de profissão que já estão no ramo há mais tempo. Isso porque um corretor precisa de uma base de clientes, além de reconhecimento no mercado, atributos que só são conquistados após um determinado período.

Flexibilidade de tempo

Um corretor de imóveis tem a vantagem de trabalhar com horários mais flexíveis, de acordo com sua rotina de trabalho desejada e com suas preferências pessoais.

No entanto, apesar da flexibilidade de tempo, não se engane: um corretor de imóveis trabalha muito. Nesse caso, a grande vantagem é poder definir sua própria agenda, o que não significa que não será necessário esforço, dedicação e tempo de trabalho.

Carreira sólida

Se você deseja construir uma carreira profissional sólida, ser um corretor de imóveis é uma excelente oportunidade. Isso porque um bom profissional, que tenha habilidades com vendas e com a gestão de pessoas, com o passar do tempo, pode ser promovido dentro de uma imobiliária – no caso de corretores que trabalham com carteira assinada.

O treinamento e o aperfeiçoamento de habilidades são grandes aliados dos profissionais que desejam ascender na carreira. Por isso, se você planeja ser um corretor de imóveis, lembre-se: é preciso estudar e se atualizar sobre o mercado imobiliário de forma constante.

A idade nunca é um problema

Muitas profissões, mesmo que de forma não oficial, estabelecem parâmetros etários para os profissionais. Já para a profissão de corretor imobiliário a idade nunca é um problema.

Esses profissionais atendem clientes de diversos perfis e segmentos e, por isso, sempre haverá uma oportunidade para corretores mais jovens e também para corretores mais experientes.

Satisfação profissional e pessoal

Ser um corretor de imóveis é estar em constante contato com o sonho dos clientes. Isso porque a conquista de um imóvel, seja por meio de uma compra ou de uma locação, é um grande passo na vida da maioria dos brasileiros.

Desse modo, o corretor de imóveis garante, além de satisfação profissional – uma vez que concretizar uma venda o empodera -, satisfação pessoal, uma vez que sabe que pôde contribuir de forma positiva com a realização de um sonho.

Para começar na profissão do jeito certo, que tal conferir algumas dicas? O corretor de imóveis Vinicius Castel publicou, em seu canal no YouTube, um vídeo com algumas orientações para que os profissionais tenham bons negócios em 2021. Vamos assistir?!

O que é necessário para se tornar um corretor de imóveis?

Agora que você já sabe quais são as principais funções de um corretor de imóveis e quais são as vantagens de investir na carreira, é preciso conferir quais atributos são essenciais para ingressar na profissão.

Requisitos básicos

Se você deseja se tornar um corretor de imóveis, precisa atender alguns requisitos básicos, como:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Ter concluído o ensino médio;
  • Ingressar no curso de TTI (Técnico de Transações Imobiliárias).

Formação

O TTI é o curso de formação de um corretor de imóveis, que pode ser realizado de forma presencial, semipresencial ou, ainda, a distância. O modo de cursar o TTI irá definir a duração dos estudos, que pode variar entre quatro meses e 18 meses.

Caso o TTI não seja de interesse do profissional, é possível seguir outro caminho: o curso tecnólogo em gestão imobiliária.

Acompanhe as novidades do Blog da Arbo!


Cadastre-se e receba por e-mail nossa newsletter com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

loading…

Estágio obrigatório

Formado após o TTI ou após o curso tecnólogo em gestão imobiliária, o profissional deve, para se tornar um corretor de imóveis, cumprir, no mínimo, 128 horas de estágio obrigatório supervisionado. 

Após ter em mãos seu diploma e sua comprovação do estágio, o profissional ainda não pode ser considerado um corretor de imóveis, uma vez que precisa passar por um último passo.

Creci

Assim como em outras profissões, os corretores de imóveis precisam adquirir uma carteira profissional. O registro é feito pelo Creci, órgão responsável por coordenar e por fiscalizar as ações de corretores autônomos e de imobiliárias de forma regional.

Após receber a carteira profissional e o código de ética da profissão – que são entregues em uma cerimônia realizada pelo Creci -, o profissional pode, enfim, ser considerado um corretor de imóveis.

O que você achou do conteúdo?

Nesse texto você pôde conferir informações importantes sobre a atuação profissional de um corretor de imóveis. Por isso, o Blog da Arbo quer saber: você deseja ingressar nessa ocupação? Se sim, deixe na caixa de comentários abaixo o motivo. 

Se você já começou o processo para se tornar um corretor, nos conte como tem sido essa experiência.

Leia, também, os demais conteúdos do Blog da Arbo, que trazem informações e dicas sobre vários temas relacionados a imóveis e ao mercado imobiliário. Aqui você encontra dicas de como decorar um imóvel – o que pode ser útil para você, como corretor, apresentar a seus clientes.

Conheça a Central de Ajuda da Arbo, que pode te auxiliar em diversas situações do dia a dia, como a emissão da segunda via de faturas, a troca de titularidade de contas e muito mais.

E, caso você ainda não conheça, visite o Portal da Arbo, que reúne os melhores imóveis nas principais cidades do Brasil.

Postagens relacionadas

Quanto-ganha-um-corretor-de-imóveis

Descubra quanto ganha um corretor de imóveis

Está pensando em se tornar um corretor de imóveis e quer saber qual a média salarial desta profissão? Então, você está no texto certo. Confira abaixo essa e outras informações sobre a profissão O constante crescimento do mercado imobiliário tem feito a procura pela profissão de corretor de imóveis crescer consideravelmente no Brasil. Entre muitas […]

imóvel em regime de multipropriedade

Regime de multipropriedade: Conheça as vantagens

O regime de multipropriedade de está se tornando uma prática comum de compra e venda de imóveis de luxo voltado ao lazer.  A propriedade compartilhada no Brasil é frequente no consumo de aeronaves e barcos particulares. A aquisição compartilhada, agora também é possível em relação a compra de imóveis pois em dezembro de 2018 foi […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *