21 de maio de 2022

Ser corretora ou estar corretora?

corretora-de-imóveis

Quando criança ou durante a adolescência, sempre ocorre aquela pergunta que todos fazem: “O que você vai ser quando crescer?”. Certamente, você respondeu as profissões que são mais valorizadas ou as que proporcionam mais dinheiro. Tenho certeza que a profissão corretora de imóveis não foi a sua escolha, não é mesmo?!

A minha escolha não foi essa! 

Eu pensei em profissões como: medicina veterinária, agronomia e odontologia. Por fim, eu fiz o curso de estética e de administração. Não chegou nem perto da profissão de corretora de imóveis, não é?!

Comecei a minha trajetória profissional sendo vendedora no ramo do vestuário. Se fosse para analisar desde o início, eu diria que as vendas estavam latentes em mim, mas na época não tinha essa sensibilidade. 

Foi então que, em um dos lugares que trabalhei, um cliente me perguntou o motivo de eu não ter experimentado o mercado imobiliário. Achei ousado, pois estava em uma loja que me proporcionava um bom salário. Eu estava disposta a correr o risco e resolvi me arriscar.

No meu primeiro mês, fui treinada por uma equipe que se preocupou em me lapidar e me mostrar a dinâmica do mercado imobiliário. Eu tive gestores que me incentivaram e me desafiaram. Ali decolei!

Além disso, também tive ganhos iniciais que nunca imaginei. Com certeza são lucros muito maiores do que minha profissão anterior poderia me proporcionar.

Quando entrei na área de imóveis, em 2010, eu decidi que me dedicaria ao máximo. Percebi que, nesse mercado, muitos passam e não voltam. Questionei os motivos e observei que havia falta de incentivo e de interesse. 

Não há profissionalismo em muitos lugares. Não há treinamento. Muitos corretores só se preocupam em ter a carteira do Creci (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis) e nada mais. Muitos profissionais tinham até mais que um trabalho.

Foi aí que eu me destaquei.

Eu estudei, fiz eventos, fiz materiais de investimentos para variados segmentos e públicos de diferentes rendas. 

Eu fui me destacando em médio e alto padrão. Eu fui gestora e líder de equipes, mas sempre tive o prazer em estar na linha de frente das vendas!

Assim, eu fui investindo na minha capacitação e investindo em relacionamentos. Um bom corretor precisa estar inserido no meio que vai fazer o negócio.

Minha carreira como corretora se consolidou e, atualmente, tenho clientes fiéis.

Eu não parei. Estou sempre estudando e participando de cursos, de palestras e, também, me atualizando.

Acredito que, quando incorporamos o que estamos fazendo, as coisas fluem. Investir no trabalho, encontrar bons parceiros e empresas, estar a frente e sempre com muita transparência são os segredos do sucesso profissional.

Hoje eu sou mãe do Francisco e co-fundadora da Arbo Imóveis. 

Durante essa trajetória, entrei em muitas áreas dentro da Arbo e voltei ao comercial. Há 9 meses, estou mesclando a vida de mãe e de profissional. Saiba que é possível!

Atuo com uma equipe e uma plataforma que me dão suportes e ferramentas para que, assim, o meu trabalho seja feito com excelência!

Ser corretora de imóveis é motivo de orgulho. É fazer parte do sonho das pessoas. É, com certeza, recompensador!

Thaiana Morais


O que achou desse conteúdo sobre a profissão de corretora de imóveis?

Deixe nos comentários o que mais te chamou a atenção nesse artigo. Além disso,veja outros assuntos abordados pelos nossos colunistas. Aproveite também para visitar o site da Arbo e encontre excelentes imóveis.

Postagens relacionadas

home staging para fotos de imóveis

Como o Home Staging pode melhorar fotos de imóveis

Belas fotos de imóveis são essenciais para a venda da casa ou do apartamento. Para isso, é necessário saber como preparar cada um dos ambientes Com certeza você já ouviu falar que, atualmente, 95% dos compradores de imóveis começam suas buscas on-line (e aqui está a importância das boas fotos de imóveis). Esses dados foram […]

atraso-da-vacina

Atraso da vacina e o setor imobiliário

De acordo com o Secovi, a expectativa para este ano de 2021 das incorporadoras é que o ano seja positivo, ainda que estejamos a caminho de uma solução para o problema principal, a pandemia. A Vacina já chegou, mas com atraso, com isso, o mercado tende a ficar estável até que tudo esteja andando conforme […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *