13 de junho de 2024

Comprar ou alugar um imóvel: qual é a melhor escolha para 2023? Confira!

comprar ou alugar imovel

Qual o momento certo de comprar um imóvel? Será que vale a pena continuar morando por aluguel? Para essas e outras dúvidas, fizemos esse conteúdo para que você possa saber quando é a hora de comprar um imóvel ou porque faz sentido continuar alugando.

Qual o momento certo de comprar um imóvel? Será que vale a pena continuar morando por aluguel? Para essas e outras dúvidas, fizemos esse conteúdo para que você possa saber quando é a hora de comprar um imóvel ou porque faz sentido continuar alugando.

Mas já respondendo à pergunta de forma bem direta, a resposta depende do seu estilo de vida, conhecimento e momento da vida.

  • Há pessoas que vivem viajando ou possuem uma vida mais ativa, enquanto outras seguem uma vida mais estável.
  • Outras possuem conhecimento em investimento e são flexíveis, ao passo que outras são mais tradicionais em seus objetivos e buscam seguir o convencional
  • Contudo, há também o momento de vida que influencia muito mais, isso porque nem todos podem comprar ou estão nessa fase da vida.

Vantagens de comprar um imóvel

comprar imovel

As vantagens da compra de um imóvel incidem em possuir uma propriedade, valorização do ativo e estabilidade do mercado, pois o imóvel é um bem ou investimento que não sofre muito impacto negativo, em caso de crise.

Em vista disso, algumas pessoas mais tradicionais percebem o imóvel como um bem que vai se perpetuar por gerações e não sofre como no aluguel, uma vez quitado.

Um dos perfis que costumam comprar imóvel são pessoas que já possuem capital para financiar ou até mesmo estão em uma fase da vida mais consolidada, de forma que sua renda possa pagar as parcelas sem problemas.

Algumas pessoas veem como uma realização, pois ter a casa própria remete ao abrigo, conforto e liberdade para construir praticamente tudo o que quiser no seu espaço.

Patrimônio valioso

A primeira vantagem é que, para muitos, o imóvel é um patrimônio que traz segurança para a família. Muito se discute se esse tipo de bem pode ser considerado um investimento ou não. Os defensores dessa tese dizem que o mercado imobiliário é um nicho considerado seguro e que uma casa ou um apartamento é garantia de uma reserva financeira.

Além disso, é fato que um imóvel pode dar uma renda recorrente por meio de aluguéis ou até render um bom retorno na revenda. Nesse caso, como a lucratividade vem no longo prazo, o comprador precisa ter uma visão voltada para o futuro e apostar na valorização que o bem pode ter. Por outro lado, o dinheiro pago em um aluguel não volta para o bolso do inquilino. Segundo essa lógica, seria como jogar dinheiro fora.

Previsibilidade

Quem é dono não tem a incerteza do inquilino que pode ter que procurar uma nova casa de uma hora para outra. Caso o locador queira mudar os termos do contrato ou simplesmente não renová-lo, os moradores terão a dor de cabeça de uma negociação ou precisarão buscar alternativas. Obviamente, a mudança impacta vários aspectos pessoais e profissionais.

Mesmo quando o contrato de locação é renovado, geralmente ele vem com um reajuste no valor das mensalidades. Segundo a Lei do Inquilinato, o proprietário pode realizar esse ajuste todo ano. Esse fator é muito influenciado pelas flutuações do mercado imobiliário

Além do Índice Geral de Preços de Mercado (IGPM), indicador que serve de base para a precificação dos imóveis, outros aspectos externos têm seu impacto. Se o bairro vem recebendo muitas melhorias, a tendência é que os preços na região fiquem mais elevados. 

Liberdade para mudar

O dono do imóvel tem total autonomia para realizar as reformas que considere necessárias. Mudar a decoração dos cômodos com nova pintura, revestimentos diferentes e acessórios específicos só depende da vontade do proprietário. 

Em um imóvel alugado, esse tipo de alteração depende de uma boa conversa entre o inquilino e o locador. Talvez o inquilino veja uma necessidade que o proprietário não vê ou não tem interesse em atender. Para quem mora de aluguel, isso certamente é um entrave.

Várias formas de comprar

Para quem tem interesse em comprar um imóvel, há uma série de soluções financeiras para viabilizar o sonho. Cada alternativa traz particularidades que se encaixam melhor a determinados interesses e padrões de renda.

O consórcio funciona como uma espécie de compra programada. Os interessados formam um grupo de consorciados e, ao final do prazo estabelecido, todos os envolvidos deverão receber seus imóveis. Conforme pagam as mensalidades, os participantes podem ser contemplados com uma carta de crédito no valor necessário para compra do bem.

No financiamento, o comprador faz a operação junto ao banco, geralmente com o pagamento de uma entrada. O restante do saldo devedor pode ser parcelado por períodos longos, que podem chegar a dezenas de anos. Além disso, programas do governo costumam oferecer condições facilitadas, como juros mais baixos. Veja mais informações aqui.

O sistema de permuta, que vem ganhando espaço. Esse é para quem já tem um bem, como uma casa ou terreno, e quer trocar por outro. O resultado da negociação vai depender dos envolvidos, já que as propriedades podem não ter o mesmo valor de mercado.

Veja mais informações neste vídeo do canal O Primo Rico, disponível no Youtube.

Vantagens de alugar um imóvel

alugar imovel

As vantagens do aluguel é a possibilidade de escolher o local de moradia, sem muita burocracia. Essa flexibilidade ajuda na hora de mudar de cidade, trocar de emprego ou região com mais desenvolvimento e até mesmo se aproximar do que gosta.

Algumas pessoas viajam a trabalho ou precisam mudar de lugar sempre, então o aluguel permite essa flexibilidade.

O estudante ou recém-formado que deseja atingir seus objetivos pode se locomover de forma temporária para a região desejada e quando completado o objetivo, procurar um local que faça mais sentido para sua vida.

Alguns estão mais conectadas com a tecnologia e novas tendências, então não conseguem ver a compra de uma casa como uma vantagem.

Há ainda aqueles que preferem investir e aplicar o dinheiro em ações e corretoras, por exemplo, para assim obter rentabilidade passiva e garantir todo mês um alto rendimento, de forma que o valor pague a parcela do aluguel.

Há também pessoas que estão iniciando a vida ou buscando por condições financeiras melhores e gerando economias. Por isso, optam pelo aluguel como algo temporário, onde no final vão conseguir poder de compra suficiente para compra da casa própria.

Então, em casos como esses, as pessoas acabam não optando por comprar uma casa, visto que possuem outros objetivos e metas que exigem mudança de endereço e tempo.

A desvantagem do aluguel é estar em uma propriedade que não é sua. Então, há restrições para mudar algo na casa e se mudar, a reforma ou obra não vai com você quando há término de contrato. 

Para quem mora de aluguel, a mudança nem sempre sai como esperado. Em alguns casos, é preciso se desfazer de imóveis, porque a nova casa alugada é menor.

Além desse ponto, todo ano há alteração no aluguel devido às correções da inflação ou possível supervalorização da área, acarretando valores inesperados.

Flexibilidade

A primeira vantagem de alugar um imóvel é justamente a possibilidade de mudar de bairro ou de cidade sem ter nada para atrapalhar. Se o bairro não te agrada, por exemplo, nada prende você a ele. Já para quem é dono, vender o imóvel não é algo que se faz com tanta rapidez. 

Quem procura um emprego não precisa ficar restrito ao local onde vive. O mesmo vale para quem tem filhos e quer colocá-los em uma escola melhor. O contrato de locação pode ter um prazo definido, mas a rescisão só depende de uma conversa com o locador. 

Para muitos, a possibilidade de não ficar preso a um lugar só é um fator relevante para a qualidade de vida. Além disso, você evita o risco de investir um valor altíssimo em uma compra errada e acabar se arrependendo.

Custos com reformas

Em um imóvel alugado, as responsabilidade por reformas que mantenham o local habitável ou que aumentem o padrão de moradia é do proprietário. Isso significa custos menores para quem aluga. 

Isso é um diferencial para quem mora em condomínios, já que eles realizam reformas periódicas que podem ter custo elevado. O inquilino vai aproveitar essas melhorias, que já estão inclusas no valor da mensalidade do condomínio.

A única hipótese em que os custos de reforma ficam a cargo do inquilino é quando o problema no imóvel é resultante do uso. Nesses casos, a imobiliária faz a intermediação para que a manutenção seja realizada. Às vezes, o proprietário do imóvel até aceita descontar o valor da obra da mensalidade de aluguel.

Questões de orçamento

Ao contrário de um financiamento, que exige um valor de entrada, o aluguel é a opção para quem ainda não conseguiu juntar muito dinheiro. A compra de uma casa com muitas prestações significa que boa parte da sua renda ficará comprometida e não há muito o que fazer a respeito. 

Para os defensores do aluguel, é muito mais vantajoso pegar o valor que corresponderia à entrada de uma compra e investir de outras maneiras. Dependendo da quantidade investida, só os rendimentos já seriam suficientes para bancar o aluguel de um imóvel nos mesmos padrões do que você compraria.

Além disso, dependendo do caso, o valor do aluguel pode ser muito mais barato que a parcela de um financiamento. A diferença pode ser aplicada de outras maneiras e garantir uma boa reserva no longo prazo.

Por fim, da mesma forma que um imóvel comprado pode se valorizar ao longo do tempo para ser revendido, o contrário também é possível. Como em qualquer investimento, o risco envolvido deve ser bem calculado. Com tantos fatores externos envolvidos, sempre há um grau de incerteza no investimento em imóveis.

Comprar ou alugar: o que compensa mais?

Como você pode notar, muitos dos aspectos vistos como vantagens para comprar ou alugar imóveis tem um alto grau de subjetividade. Pessoas em lugares diferentes e com condições pessoais e profissionais distintas terão visões de mundo contrastantes. Alguém mais jovem, em início de carreira e sem filhos, terá condições diferentes de alguém com mais experiência e obrigações familiares.

Por isso, é impossível cravar uma resposta certeira para essa pergunta. Como em qualquer decisão complexa, nada é óbvio. Tudo depende do contexto. Cabe a você avaliar suas condições de vida e seus planos para o futuro. Para quem pensa pela lógica dos investimentos, é bom refletir sobre o perfil que mais se encaixa aos seus padrões de vida.

Dessa forma, você terá mais ferramentas para tomar a decisão mais coerente com as características específicas da sua situação econômica.

E aí, gostou desse artigo?

Agora você já tem uma boa quantidade de argumentos para colocar na balança e refletir se vale mais a pena comprar ou alugar um imóvel. Caso você queira investir em imóveis, acompanhe o Blog da Arbo

Estamos sempre adicionando novos conteúdos sobre o tema e já temos um material especial com tudo o que você precisa saber para calcular o valor de um aluguel.

autor danilo brandão
Danilo Brandão

Danilo Brandão é jornalista com mais de 5 anos de experiência em produção de conteúdo para o mercado imobiliário. É redator, revisor e editor do Blog da Arbo, além de ser responsável por outras frentes dentro da empresa.

Postagens relacionadas

10 dicas para realizar mudanças residenciais

10 dicas para realizar mudanças residenciais

Você tem alguma dúvida quando o assunto são as mudanças residenciais? Não sabe por onde começar na hora de fazer a sua? Então confira as dez dicas que separamos para você e realize uma mudança tranquila e segura Em sua grande maioria, as mudanças residenciais representam a conquista de um sonho, que pode ser a […]

casa-do-futuro

Casa do futuro: 5 tecnologias que você precisa conhecer

Você já ouviu falar de como será a casa do futuro? Nós trouxemos 5 tecnologias que podem transformar seu lar em uma casa inteligente em um futuro próximo. Você já passou pela experiência de assistir filmes ou séries de ficção científica que mostram na casa do futuro de personagens certas tecnologias que hoje são normais […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *