26 de novembro de 2021

Horta vertical: saiba como montar na sua casa

horta-vertical

Ter uma horta vertical em casa traz muitos benefícios: além de mais verde do lado de dentro, ela ainda purifica e deixa aquele cheirinho bom no ar! 

A proposta desse tipo de jardinagem é que qualquer um possa ter a sua horta particular em casa, e que, além de produzir seus próprios alimentos e temperos fresquinhos, seja possível tornar o ambiente mais alegre e bonito. Tudo de bom, não é mesmo?

Ah, e antes de mais nada, pode esquecer aquela desculpa de que você não tem espaço suficiente e, por isso, não cultiva nenhum tipo de horta, viu?

Não se engane ao pensar que você vai precisar dispor de um jardim ou uma área grande para fazer do seu projeto de horta vertical uma realidade. Se o espaço é pequeno, mas a vontade de cozinhar com temperos fresquinhos e tirar salada do pé é grande, dá só uma olhada nessas ideias incríveis que separamos neste post da Arbo!

Entenda o que é e como funciona uma horta vertical

O conceito de horta vertical vem se espalhando muito nos últimos anos. Em parte pela busca cada vez maior por um estilo de vida mais saudável e natural. Já por outro lado, as hortas verticais têm ganhado destaque por serem ideais para casas e apartamentos que não possuem espaço suficiente para outro tipo de cultivo.

Assim, ela nada mais é do que o cultivar recostado na parede de ervas, temperos, hortaliças e até algumas variedades de legumes.

horta-vertical

Os vasos podem ser colocados sobre prateleiras, nichos ou suportes apropriados para essa finalidade. Outra forma de se cultivar uma horta vertical é reaproveitando materiais recicláveis, como por exemplo, caixotes, garrafas pet e canos de pvc, dessa forma sua horta ainda ganha em sustentabilidade.

Você também pode se interessar por plantas frutíferas dentro de seu apartamento.

Como montar uma horta vertical?

Para fazer esse espacinho verde aí na sua casa é preciso se atentar para alguns detalhes. Não basta apenas ir plantando aleatoriamente e esperar que a natureza dê conta de tudo, ok? Fazendo dessa forma, sem nenhum planejamento, ou sem saber o básico, a única coisa que você vai conseguir é uma tremenda decepção por não ver suas plantinhas crescerem do modo que você esperava.

Então, antes de começar a dar vida a sua horta vertical  lembre-se que ela deve ser acima de tudo funcional. Claro que ela também cumpre um papel estético e decorativo, mas esse é o presente que você recebe por cuidar dela, entendeu?

Por isso, anote todas as dicas a seguir para que a sua horta vertical fique linda e bem cuidada!

Luz ou sombra?

O primeiro passo é definir o local onde ela vai ficar. A maioria das plantas cultivadas necessita de, no mínimo, três horas de exposição direta ao sol. Por isso, é importante que a horta vertical fique em um local que receba luz solar, e se possível, o sol da manhã, pois a radiação é mais suave. Já na parte da tarde o calor pode sufocar e até queimar a planta.

Locais com sombra podem ter uma horta, mas nesse caso plante apenas ervas e temperos indicados para essa situação.

Tipos de vasos para a sua horta vertical 

Vasos comuns

Os de estilo jardineira são muito usados, pois por terem o formato retangular podem conter várias espécies ou uma boa quantidade de uma espécie só. Os vasos meia-lua, perfeitos para paredes, também são muito usados e podem ser agrupados a outros do mesmo tipo.

Vasos alternativos

Podem ser de fibra de coco, que lembra um estilo mais natural e rústico; caixas de alimentos que, se em bom estado e pintados, podem se tornar ótimos ornamentos; tubos de PVC, que se cortados em sua extensão podem receber pequenas plantas, que neste caso terão o crescimento limitado devido ao tamanho do recipiente; e garrafas PET, onde é possível utilizar a garrafa tanto deitada quanto em pé, com a parte da tampa sendo o fundo do vaso. 

Tanto este modelo quanto o anterior, vão precisar de um lugar de apoio para serem colocadas na parede; caixotes de madeira, apesar de ocuparem mais espaço, são ótimos esteticamente, e podem ser pintados de diversas cores.

Calhas também podem ser usadas como vasos na sua horta vertical. Os modelos em metal trazem mais elegância e podem receber os mais diferentes tipos de vegetais. Já os modulares, que são um novo tipo de vasos verticais, podem ser encaixados uns nos outros e permitem ter seus sistemas de irrigação interligados, facilitando o cuidado. Bem legal não é?

Ah! E ainda como toque estético, floreiras verticais e paletes podem ser adicionados junto aos vasos, tanto para delimitar a área quanto para criar um espaço super prático e original.

Tamanho de vasos 

Não existe um padrão para os tamanhos dos vasos que vão compor a horta vertical. Eles podem ser pequenos ou grandes, tudo vai depender do tipo de planta que ficará lá dentro.

Por exemplo, vasos feitos com garrafas pet ou canos de pvc não podem levar plantas de raiz profunda, por não sustentarem o crescimento natural da planta.

Veja também um conteúdo especial sobre plantas ornamentais na decoração de sua casa!

O que plantar na horta vertical?

Cada planta exige um cuidado diferente. Nesse sentido, você precisa analisar o que melhor se adequa ao seu estilo de vida. Se você passa muito tempo fora de casa, por exemplo, ou está acostumado a fazer viagens longas, o ideal é que não plante aquelas que exigem rega diária. Faça uma pesquisa prévia sobre as necessidades do que você deseja cultivar.

horta-vertical

Preste muita atenção na hora de plantar espécies diferentes no mesmo vaso. Isso porque, nem sempre elas combinam. A hortelã é sempre um bom exemplo para ilustrar essa situação. Ela é conhecida como “planta invasora” e por isso não pode dividir o vaso com outras plantas para que não prejudique o crescimento delas. 

Se o espaço for um problema e você só possui um vaso para plantio, prefira plantas de raízes curtas como pimentão, tomate-cereja, couve-flor e alho para deixar sua hortinha ainda mais convidativa e deliciosa. 

As hortaliças são a pedida certa para compor uma horta vertical caseira. Variedades de alface, tomilho limão, manjericão, orégano, sálvia, alecrim, pimenta, cebolinha, salsa, coentro, rúcula, almeirão e calêndula são algumas das mais indicadas para o plantio. Outra vantagem dessas belezinhas é que elas duram o ano inteiro e deixam seus molhos muito mais saborosos! 

Veja também dicas para montar um jardim vertical em sua casa.

Adubação

Lembre-se sempre de adubar a sua horta vertical. Você pode optar por um adubo orgânico ou comprar produtos preparados específicos para esse fim. Nutra bem a terra no vaso com adubo. Ele garante que a planta cresça saudável e sem pragas e insetos. 

Uma dica de cultivo é reaproveitar a água usada para cozinhar vegetais para regar suas hortaliças. Essa água acaba ficando rica em nutrientes que estimulam o crescimento saudável da planta. Mas é importante que essa água esteja fria, e livre de sal ou óleo, ok?

Outra dica, caso tenha espaço para isso, é montar uma composteira. Dessa forma você mesmo produz o adubo necessário para a horta vertical e, ainda, ajuda a diminuir o lixo que polui o meio-ambiente todo dia.

Quem planta colhe, não é?

Um dos processos mais divertidos e interessantes após todo o planejamento, plantio, adubação e rega das suas verdinhas, é colher os alimentos, sem dúvida! Por isso, pesquise sobre as necessidades de cada planta e quais serão mais bem usadas no seu dia a dia, afinal, a principal vantagem de se ter uma horta vertical, é poder usar do que é plantado na sua alimentação.

Descubra mais conteúdos interessantes como esse no Blog da Arbo!

Acompanhe as novidades do Blog da Arbo!


Cadastre-se e receba por e-mail nossa newsletter com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

apartamento-studio

Apartamento studio: saiba o que é e se vale a pena!

Uma das tendências que surgiram no mercado imobiliário nos últimos tempos, sem dúvidas, é a procura por apartamento studio. Saiba mais aqui! O apartamento studio é ideal para pessoas que querem morar em áreas privilegiadas, mas que não precisam de muito espaço como o que é oferecido por um apartamento padrão de 2 ou 3 […]

decoração-quarto.pequeno

Decoração de quarto pequeno: como usar o espaço?

A decoração de quarto pequeno pode ser um desafio, mas com um pouco de criatividade e disposição é sim impossível. Confira neste texto algumas dicas para te ajudar neste momento.  Nos últimos anos, com o aumento do número de moradores em  apartamentos, é muito comum as pessoas terem quartos pequenos para decorar. Neste momento, surge […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *