18 de outubro de 2021

Como embalar objetos de vidro para a mudança?

Os objetos de vidro são, provavelmente, os mais frágeis em um processo de mudança e, por isso, precisam ser bem embalados. Nesse texto você confere dicas para proteger esses itens

Se você está de mudança para um novo imóvel, já deve ter pensado no processo de transportar seus pertences até a casa ou o apartamento. A embalagem dos itens é um dos passos mais importantes – e, também, mais difíceis – de uma mudança, já que cada bem requer um método diferente. Os objetos de vidro, por exemplo, são muito frágeis e precisam ser protegidos.

Durante a mudança, diversos materiais de embalagem são utilizados, como caixas de papelão, caixas de madeira, plástico bolha e itens redutores de impacto. O principal objetivo é, além de transportar os objetos de um lugar para outro, garantir que os pertences do morador irão chegar intactos no novo imóvel.

No entanto, para garantir a segurança de todos os itens, o morador precisa se preocupar em embalá-los da maneira correta. Os objetos de vidro, por exemplo, precisam de muita atenção, já que podem ser facilmente danificados durante o carregamento e o descarregamento da mudança.

Nesse texto você irá aprender como embalar seus objetos de vidro da maneira correta, bem como dicas para evitar que sejam quebrados ou trincados durante o transporte. Além disso, como a mudança é um processo complexo, você irá conhecer alguns erros comuns que podem ser evitados.

Dicas para embalar os objetos de vidro para a mudança

A mudança de imóvel é considerada por muitos um processo cansativo e bastante trabalhoso. Além disso, ela pode se tornar bem cara, especialmente quando acidentes ocorrem e o morador precisa arcar com os custos de possíveis danos em seus pertences.

Os objetos de vidro, por serem os mais frágeis, costumam ser as principais vítimas das quedas e dos choques. Para que esses problemas sejam evitados – e, consequentemente, para que a peça chegue intacta ao novo imóvel -, o morador precisa se preocupar com o método de embalagem. 

Para que esse processo seja menos complexo, é possível seguir algumas dicas práticas. Confira:

Tenha um cuidado especial com objetos maiores

Objetos de vidro que não podem ser alocados em caixas de papelão, de madeira e até mesmo de plástico precisam de um cuidado especial dos moradores e/ou dos profissionais da empresa de mudança.

As mesas de vidro são os itens mais comuns dessa categoria e, para que o vidro não seja riscado, trincado e até mesmo quebrado, é necessário embalar o material de forma correta. O primeiro passo para isso, contudo, é desmontar o móvel.

Ao desmontar uma mesa de vidro, por exemplo, é necessário ter cuidado com o manuseio de cada parte. Isso porque outros materiais podem danificar as peças frágeis, como o metal. No momento de embalar, prefira separar as partes, para que acidentes não aconteçam.

A embalagem do vidro envolve o uso de vários materiais. O primeiro deles são as cartolinas ou os papéis redutores de impacto. Nessa parte, é necessário envolver toda a peça de vidro com o papel, que deve ser fixado com o auxílio de fita adesiva. Certifique-se de que a cartolina ficará próxima do vidro e evite deixar espaços entre eles.

Não se esqueça de reforçar a proteção nas quinas, uma vez que um impacto no local pode comprometer toda a estrutura da peça de vidro. 

objetos-de-vidro

O próximo passo é envolver o vidro embalado com o papel redutor de impacto em plástico bolha. Novamente, é necessário fixar o material com fita adesiva, para que a proteção seja reforçada.

Os plásticos mais indicados para essa função são os que possuem bolhas grandes, uma vez que apresentam mais resistência e, portanto, são capazes de oferecer mais proteção aos objetos de vidro.

Se você desejar, é possível, também, envolver o vidro embalado com papel redutor de impactos e com plástico bolha com uma camada extra de papelão. Mais uma vez, fixe o material com fita adesiva.

Mesmo que a embalagem tenha sido feita da maneira correta, é importante se certificar de que o carregamento e o descarregamento serão feitos de maneira cuidadosa. Oriente os profissionais da empresa responsável pela mudança e os avise sobre a fragilidade do material.

Evite a colisão entre os objetos de vidro

Em qualquer fase da mudança – carregamento, transporte e descarregamento -, é necessário evitar a colisão entre os objetos de vidro. Além disso, é preciso, também, não chocá-los com outros itens, especialmente se forem feitos de madeira.

O choque de um objeto de vidro com outro pode causar danos ao material, como riscos, rachaduras e até mesmo a quebra total da peça. Caso os choques ocorram, já que acidentes acontecem em mudanças de imóvel, é importante que os objetos estejam bem embalados.

A embalagem correta das peças – com papel redutor de impacto, plástico bolha e papelão, conforme indicado acima – não evita que os choques aconteçam, mas reforçam a proteção para que a colisão não seja um problema.

Os materiais redutores de impacto podem ajudar

Conforme apontado no primeiro tópico, os materiais redutores de impacto podem ser grandes aliados dos objetos de vidro durante uma mudança. Isso porque reforçam a proteção do material, que pode ser facilmente danificado quando exposto a choques e a quedas.

Os copos e os pratos de vidro, por exemplo, devem ser envoltos com papéis redutores de impacto e, posteriormente, com plástico bolha. A principal indicação é embalar uma peça de cada vez, para que não se choquem dentro da caixa em que serão transportadas.

Não deixe espaços nas caixas

Após embalar cada objeto de vidro separadamente, é chegado o momento de posicionar as peças nas caixas de mudança. Nesse momento, é importante não deixar espaços vazios no interior da embalagem, já que podem favorecer o movimento dos itens, o que pode causar colisões e até mesmo quedas.

Como o ideal é não deixar as caixas pesadas e sobrecarregadas de objetos de vidro, você pode reduzir os espaços vazios com panos. O material irá evitar que os itens se choquem durante o carregamento, o transporte e o descarregamento.

Selecione uma empresa de mudanças confiável

Por fim, mas não menos importante, você deve selecionar uma empresa de mudanças confiável, que conte com uma equipe de profissionais capacitados. Nesse aspecto, é necessário contratar os serviços que oferecem, também, seguros.

Com isso, seus pertences ficam protegidos de danos, uma vez que, caso acidentes ocorram, você será ressarcido e não terá prejuízos financeiros.

objetos-de-vidro

Para encontrar uma empresa de mudanças confiável, você pode, primeiramente, pesquisar a reputação da marca na internet. Verifique as opiniões de clientes e de ex-clientes e acompanhe os depoimentos, especialmente os das redes sociais. Faça uma busca pelo nome da empresa em sites de reclamação e veja se há algo que compromete os serviços prestados.

Se desejar, pode entrar em contato com alguns clientes e questionar sobre a qualidade do transporte oferecido. Não tenha pressa ao fazer a pesquisa, uma vez que a empresa de mudanças será uma das principais responsáveis pelo sucesso do procedimento.

Os copos são os principais objetos de vidro de uma mudança e, por isso, o vídeo abaixo mostra o passo a passo de como embalá-los com segurança. O material foi publicado no canal Dica do Guia, no YouTube. Veja:

Erros comuns em mudanças – e como evitá-los

A mudança pode ser um processo bastante complexo e marcado por muitos imprevistos. Contudo, a situação pode ser simples caso o morador conheça os erros mais comuns e saiba como evitá-los.

Não faça tudo por conta própria

Um dos principais erros de um morador é desejar fazer a mudança de forma autônoma. Por não querer contratar serviços profissionais, o indivíduo fica sujeito a imprevistos variados, como problemas com a desmontagem de imóveis e com o transporte de seus pertences.

Além disso, ao optar por uma mudança autônoma, o morador não possui garantias de que seus objetos chegarão intactos ao destino, como ocorre em empresas de transporte que oferecem um seguro especializado.

Fique atento às embalagens

Como você pôde perceber, as embalagens são extremamente importantes para garantir a segurança dos objetos. Portanto, é essencial que você, como morador, fique atento aos materiais utilizados.

Faça o inventário da mudança

Poucas pessoas reconhecem a importância desse passo, mas a elaboração do inventário da mudança garante que todos os objetos que saíram de seu imóvel antigo chegarão ao novo. Por isso, pegue o papel e a caneta e anote tudo que será transportado.

O que você achou desse conteúdo?

Agora que você já sabe como embalar objetos de vidro para sua mudança de imóvel, não se esqueça de nos contar sua opinião sobre o conteúdo. O que você achou das dicas apresentadas? Acha que elas podem te ajudar durante a mudança? Deixe suas impressões na caixa de comentários abaixo.

E, se deseja conferir artigos semelhantes, continue a navegar pelo Blog da Arbo. Aqui você encontra conteúdos sobre mudanças, como dicas para organizar sua casa após chegar ao novo imóvel, e, também, sobre decoração de quarto, de sala e de cozinha. Para saber tudo sobre mudança, clique aqui e acesse o artigo completo.

Conheça, também, a Central de Ajuda da Arbo, que pode te ajudar em diversas questões do dia a dia. Lá você encontra o passo a passo para a emissão de segunda via de faturas, por exemplo.

Acesse o Portal da Arbo para encontrar o imóvel ideal. Lá você pode utilizar nossos filtros de busca para pesquisar por casas e por apartamentos que se adequam ao seu perfil e às suas necessidades.

Postagens relacionadas

dicas de limpeza da casa

5 dicas para facilitar a limpeza da casa

A limpeza da casa é uma tarefa complexa, que exige tempo e dedicação. Entretanto, é possível facilitar a atividade com algumas ações simples, que você vai aprender nesse texto Limpar o lar não é tarefa fácil, certo?! Principalmente se você levar em consideração o tamanho do ambiente, a demora para conseguir higienizar tudo e, até […]

Quarto minimalista: saiba como montar em seu imóvel

Se você deseja renovar a decoração de seu imóvel, pode optar por um quarto minimalista, que está ligado a um estilo de vida menos consumista Um quarto minimalista vai muito além de uma tendência. É, sobretudo, parte de um estilo de vida. Isso porque é destinado ao público que prioriza o espaço ao invés de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *