8 de setembro de 2021

Mercado imobiliário 2021: devo investir em imóveis?

Mercado imobiliário

Quer saber como estão as condições para investir em imóveis no mercado imobiliário de 2021? Confira o texto abaixo. 

O ano de 2021, economicamente falando, ainda sobre os efeitos da pandemia de covid-19. A grande maioria dos setores ainda sofre para se recuperar da queda provocada pelo fenômeno. Mas, ao contrário do que muitos especialistas pensaram, o mercado imobiliário teve um comportamento destoante do restante dos setores. 

A pandemia, por algum motivo que ainda é estudado por especialistas, influenciou positivamente o mercado imobiliário em 2021 no Brasil. O setor foi um dos únicos da economia brasileira (e mundial) a apresentar crescimento durante o último ano.

A mudança no perfil e no comportamento dos consumidores foi apenas uma das razões que impulsionou os bons resultados do setor. Para que você fique por dentro de todas as informações sobre o assunto, o Blog da Arbo preparou esse conteúdo especial. Nesse texto você irá conferir:

Mercado imobiliário

Mercado imobiliário em 2020: o panorama geral

O mercado imobiliário 2020 apresentou resultados impressionantes na economia brasileira. No início da pandemia, em março do último ano, especialistas do setor temiam o impacto negativo do cenário para a venda e para a locação de imóveis.

Entretanto, o que se pôde observar foram números extraordinários: de acordo com dados da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), o mercado imobiliário cresceu 26% em 2020. E os resultados para 2021 devem ser ainda melhores: segundo a Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias), a venda de imóveis deve crescer 35% neste ano.

De acordo com dados do levantamento Indicadores Imobiliários do 3º trimestre de 2020, quase 129 mil novos apartamentos foram vendidos no Brasil entre janeiro e setembro. A pesquisa foi realizada pela Cbic (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) e pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), em parceria com a Brain Inteligência Estratégica.

O número representa um aumento de 8,4% em relação ao resultado obtido no mesmo período de 2019. De acordo com especialistas, os bons números atingidos pelo mercado imobiliário se devem a alguns fatores específicos.

A mudança de perfil e de comportamento do consumidor foi motivada, especialmente, pela pandemia. Com as medidas de isolamento e de distanciamento social, casas e apartamentos se tornaram verdadeiros refúgios.

Contudo, para analisar os bons resultados do setor, é necessário considerar, também, a redução das taxas de juros no Brasil. Para se ter uma ideia, a taxa básica de juros, a taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia), terminou o ano de 2020 em apenas 2%.

Os números baixos representam uma queda histórica, que favoreceu a contratação de financiamentos imobiliários. Com juros mais baixos, mais brasileiros tiveram a oportunidade de adquirir uma casa ou um apartamento.

Mercado imobiliário

Em março de 2021, o Copom (Comitê de Política Monetária) se reuniu e definiu que a taxa Selic teria um aumento e, com isso, o número chegou a 2,75%. Segundo o Boletim Focus, divulgado em fevereiro pelo Banco Central, a expectativa é que a taxa continue a subir em 2021 e termine o ano em 3,75¨%.

Apesar do aumento, o número ainda é considerado baixo e, por isso, especialistas apontam que o mercado imobiliário não será atingido. As negociações continuam a ser favoráveis e, por isso, as expectativas para 2021 são ainda melhores.

Como investir no mercado imobiliário em 2021? 

Começar a investir em um novo setor é, na maioria das vezes, um processo complexo, recheado de dúvidas e de questionamentos. Com o mercado imobiliário não é diferente. 

Para que o investimento seja realizado da forma correta desde o início, é necessário que você conheça algumas das principais formas de investir no setor. Deixamos algumas delas abaixo. Confira. 

Compra de imóveis para locação

Para 2021, uma das grandes tendências é investir em imóveis por meio da compra de uma casa, de um apartamento ou até mesmo de uma sala comercial com fins de locação. Essa é, inclusive, uma boa opção para quem não possui um grande montante inicial para investir. É uma das formas mais clássicas de começar no mundo dos investimentos imobiliários. 

Nesse caso, o investidor pode, por exemplo, fazer uso do seu FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para comprar um imóvel popular. 

O investimento é recomendado porque, além de proporcionar que o imóvel fique no seu nome, pode trazer retornos financeiros que cobrem a parcela do financiamento e, também, que podem ser utilizados para a compra de um novo imóvel no futuro.

Uma dica para quem deseja apostar na compra de imóveis para a locação é estudar o mercado imobiliário na cidade em que o imóvel está localizado. Na pesquisa, verifique quais são os imóveis mais buscados para locação, bem como as características que possuem.

Para saber mais sobre o assunto, confira aqui esse vídeo postado no canal do Youtube da Luciana Fiaux. 

Compra de imóveis na planta

Mesmo com a pandemia, o setor de construção civil não dá sinais de retração. E, por isso, a compra de imóveis na planta ainda é uma excelente alternativa para quem está começando a investir no setor. Apesar de ser bastante vantajosa – já que, em alguns casos, os imóveis sofrem uma valorização de mais de 50% -, a negociação deve ser feita com muita atenção e com muita cautela.

A grande vantagem desse tipo de investimento é a possibilidade de negociar diretamente com a construtora responsável pelo empreendimento. Nesses casos, é mais fácil acordar, por exemplo, condições especiais de entrada e de pagamento. 

Acompanhe as novidades do Blog da Arbo!


Cadastre-se e receba por e-mail nossa newsletter com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Financiamentos

Os financiamentos são grandes conhecidos dos brasileiros, especialmente quando o assunto é a compra de imóveis. Muitos utilizam o recurso para adquirir um imóvel próprio, que será destinado à moradia. Contudo, existem, também, aqueles que o utilizam para poder rentabilizar o imóvel de alguma forma.

A pandemia fez com que as instituições financeiras – como bancos e fintechs – disponibilizassem diversas linhas de crédito vantajosas, que atendessem às necessidades de inúmeros tipos de investidores. Nesse caso, não é difícil encontrar uma forma que te auxilie na aquisição de um imóvel como investimento.

O empréstimo pode ser contratado tanto para a compra de casas quanto para a compra de apartamentos. Além disso, é possível que o imóvel seja novo ou usado, o que aumenta as possibilidades de investimento do interessado.

Não se esqueça de estar sempre atento às condições de pagamento, para que não existam surpresas desagradáveis no futuro. Não tenha pressa e avalie todas as partes do processo com cautela antes de assinar o contrato.

Reforma de imóveis

A reforma de imóveis é, também, uma boa forma de começar a investir no mercado imobiliário. Imóveis antigos e deteriorados, por exemplo, podem ser comprados por um valor abaixo do anunciado.

Mercado imobiliário

Nesse caso, o ideal é que haja uma negociação com o proprietário e que o investidor justifique o valor abaixo do proposto com a necessidade de uma reforma. Com a pandemia, muitas pessoas optaram por negociar os seus imóveis próprios. Um investidor atento, estaria de olho nessas oportunidades que podem ser bem interessantes para quem está em busca de começar no setor. 

Outro ponto de atenção é que o FGTS não pode ser utilizado para a compra dos materiais para a reforma, bem como para a mão de obra.

E, para começar a investir no mercado imobiliário com o pé direito, visite o Portal da Arbo. O site reúne imóveis de diferentes tipos em centenas de cidades do país e, com certeza, existe uma opção perfeita para você.

Postagens relacionadas

Home office cresce a busca por casa no interior

Se agora você está trabalhando no modo home office e você busca sair da agitação da cidade grande, veja as vantagens de morar em uma casa no interior Com a chegada da pandemia da Covid-19, centenas de milhares de pessoas se depararam tendo que lidar com inúmeras mudanças repentinas e uma nova realidade passou a […]

O que é o termo de aceite?

O Termo de aceite é um compromisso de segurança que protege todos que anunciam no nosso portal. Entenda mais sobre esse termo e porque ele é essencial para quem vende um imóvel ou navega pelo portal Arbo Imóveis e saiba sobre outros termos que protegem nossos usuários. Com o tema de proteção de dados cada […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *