27 de setembro de 2021

O que saber antes de realizar mudança interestadual

mudança-interestadual

Uma mudança interestadual deve ser planejada com antecedência para evitar problemas durante e depois do processo. Por isso, descubra quais fatores influenciam para que este tipo de mudança seja feito com qualidade. 

A mudança interestadual nada mais é do que uma mudança de residência entre estados diferentes. Por se tratar de longas distâncias, é comum que muitas situações saiam do controle se não houver planejamento prévio.

Antes de se mudar para outro estado, você precisa compreender quais fatores podem fazer sua experiência mais tranquila. A relação de custo-benefício, horários de viagem e materiais para embalar a carga devem ser planejados, pois são essenciais. 

O que levar em consideração antes de fazer a mudança interestadual?

É importante ter em mente que uma mudança interestadual é longa e demorada, ainda mais se for feita em um país de proporções continentais como o Brasil. É por isso que separamos alguns fatores para você levar em conta durante o planejamento.

Empresa especializada em mudanças

mudança-interestadual

Antes de mais nada, você deve ficar atento e pesquisar quais empresas de sua região fazem este tipo de serviço de longa distância. É importante que a mudança seja feita por uma transportadora especializada para que você tenha um controle profissional de seus bens. 

Normalmente, a empresa possui uma equipe e materiais adequados para embalar a carga que será transportada. Ainda, toda a parte de documentação, seguro e nota fiscal deve ser disponibilizada, fazendo com que o processo seja legítimo e não tenha brechas legais. 

Sempre lembre de pedir recomendações e de olhar avaliações de empresas na internet antes de firmar um acordo. Muitas vezes, o serviço acaba sendo realizado diferente do que a empresa prega e pode acabar te prejudicando. Por fim, nunca contrate uma empresa apenas pelo menor valor de mercado. 

Empacotamento da carga

Em uma viagem na estrada de longa distância sempre pode haver risco de móveis e pertences sofrerem danos. Por isso, é importante que a empresa esteja munida de diversos materiais para embalar corretamente a carga.

Dentre os materiais mais utilizados estão as caixas de papelão, plástico bolha, mantas, isopores e plásticos filme resistentes. É essencial que eletrodomésticos e itens frágeis sejam embalados corretamente para não sofrerem nenhum tipo de risco ou rachadura. Sempre acompanhe o momento de embalar os móveis para que tudo ocorra bem. 

Uma dica valiosa é separar em uma caixa vários itens essenciais para que haja uma certa agilidade quando for desfazê-la. Assim, evita-se que você passe o dia ou a semana inteira procurando carregadores, lâmpadas ou até mesmo o controle remoto.

Localizador de mudança

Algumas empresas oferecem um serviço de rastreamento de sua frota, assim, a mudança é monitorada e casos de roubos ou extravios podem ser evitados com mais precisão. Esse tipo de serviço é parecido com o de entrega de compras online ou de correios, em que você acompanha a carga em tempo real. 

Se a empresa disponibilizar esse tipo de serviço, com certeza vai facilitar sua vida. Além de garantir maior segurança, vai permitir que você se planeje para receber a mudança e adeque horários e locais com mais conforto. Veja mais dicas aqui.

Horários

O transporte de mudança interestadual é, na maior parte das vezes, muito longo e demorado. Levando isso em consideração, planeje bem o horário de saída e de chegada de sua carga para evitar desencontros.

 É importante lembrar que a distância influencia no custo sobre o transporte, já que quanto mais longe for o destino, maior vai ser o tempo de prestação de serviço e os gastos com combustível.

Você também deve se atentar caso vá se mudar para um condomínio ou prédio. Normalmente, as mudanças são permitidas apenas em horário comercial, de segunda a sexta. Planeje-se para que a carga não chegue em feriados e fins de semana, o que pode ocasionar  em uma multa. 

O melhor horário para descarregamento de mudanças é na parte da manhã, pois assim você terá o dia inteiro livre para correr atrás de imprevistos. 

Seguro

Em uma mudança interestadual, podem acontecer danos, extravios, roubos ou acidentes na estrada. Por isso, procure empresas que ofereçam seguro para seus móveis e pertences. O seguro para transporte de cargas é essencial, pois ele dá a garantia de que você vai ter o dinheiro ressarcido caso seja prejudicado de alguma forma. 

Na maior parte das vezes, o serviço de mudança já oferece seguro. Entretanto, caso não o disponibilize, também há a possibilidade de encontrar seguradoras para ter essa garantia.

 Os principais seguros são o Seguro de Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga (RCTR-C), que é obrigatório e o Seguro de Responsabilidade Civil Facultativa do Transportador Rodoviário por Desaparecimento de Carga (RCF-DC), que como o nome já diz, é facultativo.

mudança-interestadual

Custo

Todos esses fatores que foram listados estão intimamente ligados com o valor da mudança interestadual. Entretanto, quase todos esses fatores são variáveis e, por isso, não se pode afirmar com exatidão o valor de uma mudança entre estados. 

A distância influencia no valor gasto com combustível e no desgaste do veículo, assim como no tipo de material que será usado para embalar a carga. Ainda, a quantidade de itens influencia na quantidade de carga que os funcionários irão carregar e no tamanho do caminhão necessário para a mudança.  

Também influenciam no preço a quantidade de profissionais que irão auxiliar na mudança e a documentação necessária para validar os processos. Além disso, os horários de saída e chegada podem ficar mais caros se forem feitos nos feriados e fins de semana.

Se a empresa tem autoridade no mercado e faz um serviço de qualidade, é normal que seu custo seja um pouco acima da média dos concorrentes. Por isso, como foi dito anteriormente, é preciso pesquisar e avaliar o melhor serviço de acordo com suas necessidades. 

Caso você queira economizar ao fazer uma mudança interestadual, uma opção é chamar os amigos ou a família e fazer toda a parte de empacotamento em grupo. Além disso, você também pode desconsiderar a montagem e a desmontagem de móveis durante o processo de mudança, fazendo você mesmo esse tipo de serviço.

Cuidado com empresas que oferecem preços muito abaixo ao do mercado.

Mudança interestadual compartilhada

Uma alternativa para aqueles que estão com o orçamento controlado é a utilização do serviço de mudanças compartilhadas. Essa categoria de mudança é exclusiva para pessoas que querem transportar poucos itens e que não estão com pressa para isso. 

Antes de tudo você deve pesquisar quais transportadoras fazem esse tipo de trabalho. Como é um processo demorado, você deve se planejar com muita antecedência. Os custos dessa modalidade variam de acordo com a quantidade de itens que você irá transportar e a distância necessária. 

Basicamente a empresa responsável vai colocar seu patrimônio junto com o de uma ou mais pessoas. A entrega é realizada conforme os destinos de cada carga, por isso muitas vezes essa opção tende a ser mais demorada. 

Coloque tudo no papel

Embora existam vários fatores que contribuem para a experiência da mudança, o planejamento e a organização são essenciais. Por isso, antes de tudo, coloque no papel seu orçamento e o quanto está disposto a gastar. 

Veja a disponibilidade de horários da empresa transportadora e os seus, assim como dos lugares de origem e destino da mudança. Analise as opções do mercado e se atente às críticas e sugestões de pessoas que já tiveram experiências com esse tipo de mudança. 


Em todos os casos é importante a organização dos itens que irão para a mudança, inclusive é importante categorizar as caixas de acordo com cômodos ou funções dos móveis. Para saber mais sobre a organização da mudança, assista o vídeo Como organizar a mudança: Antes, durante e depois, disponível no canal do YouTube Organize sem frescuras!

O que você achou das dicas de planejamento para mudança entre estados?

A mudança entre estados pode ser muito cansativa, mas não ela não precisa ser uma experiência ruim. Com organização e planejamento, tudo fica mais fácil. Assim, o Blog da Arbo quer saber: o que você achou deste conteúdo? Agora se sente mais preparado para o processo de mudança?

Você também pode conferir vários conteúdos disponíveis no Blog da Arbo como Tudo o que você precisa saber antes de realizar a mudança de casa ou de apartamento e Descubra como organizar as finanças antes de mudar de imóvel. Você também pode deixar sugestões e críticas na caixa de comentários logo abaixo.

Ainda, você pode encontrar conteúdos na Central de Ajuda da Arbo. Com assuntos mais voltados ao dia a dia, você pode encontrar respostas para dúvidas como Gostei de um imóvel, o que eu faço agora? ou também Quais os requisitos para alugar e comprar um imóvel na Arbo?

Inclusive, se você estiver à procura de um imóvel para comprar ou alugar, o Portal da Arbo é a sua resposta. O site reúne várias ofertas de imóveis por todo o Brasil e com certeza lá você vai encontrar o que procura.

Postagens relacionadas

qual a diferença entre consórcio e financiamento

Saiba a diferença entre consórcio e financiamento

Está em dúvida sobre qual a diferença entre consórcio e financiamento? Confira tudo sobre essas modalidades de crédito. A decisão de comprar uma casa ou um apartamento é sempre acompanhada de muitas incertezas. Por se tratar de um bem de alto valor e que interfere em vários aspectos de nossas vidas, é necessário entender muito […]

financiamento-de-imóveis

Financiamento de imóveis: o que saber em 2021

O financiamento de imóveis é uma modalidade que tem crescido muito nos últimos anos. Mas, será que, em 2021, continuará sendo uma boa opção? É isso que tentamos responder neste texto.  Ter a sua casa própria ainda é o maior sonho para muitos brasileiros. Mas não é qualquer um que pode pagar por um imóvel […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *