13 de maio de 2022

Plantas pendentes: 10 espécies para cultivar em casa

plantas-pendentes

Você sabe o que são plantas pendentes? Um toque de verde sempre adiciona ainda mais charme à decoração, e essas especialmente, possuem um poder ainda maior de transformar o ambiente!

Com desenho elegante, elas se adaptam a diferentes locais, emprestando elegância para a sala, a cozinha ou outro cômodo da sua casa! Esse tipo de planta é daquelas que, quando suspensas do solo, se desenvolvem, com suas folhas e galhos, em formato de cascata. 

Quer saber como alegrar o seu lar colocando plantas pendentes em um armário alto e até então sem graça? Confira as dicas sobre como cultivar elas, e em seguida, veja a lista que a Arbo preparou para você com as 10 melhores espécies para ter em sua casa! 

10 melhores plantas pendentes para se ter em casa:

  1. Jiboia
  2. Peperômia
  3. Flor de maio
  4. Colar de pérola
  5. Barba de Moisés
  6. Suculenta dedo de moça
  7. Samambaia
  8. Lambari
  9. Dinheiro em penca
  10. Corações emaranhados

O que saber antes de ter plantas pendentes em casa?

Muito antes de conhecer as espécies, é importante que você entenda como cultivá-las, de forma correta, e com isso se apaixonar ainda mais por cada detalhe desse momento de cuidado com as plantinhas, que muitas vezes se torna até mesmo terapêutico, concorda? Veja com atenção agora essas importantes dicas!

Iluminação

Antes de qualquer coisa, você precisa determinar onde as plantas pendentes  serão colocadas. Esse local precisa ser bem iluminado, arejado e, preferencialmente, livre de correntes de vento. Por isso, primeiro defina o lugar para somente depois escolher a planta. E vale citar também que todas as espécies de plantas pendentes precisam de luz, em maior ou menor quantidade.

Como regar corretamente as suas plantas pendentes?

As regas devem ser definidas de acordo com a espécie que será cultivada. Mas, independente disso, as que ficam no sol precisam de mais água do que aquelas que vivem na sombra. Na hora de fazer a rega, observe se suas plantas pendentes possuem pratinho para que a água não escorra e molhe o piso. Também é importante que a planta esteja a uma altura que possa ser facilmente alcançada por você. 

Suportes e vasos 

As plantas pendentes geralmente são suspensas por correntes ou hangers de macramê sustentados por suportes metálicos ou de madeira. Esses suportes precisam ser resistentes para aguentar o peso do vaso, inclusive quando ele está molhado.

A melhor opção é fixar o suporte com a ajuda de buchas e parafusos, que garantem uma sustentação melhor do que pregos, por exemplo. Nesse caso, a dica também é optar por vasos de plástico ou fibra de coco que são mais leves do que os vasos de barro, cimento ou cerâmica.

Precisa adubar e pode podar?

Apesar de cada uma delas ter as suas particularidades, os cuidados costumam ser parecidos para todas elas. É legal adubar (já que ela está longe do solo), limpar folhas secas e evitar podar porque algumas plantas podem adquirir forma de arbustos e não de  plantas pendentes. Entendeu?

Bom, agora chegou o momento de conhecer um pouco mais dessas plantas e escolher alguma, ou algumas, para ter aí no seu lar!

Aa 10 melhores espécies de plantas pendentes para cultivar  

Aprendeu direitinho como cuidar dessas belezinhas? Ótimo! Agora veja quais são as mais populares e que você pode cultivar em casa sem medo de ser feliz! Você pode utilizá-las para uma decoração Urban Jungle ou em para decoração do quarto, por exemplo.

1- Jiboia

Muito amada pelos brasileiros, a jibóia está no topo da nossa lista! Ela apresenta folhagens brilhantes e atrativas, e é considerada por muitos uma planta protetora e sagrada. A jibóia é uma das plantas pendentes que são extremamente adaptáveis ao ambiente que está sendo cultivada. Versatilidade e purificação do ar são algumas das vantagens da jiboia.

Em ambientes externos, a planta rasteira pode se tornar uma trepadeira, formando uma cerca viva que cobre mais de 15 metros de distância (demais né?!). Com folhas grandes e vistosas, nem parece a mesma espécie!

Elas podem ser colocadas em prateleiras, suportes de chão, parapeitos de janelas, pergolados, cachepôs ou em vasos comuns. Os hangers, suportes pendentes para vasos, são ótimas opções para deixar que os caules das folhagens se exibam e se tornem os protagonistas do ambiente.

2- Peperômia 

A peperômia é uma espécie indicada para quem ainda não desenvolveu o famoso “dedo verde”! De fácil trato, ela é uma das queridinhas entre os decoradores, já que se adapta a diversos ambientes. Apresenta folhas pendentes pequenas e delicadas com uma coloração verde-clara.

Ela precisa de iluminação indireta. Então, se você está procurando plantas pendentes que não precisam de sol, a peperômia é a espécie perfeita! As regas devem ser frequentes, sempre que o solo estiver seco. Só tome cuidado para não encharcar o ambiente, ok?

3- Flor de maio

Apesar de ser da família dos cactos, esta planta de origem brasileira não apresenta espinhos. De aparência rústica e pequeno porte, encanta com sua linda floração que começa no mês de maio. É uma das plantas pendentes de sombra, mas deve ser cultivada em ambientes que recebam bastante luz durante o dia.

A espécie pode ser cultivada em um vaso suspenso ou no alto de uma estante ou prateleira já que as suas flores vão cair e formar uma cascata colorida. É recomendado regar duas vezes por semana.

4- Colar de pérola

O nome popular revela o aspecto de jóia dessa planta. Apesar de ser uma suculenta, a colar de pérolas não gosta de tantas horas no sol direto e precisa de rega com mais frequência. Vale manter o solo úmido, mas nunca encharcado. A espécie ainda dá flores brancas e, além de ser usada como planta pendente, pode também ser uma planta rasteira.

5 – Barba de Moisés

A Barba de Moisés, tem como principal característica folhas redondas e pequenas, além de serem plantas pendentes de sol, porém, não devem receber sol durante todo o dia. O mais indicado é que a Barba de Moisés fique em um local onde o sol bate por meio período para que se desenvolva bem.

O cultivo da Barba de Moisés deve ser feita em um solo rico em matéria orgânica, além disso, sua rega deve ser feita com cuidado para que o solo não fique encharcado. Ela é conhecida por outros nomes populares como: Lágrimas de bebê; Planta da sorte; Lágrimas de anjo e Cabelinho de anjo.

6 – Suculenta dedo de moça

Essas plantas pendentes possuem pequenas folhas em verde claro, e elas crescem em formato de cascata, e devido toda sua beleza ela acabou se tornando uma das plantas pendentes para interior e exterior decorado. É importante mantê-la em um local que tenha sol durante o dia todo ou ao menos meio período de bastante sol e também deve ser regada sempre que o solo começar a secar, pois isso impede que a planta comece a pegar a água do interior das folhas fazendo com que elas fiquem com aspecto de murchas. Anotou aí?

7 – Samambaia: a clássica entres as plantas pendentes

Uma das espécies mais clássicas dos lares brasileiros também entra na lista das melhores espécies e daquelas que não precisam de sol. Com belo aspecto selvagem, esta verdinha é sempre uma boa opção para quem pretende dar um up na decoração. Regas diárias são necessárias e, de preferência, use um borrifador para molhar as folhas. Fique de olho na primavera e no verão, quando as regas podem ser ainda mais frequentes!

8 – Lambari

Sua principal característica é a bela coloração de suas folhas que mistura tons de roxo e verde. É uma planta resistente, versátil e de rápido crescimento. Aprecia locais de sombra ou meia-sombra, seja em vasos ou em canteiros no jardim. Seu solo deve ser bem drenado e a rega deve ser feita com a frequência de duas vezes na semana.

9- Dinheiro em Penca

Se você gosta de plantas pendentes delicadas e românticas, a dinheiro em penca é a sua opção entre as várias plantas pendentes existentes. Para cultivá-la basta regá-la com moderação, já que o excesso de água pode facilmente apodrecer as raízes. Mantenha-a em um local iluminado, mas sem sol direto.

10 – Corações Emaranhados

O nome não poderia ser outro! A planta conhecida como Corações Emaranhados possui, realmente, folhas em formato de delicados corações. A coloração verde acinzentada é outro destaque dessa plantinha que gosta de sombra e regas moderadas apenas no solo, evite molhar as folhas.

Gostou das nossas indicações de plantas pendentes? Aqui no Blog da Arbo você encontra as melhores dicas sobre jardinagem, decoração e muito mais! 

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

imóvel tombado

Imóvel tombado: o que você precisa saber

Reunimos em um só lugar as dúvidas mais frequentes sobre imóveis tombados. Saiba o que são, como é o processo de tombamento, as regras para inquilinos e muito mais.  Em geral, imóveis tombados são prédios, sobrados e casas mais antigas, com ótima localização, arquitetura bonita e muita história para contar. Se você está em busca […]

casas-modernistas

Casas modernistas: conheça algumas

Diferente do que a maioria pensa, as casas modernistas não são sinônimo de uma estética contemporânea! Uma construção moderna segue os princípios do modernismo. E com a arquitetura moderna não é diferente. Nascida do movimento modernista, esse é um estilo que conta com elementos simples para criar composições surpreendentes. Nesse post, a Arbo vai te […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *