12 de maio de 2022

Instagram para corretores de imóveis: 5 dicas para crescer

instagram para corretores de imóveis

Quer transformar suas redes sociais em máquinas de vendas? Veja boas práticas do Instagram para corretores de imóveis!

Você com certeza já sabe que não estar nas redes sociais diminui demais o alcance do seu trabalho. Entretanto, também deve ter percebido que se destacar em meio à enxurrada de fotos e vídeos que pipocam a cada segundo nas telas de nossos queridos smartphones não é fácil.

Por isso, o Blog da Arbo trouxe este artigo para falar sobre o gerenciamento do Instagram para corretores de imóveis. Vamos dar a você uma visão geral sobre as várias possibilidades que essa importante rede social oferece.

Para isso, listamos cinco dicas que vão ajudar você a ter um perfil profissional que traz mais seguidores, mais clientes e mais vendas. Confira!

  1. Tenha um perfil comercial
  2. Entenda seu público e produza conteúdo para ele
  3. Invista em qualidade
  4. Faça campanhas de anúncios
  5. Use em conjunto com outros canais

1. Tenha um perfil comercial

O perfil comercial adiciona novas funcionalidades, as quais o usuário comum não tem acesso. Entre elas, podemos destacar o uso de Big Data para analisar melhor a forma como seus seguidores interagem com seu conteúdo. Isso ajuda a aperfeiçoar suas estratégias de marketing. Os dados disponibilizados incluem os seguintes itens:

  • número de interações
  • alcance
  • engajamento
  • percentual de usuários que salvaram a publicação
  • localização dos seguidores
  • faixa etária dos seguidores
  • gênero.

Já a função shooping dá aos perfis de Instagram para corretores a possibilidade de compartilhar produtos e fazer ações promocionais.

2. Entenda seu público e produza conteúdo para ele

O conteúdo a ser publicado no Instagram precisa ser focado no seu público-alvo, não em você e nos seus produtos. Afinal, um perfil que só publica propagandas não costuma ser muito atrativo.

Aliás, esse é um dos principais erros que os corretores e as imobiliárias cometem em suas estratégias de marketing: olhar só para os chamados “leads quentes”, aqueles que já estão prontos para comprar. Os “leads frios” sempre acabam descartados.

Isso é um erro porque, como explicamos no nosso artigo sobre a jornada de compra do imóvel, o consumidor percorre um longo caminho até o momento de fechar negócio. Quem não se prepara para atingir públicos em etapas distintas da jornada acaba perdendo muitas oportunidades de vendas futuras.

Uma pessoa que acabou de sentir a necessidade de comprar um imóvel terá centenas de dúvidas na cabeça. Hoje em dia, a primeira coisa que fazemos quando queremos aprender sobre algo é pesquisar na internet. O que você precisa é ter o conteúdo certo, na hora certa.

Para começar, determine os objetivos que você pretende atingir com o conteúdo. Se a prioridade é fazer com que sua marca seja mais conhecida, os materiais precisam focar em engajamento. 

Isso não significa que você não possa fazer ofertas de venda. Na verdade, é benéfico ter uma parte do seu conteúdo voltado para essa finalidade. Nesse caso, o ideal é que eles direcionem os seguidores para seus canais de atendimento, especialmente se você tem um site próprio.

Para que o conteúdo gere identificação por parte do público que você deseja atingir, é necessário ter um bom conhecimento sobre o perfil dele. Dados como faixa de renda, escolaridade, gênero, faixa etária e outros interesses podem ajudar nisso, trazendo cada vez mais ideias.

Aqui vale fazer a distinção entre dois conceitos do marketing que são diferentes, mas muita gente confunde: público-alvo e persona. O público-alvo é conhecido por meio de informações mais gerais sobre o cliente ideal, enquanto a persona é algo mais aprofundado, produzido por muitas agências de marketing com base em relatórios detalhados, entrevistas, entre outras fontes.

Com o passar do tempo, à medida que você conquista mais seguidores, abrem-se novos caminhos para obter ideias de conteúdo. Você pode até usar as ferramentas de interação dos stories, como as caixas de perguntas e as enquetes, para verificar diretamente com o público aquilo que ele deseja ver ou gostaria de saber. Isso também é um bom termômetro quanto à relevância do que já está sendo feito.

3. Invista em qualidade

Vídeos e imagens bem produzidas são um diferencial para chamar atenção no Instagram.

É óbvio que você não precisa de um estúdio cheio de equipamentos sofisticados para fazer boas imagens e bons vídeos para o Instagram. Afinal, um dos diferenciais dessa plataforma é justamente a facilidade na produção e divulgação.

Contudo, alguns recursos básicos vão ajudar a fazer materiais que se destacam do que a concorrência faz. Como exemplo mais óbvio, podemos citar a qualidade do áudio. A maior parte dos celulares conta com câmeras capazes de captar imagens em alta resolução, mas os microfones nem sempre dão conta do recado. 

Então, um bom investimento inicial seria um microfone externo para conectar diretamente no celular. Lembre-se: os usuários podem até tolerar uma imagem que não esteja na qualidade ideal, mas dificilmente vão prestar atenção em um áudio ruim. Faça o possível para evitar muito ruído ou eco quando estiver gravando.

Quanto aos tipos de vídeos que podem chamar a atenção do público, a criatividade faz a diferença. Em primeiro lugar, é fundamental saber contar uma boa história. Mesmo que os vídeos sejam curtinhos, sua mensagem sempre tem que ter começo, meio e fim. Antes de começar a gravar, garanta que a mensagem é objetiva e clara.

Ter variedade também é fundamental. Por isso, vá além das apresentações de imóveis. Se você é um corretor especialista, experimente fazer conteúdos voltados para o seu nicho. Se você atende em bairros específicos, um passeio de carro ou à pé é uma bela forma de divulgar seu trabalho. 

4. Faça campanhas de anúncios

Uma estratégia de marketing digital mais abrangente em perfis de Instagram para corretores mistura conteúdos voltados para geração de tráfego orgânico com campanhas de anúncios pagos.

O tráfego pago demanda recursos financeiros para gerar cliques e atrair mais clientes em um curto período de tempo. Geralmente, ele é usado por empresas que desejam ter resultados a curto prazo.

Contudo, impulsionar um post qualquer não é suficiente. O ideal é planejar conteúdos específicos para sua campanha. As imagens a serem utilizadas precisam ser escolhidas de forma criteriosa. Se você vai anunciar um apartamento, é bom mostrar a estrutura dele, mas também as áreas comuns do condomínio e o bairro. 

A imagem deve ser acompanhada por um bom título e uma boa legenda. Se for colocar texto na própria foto, faça com que ele ocupe, no máximo, 20% dela.  Assim, você evita que a imagem fique muito poluída.

Uma das principais vantagens de anunciar no Instagram é que você pode segmentar o público que vai receber esses anúncios. Para isso, preste muita atenção aos filtros e não deixe campos sem preencher. 

Entre os filtros mais importantes, temos o de renda e de acontecimentos. O primeiro segmenta o público segundo seu padrão de vida, enquanto o segundo permite anunciar para pessoas que estão em situações muito específicas – pessoas que acabaram de se casar, por exemplo. 

Todo esse trabalho passa a fazer mais sentido quando os resultados são acompanhados adequadamente. A ferramenta de anúncios permite visualizar a quantidade de pessoas impactadas, o número de cliques nos seus anúncios e muitas outras variáveis.

5. Use em conjunto com outros canais

Suas ações no Instagram ficam fortalecidas quando são alinhadas com outros canais de distribuição de conteúdo. Seja um site, um canal no YouTube ou um perfil em outra rede social, é importante que sua estratégia faça esses vários pontos de contato trabalharem de forma coesa.

Quando cada ponto faz referência aos outros e há coerência entre os conteúdos que eles geram, eles crescem em conjunto. Apenas tenha certeza de que conseguirá manter esses canais ativos. Constância e paciência são palavras de ordem quando se trata de marketing digital.

E essa ideia fica ainda mais forte quando nos referimos ao tráfego orgânico, aquele que não depende de anúncios. Dentro dessa estratégia, o resultado demora mais para vir, mas, quando vem, contribui muito para reduzir seu custo com anúncios.

Quer se aprofundar no assunto? Baixe nosso e-book gratuito sobre métricas de marketing digital para imobiliárias. Nele, nós explicamos termos técnicos, abordamos as diferenças entre as estratégias de tráfego pago e tráfego orgânico, além de apresentar as principais métricas de desempenho dessa área.

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

marketing para lancamentos imobiliarios

Marketing para lançamentos imobiliários

Uma boa estratégia de marketing para lançamentos imobiliários é a chave do sucesso para vendas bem sucedidas. Vender lançamentos imobiliários é sempre um grande desafio para os corretores. Mas as possibilidades de ganho compensam o trabalho. O primeiro passo para que tudo dê certo é montar um planejamento de marketing certeiro para este tipo de […]

Como-vender-lançamentos-imobiliários

Como vender lançamentos imobiliários

Vender lançamentos imobiliários é um desafio para imobiliárias e corretores, mas com planejamento a oportunidade de ótimos negócios aumenta. Uma das dificuldades é a insegurança de alguns clientes ao comprar um imóvel que ainda está na planta. Mas esse tipo de empreendimento pode render bons negócios e muito lucro, desde que seja feito da maneira […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *