20 de maio de 2022

5 dicas para fazer bons vídeos de imóveis

como fazer videos de imóveis

Conteúdo de qualidade é chave para uma boa estratégia de marketing digital. Veja como produzir vídeos de imóveis que encantam e vendem mais!

A transformação digital no setor imobiliário é um caminho sem volta e quem demora para compreender os novos desafios do setor acaba ficando para trás. A produção de vídeos de imóveis já é considerada uma ferramenta indispensável para qualquer iniciativa que pretenda atrair clientes pelo marketing digital.

Pensando nisso, a equipe do Blog da Arbo preparou este post com cinco dicas essenciais para quem quer iniciar ou melhorar a produção de conteúdos em vídeo. São elementos essenciais que vão desde a pré-produção até a escolha dos melhores canais de divulgação. Confira!

1. Saiba contar uma história

Todo vídeo precisa ter começo, meio e fim para envolver quem assiste. E nada melhor para prender a atenção do público do que uma boa história. Mas isso não significa que você precisa inventar personagens e cenários. Afinal, o cenário é o próprio imóvel e o protagonista é a pessoa que assiste e se imagina naquele imóvel.

Portanto, o negócio é mostrar as características e benefícios do imóvel de uma maneira que o público seja capaz de se enxergar naquele local. O modelo mais simples de vídeo que se pode fazer dessa maneira é um tour que começa na porta de entrada e visita cada cômodo, sempre destacando seus detalhes.

Tendo boas imagens, criatividade na edição e uma locução bem feita, as chances de despertar o interesse do seu público-alvo aumentam bastante.

Por falar em edição e locução, é bom fazer um roteiro que funcione como guia da produção. Você já imagina com antecedência cada etapa do vídeo e as informações que não podem ficar de fora. Para algo mais caprichado, você pode até indicar a posição exata da câmera e sugerir aspectos da edição, como as informações que precisam aparecer escritas na tela. 

2. Varie o conteúdo

Para atingir públicos com interesses diversos e se diferenciar em meio a tantos conteúdos que vemos todos os dias na internet, é importante apostar em formatos variados. Veja algumas possibilidades para seus vídeos de imóveis:

Apresentação do imóvel

Os vídeos de apresentação são indispensáveis para qualquer estratégia de marketing digital, seja para imobiliárias, incorporadoras ou corretores autônomos. Vá além das simples apresentações de slides com fotos e grave no próprio local. Você pode fazer um tour pela casa, mostrando cada cômodo e falando sobre suas características.

Passeios pelo bairro

Quem quer comprar um imóvel sempre quer saber sobre o que há por perto. Por isso, é bom fazer vídeos dando uma volta pelo bairro, mostrando pontos de referência, vias importantes, áreas de comércio e serviços e locais de lazer e entretenimento. O bom desse tipo de conteúdo é que você não precisa mostrar tudo de uma vez e pode dividir em vários vídeos.

Andamento das obras

Esse tipo de vídeo chama muito a atenção de quem comprou um imóvel na planta. Mostrar um time-lapse da evolução das obras sempre desperta a curiosidade e alimenta a imaginação de quem assiste.

3. Prepare o ambiente

Como mencionamos na nossa primeira dica, cuidar do cenário é fundamental para produzir bons vídeos de imóveis. Portanto, preste atenção aos detalhes para ajustar tudo antes da gravação. Se o local ainda tiver resquícios de obras realizadas recentemente, por exemplo, é bom retirá-los e fazer uma boa limpeza para que a atenção fique toda para o imóvel em si.

Iluminação natural

A iluminação cumpre um papel fundamental em vídeos de imóveis. Se o imóvel conta com espaços com boa iluminação natural, use esse recurso para aumentar a qualidade das imagens e ressalte esse aspecto ao longo do vídeo. Um vídeo com pouca iluminação passa a impressão de falta de profissionalismo e tira a beleza do local..

Iluminação artificial

Caso o imóvel não receba muita luz artificial ou o tempo esteja encoberto, use luzes artificiais para aperfeiçoar o visual. Um kit básico de iluminação para vídeo pode ser composto por poucos itens, como um ou dos leds. Variar a posição das luzes em relação à câmera e às pessoas e objetos que aparecem na imagem cria diferentes efeitos.

4. Escolha os equipamentos

Ao contrário do que se possa imaginar, não é necessário um caminhão de equipamentos para conseguir bons resultados com vídeos de imóveis. O segredo é saber tirar o melhor que os recursos disponíveis tem a oferecer. 

Quem está começando pode usar o próprio celular, já que os smartphones atuais vem com câmeras cada vez melhores. Com o passar do tempo, caso sinta a necessidade de deixar as produções com uma cara mais profissional e o investimento se justifique, adquira câmeras, microfones, tripés e drones para ter conteúdos cada vez melhores.

Vamos entender um pouco mais sobre cada um desses itens:

Gravando com o celular

Hoje é bem fácil encontrar celulares com valor acessível e que filmam em resoluções altas, como o Full HD. Isso vai ajudar a obter uma boa qualidade de imagem, aspecto que é fortalecido com o bom uso da iluminação. Além disso, smartphones que filmam na resolução 4k e têm várias câmeras já estão ficando mais baratos.

O cuidado que muita gente se esquece quando está começando a gravar vídeos de imóveis com o celular é sempre posicionar o aparelho na horizontal. Isso é essencial caso pretenda publicar o vídeo no YouTube e no Facebook sem que ele fique com bordas pretas nas laterais. Com cada vez mais gente vendo o conteúdo em smart TVs, é bom aproveitar a tela toda.

Por outro lado, se o vídeo vai para redes sociais como o Instagram, o vídeo na vertical já não é um problema. Inclusive, eles vão ficar ótimos para os stories. Falaremos mais sobre os recursos e as características das várias plataformas disponíveis na dica nº 5. 

Este vídeo do canal Brainstorm Tutoriais dá várias dicas para obter vídeos de qualidade com o celular:

Gravando com câmera

Ter uma boa câmera pode elevar bastante o padrão de produção dos seus vídeos de imóveis. Como são equipamentos dedicados a essa finalidade, ao contrário dos smartphones, você terá mais qualidade na imagem e mais versatilidade ao produzir, já que é possível trocar as lentes para obter efeitos diversos.

Há lentes mais apropriadas para cenas em ângulos abertos e outras para captar detalhes. Algumas delas facilitam o efeito de desfoque no fundo da imagem, algo que pode ser útil quando uma pessoa aparece falando em frente à câmera. 

Microfones

Os microfones embutidos são os pontos fracos tanto dos celulares quanto das câmeras. Se puder, adquira microfones externos para suas gravações antes mesmo de uma boa câmera. Os usuários podem até tolerar vídeos com imagem em resolução mais baixa, mas dificilmente suportam áudio de baixa qualidade.

Os modelos mais básicos e funcionais são os microfones de lapela, que são bem pequenos e ficam fixados na sua roupa, perto da sua boca. Dessa forma, eles captam melhor sua voz e não sofrem tanta interferência dos ruídos no entorno. O resultado é um som mais limpo, algo indispensável para seu vídeo. 

No vídeo abaixo, Michael Oliveira explica sobre os tipos de microfones para gravar com o celular:

Tripé

Dependendo do tipo de vídeo que você pretende gravar, os tripés serão equipamentos indispensáveis. Eles fixam a câmera em uma posição e evitam que ela fique balançando, o que contribui para um aspecto mais profissional. Você encontrará modelos que permitem ajustes de altura e movimentos na horizontal e na vertical.

Quem vai gravar com o celular pode comprar tripés menores. Além de poderem ser apoiados em uma mesa na hora de gravar, eles podem ser usados como os famosos paus de selfie, ajudando a estabilizar melhor a imagem nas filmagens em movimento. 

Quem tiver mais possibilidades pode investir em um gimbal, um equipamento específico para estabilizar filmagens em movimento. Esse tipo de recurso valoriza bastante o resultado final do seu vídeo.

Neste vídeo do canal Andrey Lanhi – Back to Basics, você vai saber mais sobre os tipos de tripés:

Drones

Imagens com drones são excelentes para destacar a localização de um imóvel ou o andamento das obras de um empreendimento, por exemplo. Esse tipo de recurso sempre eleva muito o padrão de um vídeo e o deixa muito mais interessante. O equipamento é mais caro, mas se o investimento fizer sentido para o momento atual do seu negócio, certamente será um diferencial importante. 

O vídeo abaixo, do canal Kadu Lopes Fotógrafo, mostra como os drones são utilizados para produzir vídeos de alta qualidade:

5. Publique onde seu público estiver

Antes mesmo de começar a pensar nos roteiros dos seus vídeos de imóveis, é interessante definir em que plataforma eles serão publicados. Essa decisão influenciará em aspectos como o formato e a duração do conteúdo. Para vídeos do YouTube e do Facebook, o ideal é filmar na horizontal, enquanto o Instagram funciona melhor com vídeos na vertical.

O YouTube tem como maior vantagem o fato de ser o segundo site mais utilizado para pesquisas, perdendo apenas para o Google. Como as duas plataformas pertencem à mesma empresa, há uma forte integração entre elas. Por isso, um vídeo publicado no YouTube tem muito mais chances de ser encontrado por alguém interessado no que você oferece.

Por outro lado, Instagram e Facebook também são plataformas pertencentes ao mesmo grupo e já compartilham certas funções, como os stories. Um vídeo postado no primeiro pode ser replicado automaticamente no segundo. A integração dessas plataformas com o WhatsApp também deve crescer em um futuro próximo.

Além disso, tanto o Google quanto o Facebook contam com sistemas sofisticados de Big Data para gestão de campanhas de marketing, permitindo que você elabore anúncios imobiliários para públicos bem específicos. Dessa forma, é possível levar seu conteúdo às pessoas com mais chances de se tornarem clientes por custos acessíveis. 

Quer saber mais sobre o uso dessas plataformas? Em nosso e-book gratuito sobre Métricas de Marketing Digital, abordamos desde os conceitos básicos da área até os indicadores de desempenho mais utilizados. Para baixar, é só clicar na imagem abaixo.

Seguindo nossas dicas para vídeos de imóveis, você conseguirá aperfeiçoar sua estratégia de marketing digital com conteúdo relevante e ótima qualidade de produção. Com isso, seu negócio terá mais chances de obter uma condição de destaque no mundo online e atrair cada vez mais clientes. 

Quer mais conteúdos com dicas para alavancar suas vendas? É só se cadastrar na newsletter semanal do Blog da Arbo para receber materiais exclusivos sobre as tecnologias e metodologias que transformam o mercado imobiliário. Preencha o formulário abaixo. 

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

Aumento da Selic: e agora, “Nicolau”?

Juros baixos, melhor época pra investir em imóveis, taxa Selic caindo. De repente, aumento da Selic pra 2,75%. Como assim? “E agora, quem poderá nos defender?”. Eis a importância de lermos o corpo das informações, antes de infartar com os títulos. De fato a taxa aumentou, como nada é para sempre, ainda que não estejamos […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *