13 de maio de 2021

Qual o custo de vida em SP?

qual-o-custo-de-vida-em-sp

Se você está planejando viver nesta grande metrópole, saiba qual é o custo de vida em SP e se organize para não ter surpresas

São Paulo é a maior cidade do Brasil e a oitava mais populosa do mundo – tem fama de estar sempre acordada. É por isso que a questão do custo de vida em SP  é tão importante na vida dos paulistanos e dos futuros moradores.

Cerca de 12 milhões de habitantes vivem em prédios e casas ao longo de 1,5 mil quilômetros quadrados, que são divididos em bairros muito diferentes entre si em perfil, mobilidade e custos.

A cidade comporta em sua área mais de 20 mil restaurantes, 30 mil bares, 300 cinemas, 150 museus, 130 teatros, 100 parques e 50 shopping centers. 

Esses números mostram um pouco da riqueza cultural e urbana que a capital paulista tem. Se você vai morar em São Paulo, não vai faltar opções!

Como calcular custo de vida em SP?

Para saber o custo de vida em SP, você precisa primeiro entender: afinal, o que é custo de vida? O que envolve?

O custo de vida nada mais é do que a soma de suas despesas, fixas e variáveis, para sobreviver e manter o seu estilo de vida. De forma resumida, o custo de vida em SP (ou em qualquer outra cidade) é composto por: gastos fixos + gastos variáveis.

Gastos fixos

Os gastos fixos inclui os custos que precisam ser pagos todos os meses, e que não sofrem alteração ou grandes mudanças – ou, pelo menos, não muito. 

São, por exemplo, valores com moradia (aluguel ou parcela de financiamento, condomínio, IPTU); serviços básicos (contas de gás, luz, água);  utilidades (TV por assinatura ,internet, telefonia); alimentação (supermercado) e outras despesas mensais (planos de saúde, mensalidades de escola, academia, seguro de carro, transporte, ração, banho e tosa de pets).

Variáveis 

Antes de se mudar, você também deve fazer o cálculo das despesas de vida em SP. Para isso: o que inclui os gastos variáveis? 

Para o cálculo destes valores você precisa contar todos os outros custos que compõem o seu dia a dia, como, por exemplo, as refeições fora de casa; gastos com vestuário.. roupas e acessórios; combustível e gastos inesperados com veículos; e outros custos pontuais e às vezes imprevisíveis como veterinário, festas e viagens, ou juros e multas inoportunas. 

Onde encontrar índices de custo de vida sobre a capital?

Buscar o índice de custo de vida (ICV) – que calcula a soma dos preços médios de bens e serviços em uma dada cidade – é uma boa ideia para entender qual é o custo de vida em São Paulo. Isso ajuda você a medir o quanto você vai precisar desembolsar ou a pensar e analisar em que área, região ou bairro você pode gastar acima da média, mais ou menos. 

Uma das organizações que calcula custo de vida em São Paulo é o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). Todos os meses, a DIEESE coleta os preços de cerca de 500 itens em São Paulo e calcula o ICV do período pesquisado. Além da empresa, existem também sites que pesquisam preços de maneira informal e colaborativa, possibilitando fazer comparações simples.

Agora que você sabe onde buscar os dados para você se preparar e se organizar, já pode começar a calcular de quanto será o seu custo de vida em São Paulo. Em uma metrópole tão grande quanto SP , é importante saber que os preços podem variar (e muito) de acordo com a localização, dependendo do serviço, é claro. 

 Custo de vida em SP com Transporte Público 

Alguns preços que são os mesmos em qualquer lugar da cidade, como exemplo  a tarifa de R$ 4,40 no transporte público. Para entender melhor sobre algumas taxas de integração entre metrô e ônibus trouxemos alguns dados. A Integração Ônibus + Metrô/CPTM Estudante é R$ 4,40; Integração Ônibus + Metrô/CPTM Comum é R$ 7,65; Integração Ônibus + Metrô/CPTM Vale-Transporte é R$ 8,85; Integração Ônibus + Metrô/CPTM Madrugador Comum é R$ 6,86; Integração Ônibus + Metrô/CPTM Madrugador Vale-Transporte é R$ 8,06.

Alimentação

O grande segredo para driblar o custo de vida em SP é que, da mesma forma que almoçar em um restaurante pode custar R$ 16 em uma ponta, em outra parte da cidade pode custar R$ 100. Há muitas opções de escolha e vamos destacar algumas com valores diferentes notarem esta grande diferença. 

Fasano 

No topo da lista dos restaurantes mais caros de SP está o Fasano, eleito o melhor em gastronomia italiana na cidade. A sugestão mais cara desse estabelecimento cinco-estrelas não está entre os pratos principais: está na seção das entradas. O caviar, iguaria cara em qualquer lugar do mundo, é servido na primeira etapa da refeição, em porção de 50 gramas, por R$ 1.600.  

A Baianeira 

De um extremo ao outro, para você que busca por um custo de vida em SP menos luxuoso e mais acessível, uma boa opção pode ser o restaurante A Baianeira. 

Quase que escondida em uma tranquila rua na Barra Funda, o local lembra a tranquilidade e o aconchego do interior. Durante a semana, dá para escolher entre os pratos do dia (até R$ 45) ou os combinados chamados ali de triviais, que incluem arroz, feijão, salada, legumes e creme do dia — além da proteína, que você escolhe (R$ 26 a R$ 30). 

Gosta de um típico cafezinho expresso? Na capital, varia entre R$ 3 e R$ 7. Como se vê, o custo de vida em São Paulo de alimentação também depende das suas prioridades e preferências. 

Moradia

Com suas 12 milhões de pessoas, 8,6 milhões de veículos e 32 subprefeituras, a cidade de São Paulo é, claramente, enorme. Isso significa que escolher cuidadosamente onde morar na capital faz toda a diferença em sua qualidade de vida, e consequentemente na sua despesa de vida em SP.

Em uma cidade tão grande e diversa, é uma boa e importante ideia pesquisar os preços médios de habitação nas regiões em que você deseja morar para entender como elas cabem no seu bolso. Especialistas sugerem que, para manter o equilíbrio financeiro, seus gastos com moradia não devem ultrapassar 30% de sua renda.

Um exemplo da grande diferença nos custos de vida em SP é que em fevereiro de 2020, o metro quadrado médio na Vila Nova Conceição custava em torno de R$ 18.163, e em Cidade Tiradentes, por exemplo, custava R$ 2.320. 

Conheça o bairro 

Antes de escolher um bairro específico, é interessante caminhar pelos arredores, tanto durante o dia, quanto durante a noite, para realmente conhecer o local e entender como será sua rotina naquele lugar. Se você tiver carro, não esqueça de avaliar a garagem. Para saber quais os bairros mais seguros de São Paulo clique aqui.

Explore online 

Se a ideia de conhecer os bairros pessoalmente não é possível, que tal começar essa pesquisa pelo site da Arbo? Pesquisar e definir a moradia é um elemento muito importante para entender os custos de vida em SP.

Saiba mais sobre alguns bairros específicos pelo site da Arbo, olhe os imóveis e avalie os cômodos e ambientes importantes, priorize por áreas comuns que você quer no prédio e analise a proximidade de transporte público, ou se há pontos de comércio e/ou lazer na vizinhança.

Agora com essa lista em mãos, reflita para priorizar o que é mais importante. Assim, você descobre quais são os pontos verdadeiramente fundamentais e consegue se planejar para que o imóvel atenda seu momento de vida e caiba no seu bolso.

Os bairros

Para ajudar você sobre as despesas de vida em SP podemos citar como alguns exemplos, o aluguel de um apartamento na região Bela Vista, com três dormitórios, dois banheiros e área útil de 42m2 , que pode ser locado pela de faixa de R$ 2.200.

Se mantém na mesma faixa de valor a moradia em São Paulo na região da Vila Monumento. O apartamento no bairro com três dormitórios, dois

banheiros e 75m2 de área útil, também pode ser locado pelo valor mensal de R$ 2.200. 

Assim, continue pesquisando no site da Arbo o valor das locações de imóveis, pois é algo que impacta diretamente no custo de vida em SP.

Gostou das dicas sobre os preços para morar em São Paulo?  Acompanhe também os conteúdos da Arbo tenha acesso a tudo sobre SP e outras centenas de cidades espalhadas pelo Brasil. 

Postagens relacionadas

morar-em-braganca-paulista

14 motivos para morar em Bragança Paulista

Pensando em morar em Bragança Paulista? Conheça a cidade, que pode ser um dos destinos de quem pensa em abandonar os grandes centros Com os acontecimentos de 2020, uma das tendências em moradia é a migração para cidades do interior. Sair dos grandes centros, viver uma vida mais tranquila no interior, trabalhar por home office […]

pontos-turísticos-de-São-Bernardo-do-Campo

Pontos turísticos de São Bernardo do Campo

Conheça alguns pontos turísticos de São Bernardo do Campo que merecem ser visitados! A cidade de São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista, tem atrações que vão além daquelas ligadas à indústria automobilística. Por isso, neste post vamos mostrar os principais pontos turísticos de São Bernardo do Campo e afirmar que essa cidade é […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *