29 de novembro de 2021

Automação de casas: o que é e quais suas vantagens

A tecnologia está presente não só nas grandes empresas, mas também nas residências. A automação de casas já é uma realidade e você precisa conhecê-la

O conceito de automação de casas, embora tenha se tornado popular apenas nos últimos anos, surgiu na década de 1970, quando os primeiros sistemas de controle automatizados foram criados nos Estados Unidos. Mesmo que o objetivo inicial da automação estivesse voltado para empresas e para indústrias, o conceito adquiriu novas dimensões com o passar do tempo.

Para que você conheça essa realidade, o Blog da Arbo preparou esse guia completo. Aqui você verá o que é automação de casas, como ela funciona e suas principais vantagens. Além disso, irá conhecer quais atividades podem ser automatizadas e algumas dicas para aplicar o conceito em sua residência.

O que é automação de casas?

Você já deve ter assistido a filmes de ficção científica nos quais as personagens vivem em casas futurísticas, não é mesmo?! Na realidade, muitas das tecnologias mostradas pelas obras já existem e estão presentes no cotidiano de diversas pessoas, inclusive no Brasil. A automação de casas é uma realidade e pode trazer diversas vantagens aos moradores do imóvel.

De maneira geral, a automação de casas é um conceito que pode ser definido como a aplicação da tecnologia na residência, com o objetivo de automatizar tarefas e atividades que antes eram desempenhadas apenas por seres humanos. 

Os sistemas de automação residencial devem estar integrados para que os moradores tenham controle absoluto sobre o que está sendo realizado em sua presença e até mesmo em sua ausência na casa ou no apartamento.

O conceito está ligado, portanto, à criação das chamadas casas inteligentes, que são definidas como imóveis que utilizam recursos de automação que estabelecem uma comunicação por meio de uma rede. 

O principal objetivo da automação residencial é garantir mais segurança, conforto e comodidade aos moradores, que têm à sua disposição ferramentas que facilitam a gestão do imóvel.

Como a automação residencial funciona?

Optar pela automação de casas significa poder monitorar, gerenciar e programar inúmeros eventos e atividades de forma totalmente remota. Dessa forma, os moradores do imóvel têm controle sobre o que acontece na casa ou no apartamento mesmo que estejam distantes geograficamente.

Para que o imóvel esteja automatizado, precisa que todos os equipamentos tecnológicos estejam conectados a um aparelho controlador, chamado de central hub. O dispositivo deve, necessariamente, estar conectado à rede de internet do imóvel para que funcione.

A central hub pode ser controlada de diversas formas. As mais comuns, no entanto, são: por meio de teclados integrados ao aparelho; por meio de smartphones (que podem controlar o equipamento a distância) e por meio de interface web.

Conforme mencionado acima, o aparelho controlador precisa estar conectado à internet e, por isso, uma das principais necessidades do imóvel é possuir uma rede estável. De acordo com especialistas, um plano de 15 megas de internet já é suficiente para suportar equipamentos de inteligência residencial.

Contudo, é preciso considerar que, quanto mais complexo for o sistema, mais internet demandará para funcionar. Em todos os casos, é necessário que o imóvel conte com um roteador, que será responsável por distribuir o sinal de internet pela casa.

Em imóveis maiores, pode ser necessária a instalação de repetidores, que funcionam como fortalecedores do sinal em áreas mais distantes do local onde o roteador está posicionado. 

automação-de-casas

Quais são as principais vantagens da automação de casas?

A automação de casas surgiu para facilitar a rotina dos moradores e, por isso, apresenta inúmeras vantagens.

Segurança

A segurança é uma das principais vantagens da automação residencial. Isso porque diversos dispositivos permitem que o imóvel fique protegido, mesmo que os moradores não estejam presentes para se certificar desse fator.

A iluminação automatizada, por exemplo, ajuda a evitar a ação de criminosos, que podem invadir o imóvel com o intuito de roubar bens materiais. No entanto, o exemplo mais palpável da segurança são as câmeras de vigilância.

Esses equipamentos garantem o monitoramento completo do imóvel – tanto na área interna quanto na área externa – e as imagens podem ser acessadas pelos moradores por meio de um smartphone ou de um notebook. 

Economia

Além de contribuírem com a segurança do imóvel, diversos dispositivos das casas inteligentes garantem economia no final do mês. Isso porque tecnologias como as lâmpadas inteligentes, por exemplo, auxiliam na redução de gastos com a energia elétrica.

O uso e o desperdício de água também podem ser controlados pelos dispositivos, que são grandes aliados não somente do bolso dos moradores, mas também do meio ambiente.

Conforto e comodidade

Como a automação de casas oferece muitas tecnologias que realizam atividades e tarefas domésticas de forma automática, é óbvio que os moradores experimentam conforto e comodidade em seu dia a dia.

O ideal é que os dispositivos estejam integrados, para que os moradores consigam definir gatilhos entre as funções. Dessa forma, é possível, por exemplo, integrar a fechadura da porta da frente com a iluminação da casa, de modo que as luzes se acendam automaticamente assim que a chave for posicionada.

Controle

Gerenciar um imóvel não é uma tarefa simples, especialmente quando a rotina estabelece que diversas atividades diárias devem ser realizadas fora do ambiente doméstico. No entanto, essa não é uma preocupação dos moradores de casas automatizadas.

Isso porque os dispositivos permitem que os indivíduos tenham controle de todos os comandos mesmo a distância. Desse modo, é possível, por exemplo, controlar a entrada e a saída de pessoas, o ligamento e o desligamento de aparelhos, entre outros.

automação-de-casas

Quais atividades podem ser automatizadas?

De maneira geral, todas as atividades que podem ser acionadas de forma eletrônica podem ser automatizadas em um imóvel inteligente. Desse modo, as atividades mais comuns na automação de casas são:

  • Iluminação residencial;
  • Controle de temperatura;
  • Cortina automatizada;
  • Fechadura inteligente;
  • Câmeras de monitoramento;
  • Sensor de presença em portas, em portões e em janelas;
  • Sensor de desperdício de água;
  • Sensor de fumaça;
  • Tomadas inteligentes;
  • Irrigação de plantas;
  • Aquecimento de pisos.

Se você deseja saber mais sobre alguns dos equipamentos citados acima, veja o descritivo:

Fechaduras inteligentes

Você já esqueceu a chave de sua casa e teve de ficar do lado de fora até que outro morador chegasse para te resgatar? Com as fechaduras inteligentes esse problema não é mais uma realidade. Isso porque esses dispositivos funcionam por meio da tecnologia de biometria. 

Alguns modelos, contudo, apresentam um funcionamento por meio de cartões, que devem ser posicionados corretamente para abrir a porta. 

Tomadas inteligentes

As tomadas inteligentes são dispositivos indicados aos indivíduos que desejam economizar com energia elétrica. Isso porque possuem um adaptador com conexão à internet, que permite que os moradores liguem e desliguem eletrodomésticos inteligentes a distância.

Luzes e interruptores inteligentes

As luzes inteligentes são um dos dispositivos mais comuns em casas automatizadas. Isso porque garantem, além de economia de energia, comodidade aos moradores, já que podem ser acionadas ou desligadas por meio do smartphone ou por meio do comando de voz.

No entanto, se você prefere utilizar lâmpadas tradicionais, pode apostar nos interruptores inteligentes, que permitem que os moradores liguem e desliguem as luzes a distância. 

Dicas para aplicar a automação em sua casa

Aplicar a automação de casas em seu imóvel não é uma tarefa complexa, mas deve ser realizada por especialistas. Dessa forma, é necessário que você confira algumas dicas antes de optar pela tecnologia em seu imóvel.

Contrate um especialista

Muitos indivíduos consideram que a contratação de um especialista é dispensável, já que pode ser custosa em termos financeiros. No entanto, um profissional garante que o barato não irá sair caro no fim da implementação do projeto.

Converse com especialistas – preferencialmente de empresas especializadas em automações residenciais – e verifique quais equipamentos devem ser comprados, bem como quais projetos podem ser aplicados em seu imóvel.

Evite tomar decisões por conta própria, especialmente se você não possuir o conhecimento necessário para tal atitude.

Projetos e garantias

Após contratar um especialista, é necessário ficar atento ao trabalho que será desenvolvido. Por isso, acompanhe desde o desenvolvimento do projeto até a instalação dos dispositivos em seu imóvel.

Verifique, também, quais são as garantias que a empresa especializada oferece. Lembre-se de prezar pela sua segurança e pela segurança de sua casa ou apartamento.

Converse com pessoas que já possuem casas inteligentes

Você certamente conhece alguém que mora em uma casa inteligente. E, caso não conheça, não há problema, pois pode encontrar pessoas por meio da internet. 

Nesse tópico, a dica é conversar com indivíduos que já aplicaram a tecnologia em seus imóveis, especialmente para conhecer os projetos e para verificar se está tomando boas decisões.

Quer saber mais sobre o assunto? Então assista ao vídeo Passo a passo: como automatizar sua casa (sem gastar muito), publicado no canal Matheus Kise, no YouTube. Veja:

Qual é a sua opinião sobre esse conteúdo?

Agora que você já sabe o que é automação de casas, suas vantagens e como aplicá-la em seu imóvel, chegou o momento de nos contar sua opinião sobre o artigo. Você considera que uma casa inteligente pode facilitar sua rotina? Quais atividades seriam mais úteis para você? Deixe suas impressões na caixa de comentários abaixo.

Para conferir conteúdos semelhantes, continue a navegar pelo Blog da Arbo. Aqui você aprende os primeiros passos para montar sua casa inteligente e confere as principais tecnologias da automação de casas.

Conheça, também, a Central de Ajuda da Arbo, que pode te auxiliar em diversas questões do dia a dia. Lá, por exemplo, é possível conferir o passo a passo para emitir a segunda via de contas de energia elétrica, de água e até mesmo do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Para encontrar o imóvel ideal, a indicação é visitar o Portal da Arbo. Lá você encontra casas e apartamentos que se encaixam no seu perfil e nas suas necessidades. Use nossos filtros de busca e encontre seu próximo lar.

Postagens relacionadas

decoração com flores

Decoração com flores: conheça os tipos mais utilizados

Quer colocar mais cores na decoração da sua casa e deixar o ar mais leve e saudável? Veja aqui como levar a beleza das flores para o lar! A decoração com flores faz muito mais do que deixar sua casa mais bonita. Cultivar plantas faz o ambiente ficar muito mais confortável e ainda é um […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *