18 de outubro de 2021

Incorporadora e construtora: conheça as diferenças

incorporadora e construtora mercado imobiliário

É comum que os termos incorporadora e construtora sejam confundidos. Se você planeja comprar um imóvel, é importante que conheça os significados e as diferenças de cada uma

É possível que, ao falar sobre imóveis, casas, apartamentos e outros termos relacionados a empreendimentos e construções, algumas ideias fiquem bastante confusas. Por isso, nesse artigo, você vai entender a diferença entre incorporadora e construtora e quais são as especialidades e as diferenças de cada uma.

Entender as divergências entre essas áreas é fundamental para que você procure a empresa mais adequada ao seu objetivo de compra. É importante, também, que você compreenda que qualquer negócio terá desafios comuns ao ramo ao qual pertence. 

Na maioria das vezes, incorporadoras e construtoras costumam atender públicos diferentes e, por isso, apresentam responsabilidades, funções e problemas próprios.

Compreender a diferença entre incorporadora e construtora não é algo difícil, basta ler com atenção as informações que o Blog da Arbo trouxe neste guia. Veja o que você vai conferir:

Entenda as diferenças entre incorporadora e construtora

Para compreender as diferenças entre incorporadora e construtora, é necessário focar em cada uma dessas empresas, bem como detalhar a atuação de cada uma no mercado imobiliário. 

É comum encontrar empresas que realizam tanto as funções de incorporadora quanto de construtora, uma vez que isso facilita as ações com o público, que, dessa forma, não precisa se preocupar com a origem dos serviços, uma vez que estes são feitos no mesmo local. 

Mesmo assim, é importante entender a atuação e as funções de cada uma das empresas, uma vez que você pode precisar de negócios diferentes ao longo do processo de compra de seu novo imóvel.

o que é incorporadora e construtora
Entender as diferenças entre incorporadora e construtora é importante para saber qual empresa procurar

O que você precisa saber sobre incorporadoras

Para deixar a explicação mais simples, faça as seguintes perguntas a um morador antigo de um bairro: como essa região era há alguns anos? Houve alguma transformação? 

É provável que o morador te diga que muita coisa mudou, não é mesmo?! Isso acontece porque as necessidades dos moradores se alteram com o passar dos anos. Além disso, a população aumenta e o município tem a necessidade de mudar suas atividades econômicas.

Todas essas transformações impactam o mercado imobiliário. As mudanças fazem com que as pessoas passem a se perguntar onde é possível construir um imóvel. E essa é, exatamente, uma das funções de uma incorporadora: identificar oportunidades de um negócio imobiliário. 

Para isso, as incorporadoras realizam estudos, com o objetivo de identificar quais são as possibilidades dos terrenos disponíveis na cidade, estejam estes desocupados ou sem utilização.

Uma das diferenças entre incorporadora e construtora é que a incorporadora cuida das questões burocráticas relacionadas à compra do terreno, como o registro no cartório de imóveis da região.

Como escolher uma incorporadora?

Agora que você conhece a função de uma incorporadora, precisa tomar cuidado com alguns detalhes das empresas, pois, se você tiver uma propriedade de interesse, uma incorporadora pode te procurar para fazer negócio.

Faça uma pesquisa sobre a empresa

Antes de fazer negócio com uma incorporadora, pesquise sobre a empresa e descubra se ela tem uma boa reputação no mercado. 

Evite fazer negócios com incorporadoras que tenham atrasado o pagamento dos terrenos que compraram ou que respondam a processos judiciais.

funções incorporadora e construtora
Existem empresas que reúnem as funções de incorporadora e construtora em um único negócio

Observe a qualidade da comunicação

No momento em que estiver pesquisando, note se a incorporadora é cuidadosa ao atendê-lo. Veja, ainda, se a empresa divulga, de forma clara, seus canais de atendimento (telefone, e-mail e endereço) e se os profissionais conseguem responder às suas dúvidas de modo eficiente.

Além de conhecer as distinções entre incorporadora e construtora, essas perguntas acima são importantes para que você conheça a qualidade do serviço prestado pela empresa. 

Se você notar que a incorporadora não responde às suas tentativas de contato ou que os atendentes parecem não conhecer nada do mercado imobiliário, tome cuidado e ligue o sinal de alerta.

O que você precisa saber sobre construtoras

Como o próprio nome sugere, o papel de uma construtora é construir imóveis. Os profissionais desse tipo de negócio atuam na construção civil e, com isso, é possível afirmar que as construtoras são grandes geradoras de empregos. 

Essas empresas são responsáveis por contratar profissionais qualificados e, também, pela segurança deles, por meio do fornecimento de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e da responsabilidade de qualquer custo relacionado. 

É importante você saber que, nessa relação entre incorporadora e construtora, é comum que algumas construtoras sejam controladas por incorporadoras ou que elas façam parte do mesmo grupo empresarial. 

A principal missão desse tipo de empresa é entregar a obra dentro do prazo, com qualidade e de acordo com as normas técnicas vigentes.

escolher incorporadora e construtora
Antes de escolher incorporadora e construtora, você deve avaliar a reputação da empresa

Como escolher uma construtora? 

Para ter a certeza de que a construtora está preocupada com a qualidade de seus serviços, pesquise se a empresa tem prêmios ou certificações que atestem as afirmações. Essas informações comprovam a excelência das atividades da construtora e o bom reconhecimento do mercado.

Caso você escolha um imóvel na planta, por exemplo, é essencial avaliar as condições financeiras da construtora. Na maioria dos casos, empresas endividadas atrasam a entrega das chaves, usam materiais de qualidade inferior e, caso ocorra a falência da incorporadora, não há a entrega do imóvel.

Você pode consultar essa informação em vários locais, como bancos, balanços anuais, acionistas, entre outros. Por isso, muito além de saber o que há de diferente entre incorporadora e construtora, você deve considerar que algo deve ser idêntico em ambos os casos: pesquisas e avaliações! 

Confira a qualidade dos empreendimentos já lançados

Sabia que a melhor forma de conhecer a qualidade dos imóveis oferecidos pela construtora é visitando uma unidade já concluída? Isso mesmo! Dessa forma, você consegue analisar todos os aspectos existentes em um empreendimento entregue pela empresa.

Outra boa dica é conversar com pessoas que vivem em apartamentos levantados pela construtora e questionar se elas estão satisfeitas com a compra, se a empresa atende às dúvidas normalmente, entre outros pontos.

Verifique o projeto de incorporação

Uma construtora de imóveis séria não trabalha de forma irregular e, dessa forma, aparece a união do trabalho entre incorporadora e construtora. Assim, antes de comprar seu imóvel, é ideal que você pesquise se o empreendimento tem uma boa incorporadora aliada, bem como se está em ordem a documentação municipal.

Dados como esse são fáceis de conseguir na prefeitura da sua cidade, pois são informações públicas e, com isso, acessíveis a qualquer cidadão. Verifique se o empreendimento teve sua construção aprovada e se está devidamente registrado no Cartório de Registro de Imóveis.

Avalie o tempo de mercado

O tempo de mercado é um dos melhores fatores para saber se uma empresa é de confiança. Instituições com baixa qualidade nos serviços não permanecem por muito tempo na ativa, principalmente no ramo da construção civil.

Por isso, não há segredo: sem cumprir prazos de modo correto e sem arcar com todas as responsabilidades, nenhuma construtora consegue atrair ou manter clientes por muito tempo e acaba sendo obrigada a fechar as portas com baixa credibilidade.

Por mais que existam diferenças entre incorporadora e construtora, é importante que você saiba que ambas prestam serviços complementares

Compare os imóveis com outros do segmento

Comparar os produtos também é uma maneira inteligente de avaliar a qualidade de uma construtora de imóveis. Até porque, nada melhor do que identificar os pontos fortes e fracos da empresa em relação a suas concorrentes do mercado.

Contudo, para ter sucesso nessa missão e verificar um resultado justo dentro da realidade, é necessário fazer um paralelo de imóveis dentro do mesmo segmento, ou seja, do mesmo padrão. Você pode comparar pontos como: formas de pagamento, valores das taxas e tipo de estrutura.

Agora ficou mais fácil de entender as diferenças entre incorporadora e construtora? Pode até parecer confuso no começo, mas é mais simples do que parece. O importante é que,  quando você decidir adquirir um imóvel, saiba procurar por opções de incorporadoras e construtoras que tenham um nível de excelência na entrega de seus projetos. 

Se você deseja saber mais sobre o tema, assista ao vídeo Qual a diferença entre construtora, incorporadora e imobiliária?, publicado no canal Portal VGV, no YouTube:

Conte com a Arbo para te ajudar nesse processo e sempre visite nosso Blog, que traz diversas informações relevantes. Você pode, ainda, se inscrever em nossa newsletter para receber os melhores conteúdos diretamente no seu e-mail. Para isso, basta preencher o formulário abaixo.

Acompanhe as novidades do Blog da Arbo!


Cadastre-se e receba por e-mail nossa newsletter com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

como captar clientes imobiliários

Como captar clientes no mercado imobiliário?

Se você tem uma imobiliária e deseja fomentar suas vendas, precisa aprender técnicas de como captar clientes. Nesse texto você vai conferir as principais estratégias para atrair consumidores para o seu negócio O mercado imobiliário é um dos mais competitivos da economia brasileira. Por isso, o corretor que sabe como captar clientes tem vantagens em […]

assinatura-digital-em-contratos-imobiliarios

Conheça a assinatura digital em contratos imobiliários

O processo de compra, venda e locação de imóveis pode parecer complexo. Entretanto, é possível contar com mecanismos que desburocratizam as ações, como a assinatura digital em contratos imobiliários A transformação digital já é uma realidade em diversos setores da economia. E no mercado imobiliário não é diferente. Com o objetivo de facilitar e desburocratizar […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *