24 de maio de 2022

10 dicas para realizar mudanças residenciais

Você tem alguma dúvida quando o assunto são as mudanças residenciais? Não sabe por onde começar na hora de fazer a sua? Então confira as dez dicas que separamos para você e realize uma mudança tranquila e segura

Em sua grande maioria, as mudanças residenciais representam a conquista de um sonho, que pode ser a casa própria, o aluguel em um bairro ou cidade há muito desejado, uma transferência de emprego, um casamento, entre outros.

No entanto, a verdade é que, mesmo sendo a concretização de um sonho, existem algumas partes desse processo que não são tão queridas assim.

A boa notícia é que, seguindo algumas dicas, é possível deixar a sua mudança residencial mais tranquila, segura e leve! Para sua felicidade, separamos todas elas aqui, neste conteúdo! Confira!

Dicas para realizar mudanças residenciais sem quaisquer problemas

1. Contrate uma empresa de mudanças residenciais

A primeira dica que damos e que facilitará muito a sua vida é que você contrate uma  boa empresa de mudança.

É claro que você pode contar com amigos e parentes para te ajudar. Contudo, além de se correr o risco de alguém sair lesionado, devido ao extremo peso de alguns pertences, o embalamento não é tão simples quanto parece. É preciso embalar cada item de forma correta e utilizar materiais específicos para garantir a integridade de todos os objetos durante o transporte. 

Além dessa opção, também é possível contratar ajudantes para mudança. Nesse caso, você terá que supervisionar e orientar o trabalho desses, o que te impedirá de resolver outras questões.

Por isso, sem dúvidas, a alternativa que vai te dar mais tranquilidade, segurança e comodidade é a contratação de uma empresa de mudança idônea e responsável. Com ela você não precisará se preocupar com a embalagem e nem com o carregamento de seus pertences.

Além disso, você tem a garantia de que todos os seus objetos chegarão exatamente como você os deixou, pois, caso contrário, o seguro da mudança cobrirá todos os danos. E o melhor: você pode dedicar o seu tempo na resolução de outras questões.

2. Adquira materiais para embalar os seus pertences

mudanças-residenciais

Como já falamos anteriormente, a embalagem correta dos itens é fundamental para que eles cheguem na sua nova residência íntegros e sem nenhum defeito.

Por isso, caso você, por algum motivo, desista de contratar uma empresa de mudança, é preciso adquirir alguns materiais indispensáveis, como: plástico bolha, caixas de papelão, cartolina ou papelão redutor de impacto, fita adesiva, estilete, caneta para CD e tesoura.

O plástico bolha, por exemplo, além de oferecer uma proteção resistente, reduz o impacto dos itens, protege contra arranhões e isola odores e líquidos que possam vazar no deslocamento. Ele é ideal para embalar móveis, sofás, camas, eletrodomésticos, vidros e espelhos.

A caixa de papelão é a famosa quebra-galho e, basicamente, servirá para armazenar todos os demais itens, desde utensílios de cozinha até roupas.

Já a cartolina ou o papelão redutor de impacto será super útil para proteger a quina de muitos pertences.

Saiba tudo sobre aprender a embalar cada item, além de descobrir como se calcula a quantidade necessária de cada material para as embalagens.

3. Atente-se ao momento certo de ligar e de desligar a geladeira durante mudanças residenciais

Nenhum outro eletrodoméstico é tão burocrático na hora de se mudar como a geladeira. Isso porque ela pode estragar caso você não cumpra os protocolos corretos.

Para evitar perder um bem tão necessário e caro, é preciso desligar a sua geladeira 24 horas antes do transporte (isso também evitará que ela solte água e molhe os demais itens da mudança) e ligá-la na nova residência depois de, pelo menos, 6 horas que ela já estiver em posição vertical. 

4. Transporte os itens de valor com você

Joias, quantias em dinheiro, documentos importantes… Todos esses itens precisam ser transportados com você, em seu carro particular ou qualquer outro meio pelo qual você se deslocará.

Isso porque carregar suas joias e seu dinheiro é uma forma de garantir a segurança dos próprios trabalhadores que transportarão os seus pertences e de reduzir a responsabilidade desses, que já é altíssima.

Já quanto aos documentos, como os pessoais e os referentes à nova casa (contrato de aluguel, escritura, entre outros), pode ser que você precise utilizá-los durante o deslocamento, como em caso de saúde ou até mesmo diante da chegada na nova residência.

Por isso, separe todos esses itens, coloque-os em uma única caixa e transporte-a com você.

5. Não deixe itens de valor à vista na sua residência

Enquanto os seus pertences são levados da sua residência para o transporte e do transporte para sua nova casa ou apartamento, podem acontecer momentos em que esses dois locais fiquem sem ninguém. A porta, no entanto, estará aberta para facilitar o trânsito dos carregadores.

Isso significa que é preciso redobrar os cuidados e não deixar nenhum item de valor à vista, em ambos os espaços. Infelizmente existem pessoas mal intencionadas que podem se aproveitar da situação, se passando até mesmo por um funcionário da empresa de mudança, para usurpar algum pertence.

Portanto, atente-se! Já tem tudo para sua mudança? Encontre o seu lugar perfeito para se morar!

mudanças-residenciais

6. Faça o seguro de mudanças residenciais

Toda empresa de mudança correta, responsável e íntegra sempre oferecerá um seguro aos seus clientes no que diz respeito ao translado dos pertences. Essa é uma forma de garantir que todos os itens chegarão como saíram. E, caso, por algum contratempo, como acidentes e assaltos à carga, esses não cheguem, você será ressarcido e não terá qualquer prejuízo.

Por isso, nunca deixe de fazer um seguro para sua mudança e procure incluir na apólice um valor real que possa cobrir integralmente todos os bens transportados. 

Além disso, não deixe de fazer um seguro residencial. Afinal, vida nova e casa nova merecem a devida proteção! Dependendo do plano escolhido, você poderá ter um seguro que cobrirá inúmeros aspectos, como: roubos e furtos, danos a terceiros, danos estruturais, falhas em instalações elétricas, vazamento em tubulações e quebras de vidro.

Lembre-se sempre de que o mais importante é se proteger e resguardar você e sua família de qualquer possível infortúnio.

7. Planeje a melhor data e horário para as mudanças residenciais

A melhor data e o melhor horário para as mudanças residenciais não são somente os que são ideais para você. Não é, por exemplo, necessariamente aquele dia de folga que você conseguiu no trabalho. Outros aspectos precisam ser observados antes da sua mudança ser planejada, como:

  • Horários permitidos para mudanças em condomínios;
  • Clima estável e sem chuvas;
  • Datas que não sejam feriados prolongados, caso a mudança seja entre cidades, devido ao intenso trânsito.

8. Desfaça de itens que não possuem mais utilidade

Muitas vezes temos dificuldade em nos desapegar de alguns itens que não possuem mais utilidade, mas, por algum motivo, não enxergamos esse fato. Com certeza você tem uma peça de roupa, um item de decoração ou um utensílio de cozinha que estão guardados há muito tempo, sem uso, não é verdade?!

Saiba que eles, além de muitas vezes não combinarem ou não caberem na sua nova residência, podem deixar o frete da sua mudança mais dispendioso, uma vez que quanto mais itens forem transportados, maior será o valor cobrado.

Por isso, aproveite o momento de mudança de casa para também dar aquela repaginada nos seus pertences.

Vai se mudar e não sabe como planejar um empréstimo? Saiba como usar seu imóvel para conseguir crédito!

9. Deixe os pets e as crianças na casa de familiares ou amigos durante as mudanças residenciais

A mudança é um processo agitado, barulhento e que gera muitos resíduos. E esse ambiente que é criado não é nada agradável para as crianças e os pets, uma vez que, além de estressá-los, atrapalha a rotina desses. Ademais, você não conseguirá dar a eles a atenção que precisam, já que estará engajado com outros afazeres.

Por isso, o ideal é que você os deixe na casa de parentes ou de amigos no dia da mudança. Essa é uma forma de preservá-los e de te ajudar a ter mais disponibilidade para resolver todas as pendências.

10. Previna-se do novo coronavírus

Infelizmente, a pandemia é uma realidade em nossas vidas e não nos parece que irá embora em definitivo tão cedo. Por isso, é essencial resguardar a si próprio, a sua família e os trabalhadores da empresa de mudança para que ninguém corra o risco de se contaminar.

Seguindo algumas dicas, é possível se mudar com segurança e com saúde. Elas são:

  • Designe apenas uma pessoa para acompanhar a mudança, para que não haja aglomerações dentro de casa;
  • Utilize máscaras e luvas durante todo o processo de mudança, descartando-as ao final;
  • Mantenha as portas e janelas dos imóveis (antigo e novo) sempre abertas, para que os locais fiquem arejados;
  • Já na nova residência, higienize bem as mãos, os cômodos e os seus pertences. Por isso, separe álcool em gel, água sanitária, sabão e desinfetante;
  • Descarte corretamente todas as embalagens que foram utilizadas.

Esperamos que este conteúdo possa ter esclarecido muitas dúvidas sobre as mudanças residenciais. Desejamos profundamente que ele te ajude a se organizar e a se planejar melhor quando chegar a sua vez de se mudar.

Quem somos nós…

Parceiros da Arbo, nós somos o Doutor Frete, atuante no mercado desde 2013 e referência em soluções de transporte. Acreditamos que as mudanças podem ser experiências bem simples, descomplicadas, seguras e agradáveis.

Nosso objetivo é facilitar a vida de todos os clientes. Para isso, contamos com diversos serviços, como: transporte dos pertences, seguro completo dos itens, embalagens próprias, localizador em tempo real e assessoria completa. Conheça mais sobre o nosso trabalho.

Postagens relacionadas

Consórcio de imóveis: tudo o que você precisa saber

Quer comprar uma casa ou um apartamento? Então você precisa conhecer as possibilidades que o consórcio de imóveis oferece Fazer a aquisição de uma casa ou apartamento é uma das maiores decisões, e na maioria das vezes, uma das primeiras principais escolhas. Mais do que pelo valor e o processo burocrático nesta transação, estamos falando […]

casa ou apartamento

Casa ou apartamento: descubra qual opção é a ideal

Está na dúvida entre viver em uma casa ou em um apartamento? Confira aqui os prós e contras de cada um para fazer a melhor escolha! Quem está se preparando para investir em um imóvel sempre acaba caindo na mesma dúvida: será que vale mais a pena comprar casa ou apartamento? Para começar, é bom […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *