13 de maio de 2022

Reforma de apartamento: o que você precisa saber

reforma-de-apartamento

A verdade é que fazer uma reforma de apartamento é sim algo trabalhoso, mas que não precisa ser uma dor de cabeça. Confira as orientações para se organizar e para evitar problemas na obra

Quando o assunto é reforma de apartamento, sabemos que é necessário considerar uma grande quantidade de variáveis. Sendo assim, é comum que esse processo seja tomado por uma série de inseguranças e dúvidas: quais ambientes serão reformados? Qual a grandeza da reforma? Qual o valor a ser investido? A família continuará residindo no apartamento durante a reforma? Qual o prazo de execução?

Todas essas são questões importantes a serem consideradas já na etapa de planejamento da obra. Afinal, o planejamento detalhado da reforma é a melhor maneira de evitar riscos e de reduzir a possibilidade dos tão temidos atrasos e custos extras. 

A verdade é que fazer uma reforma de apartamento é sim algo trabalhoso, mas que não precisa ser uma dor de cabeça! A seguir você confere nossas melhores dicas sobre o tema. Boa leitura! 

Por que realizar uma reforma de apartamento? 

Em algum momento da vida todo mundo precisa realizar uma reforma de apartamento. Em alguns casos, essa mudança pode envolver apenas a pintura das paredes ou até reformas mais pesadas, como é o caso da integração de ambientes. 

O fato é que os motivos para iniciar uma reforma são muitos e não estão, necessariamente, atrelados a aspectos visuais. Em apartamentos mais antigos, por exemplo, é comum a necessidade de troca do quadro elétrico e da estrutura hidráulica até mesmo por questões de segurança.

Além disso, fazer a reforma de apartamento é, também, uma ótima forma de valorizar o imóvel Por isso, pode ser também uma ótima estratégia para aqueles que pensam em vender a residência a curto ou a médio prazo. A razão é simples: as pessoas estão mais dispostas a investir maiores quantias de dinheiro em imóveis que necessitam de menos reparos. 

Como evitar dores de cabeça na reforma

Você decidiu realizar uma reforma de apartamento. E agora? O primeiro passo é fazer o planejamento da obra. Isso é o que irá te ajudar a alcançar os objetivos desejados, dentro dos prazos e limites de orçamento estipulados.

Neste primeiro momento, pode ser tentador avançar direto para a fase mais divertida de todo processo, que envolve a escolha dos novos móveis, das cores de tinta para as paredes, dos objetos de decoração e etc. No entanto é preciso entender que, para garantir o sucesso da obra, é preciso considerar uma série de informações antes mesmo de começar: 

Objetivo final 

Antes de definir quais mudanças serão realizadas no imóvel, é preciso entender qual é o objetivo final da reforma de apartamento. 

Se a ideia é fazer uma reforma estratégica para aumentar o valor de revenda do imóvel, então é importante estudar os apartamentos com características semelhantes ao seu e, também, os imóveis disponíveis para compra no bairro. Esse estudo é o que permite que você identifique quais ações trarão um bom retorno sobre o investimento e quais são consideradas excessivas. 

Agora, se o objetivo é tornar o imóvel mais funcional para quem vive nele, então é preciso considerar uma série de outras variáveis, como a rotina dos moradores, os gostos e preferências de cada um, os sonhos e desejos, entre outros. 

Contrate um profissional qualificado

Agora que você já sabe qual o objetivo da sua reforma, o passo mais importante é contratar um profissional qualificado para auxiliar com o processo de obra. 

Além de ser responsável por colocar todas as ideias no papel, o profissional também ajuda o cliente a criar um ambiente funcional, bonito e, principalmente, dentro dos limites de orçamento estipulados.

Ao contrário do que muitos ainda acreditam, a contratação do arquiteto é fundamental não só pelo seu conhecimento e habilidades, mas também por questões técnicas e legais. É ele quem irá garantir que a obra ocorra dentro das exigências estabelecidas. 

Outro mito muito difundido, e que também precisa ser quebrado, é o de que só vale a pena contratar um profissional quando a obra for grande – o que não é verdade. A necessidade de contratar profissionais qualificados em obras menores está atrelada justamente à questão do planejamento da obra. 

É por meio do sequenciamento de atividades e do controle de custos que será possível garantir a qualidade e os objetivos esperados. 

Lembre-se: contratar um arquiteto não é luxo, mas uma garantia de que a obra será entregue dentro dos limites estipulados.

Defina um orçamento 

Agora, tão importante quanto ter um objetivo, é ter um orçamento definido.

Pense no planejamento da sua reforma como sendo o planejamento de uma viagem, por exemplo. O que determina o custo total da viagem não é o destino final, e sim todas as outras variáveis que devem ser consideradas, como passagem aérea, acomodação, refeições, passeios turísticos, meios de transporte no local, entre outras. 

É por meio do orçamento da obra que o profissional responsável pela execução da reforma será capaz de identificar o nível de complexidade da mesma. Isso faz toda a diferença na hora de desenhar as novas soluções para o ambiente.

Defina prazos 

Definir um cronograma sustentável para a reforma de apartamento é ponto fundamental para evitar atrasos e custos extras. Afinal, para cada dia de atraso no canteiro de obras, é necessário arcar com custos de mão de obra não previstos no orçamento de reforma. 

Se a ideia é ter a obra entregue para alguma data em específico, como o Natal, por exemplo, é importante considerar uma margem de erro na hora de definir os prazos da obra. Imprevistos fazem parte do dia a dia no canteiro de obras.

Aprovação junto ao condomínio

Quando se trata de uma reforma de apartamento, é preciso se atentar às normas e às exigências do condomínio. Para que seja possível viabilizar a obra, é preciso apresentar alguns documentos importantes como o plano de reforma com o escopo das alterações, o projeto, a RRT (Registro de Responsabilidade Técnica) ou ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e o cronograma de obras. 

Lembre-se de que realizar a reforma de acordo com as normas do condomínio é fundamental, já que o síndico tem o poder de interromper a obra caso a mesma não esteja de acordo com as exigências legais. 

Cuidados com a estrutura do apartamento

Outro ponto importante e que merece atenção é com relação aos cuidados necessários com a estrutura do imóvel. Para evitar qualquer dano, a dica aqui é embalar e, se possível, remover do canteiro de obra qualquer item que precise ser preservado. Isso inclui móveis, objetos de decoração e até mesmo eletrodomésticos. 

O canteiro de obras é um local sujo e, por mais que a equipe de obra seja muito cuidadosa, acidentes podem acontecer. Por isso, dependendo do tamanho da obra, é interessante considerar o aluguel de um armário externo para manter os pertences seguros e preservados. 

Escolha dos materiais 

A escolha dos materiais é parte fundamental para garantir que a reforma de apartamento seja entregue de acordo com a qualidade esperada. A grande dica aqui é optar por materiais que contem com certificação ou com selos de garantia de desempenho, de qualidade e de durabilidade.

Essa premissa é especialmente verdadeira para algumas categorias de produto, como é o caso dos materiais estruturais e de acabamento. Estes são os típicos casos das economias que saem caro no futuro.

Lembre-se também de considerar a durabilidade dos materiais utilizados na obra. Às vezes o produto mais barato deverá ser trocado em pouco tempo, o que pode justificar um investimento um pouco maior em materiais de maior durabilidade. 

reforma-de-apartamento

Etapas principais da reforma de apartamento

Agora que você já sabe as variáveis as quais deve ficar de olho na hora de planejar a reforma do seu apartamento, é hora de colocar a mão na massa.

Quando pensamos na reforma de apartamento, o processo todo é dividido em quatro fases principais: demolição, instalações, acabamento e finalização. 

1. Demolição

Também conhecida como a etapa de “quebra-quebra”, esta é certamente a fase que faz mais bagunça e barulho na obra. É nesse momento que será retirado do canteiro de obras tudo aquilo que será descartado.

2. Instalações 

É no momento de instalações, ou seja, na segunda etapa da obra, que serão realizadas as alterações na infraestrutura do imóvel. Aqui devemos considerar elétrica, hidráulica, instalações de estrutura de ar condicionado e, também, a construção de qualquer alvenaria prevista no projeto de obra. 

Outro ponto que merece destaque aqui é a impermeabilização das áreas molhadas, como a área de serviço, o banheiro, a cozinha e a varanda.

3. Acabamentos 

A etapa de acabamentos costuma ser bem extensa, pois envolve a instalação dos pisos e dos revestimentos, das bancadas de pedra, bem como a instalação dos caixilhos, louças e metais da obra. 

Como muitas dessas atividades são dependentes uma das outras, é preciso programá-las de forma bem cautelosa no cronograma da obra para evitar atrasos e custos extras. Esse é mais um motivo para contar com profissionais qualificados na sua obra.

reforma-de-apartamento

4. Finalização 

Por último, e certamente não menos importante, temos a etapa de finalização da obra. É nessa fase da reforma que serão feitas as pinturas, a montagem da marcenaria, a instalação dos espelhos, e claro, a limpeza final antes da entrega das chaves. 

Se você chegou até aqui, então já sabe que fazer a reforma de apartamento envolve o acompanhamento e controle de uma série de variáveis importantes para garantir que a obra será entregue dentro dos limites estipulados. 

No entanto, com a ajuda de profissionais qualificados e por meio de um planejamento efetivo, é possível evitar dores de cabeça durante todo o processo de obra. 

Este artigo foi escrito pela equipe do VEJA OBRA, o software de gestão de obras. 

Receba nossos novos conteúdos por e-mail!


Cadastre-se na newsletter semanal do Blog da Arbo, com tudo que você quer saber sobre imóveis. É grátis!

Postagens relacionadas

lavanderia-decorada

Lavanderia decorada: faça a sua de forma simples e barata

Em muitos lares, áreas de serviço ainda são sinônimos de dor de cabeça quando o assunto é decoração, e por isso, neste post você vai aprender como ter uma lavanderia decorada e ao mesmo tempo muito funcional! Por ser um espaço feito para atividades de limpeza, onde a maioria das pessoas não quer passar tanto […]

decoração coastal

Decoração coastal: saiba tudo sobre esse estilo

Essa é para quem quer deixar o lar com aquele clima de casa de praia. Veja o que é e como aplicar a decoração coastal em seu lar. Quem gosta de viajar para a praia e sentir a leveza daquele cenário adoraria levar essa sensação para todos os lugares. A decoração coastal tenta colocar um […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *